segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Minitornado atinge ilha do Pico


Na noite do passado sábado e madrugada de domingo (16 e 17 de outubro de 2021), o mau tempo assolou os Açores, sobretudo a ilha montanha.

Em particular, registaram-se 16 ocorrências em quatro ilhas do grupo central, sendo que no concelho da Madalena ocorreram danos em 10 habitações, que incluíram estragos numa garagem, e a queda de elementos de construção, isto devido a um minitornado.

Das habitações danificadas no Pico, o Instituto de Segurança Social dos Açores teve necessidade de realojar uma das famílias.

O mau tempo provocou ainda a queda de árvores e a obstrução de uma estrada, situações que já se encontram normalizadas.

Haja saúde!





domingo, 17 de outubro de 2021

"Hanseatic Inspiration" atraca no Pico e bate recorde


O Porto do Cais do Pico, na vila de São Roque do Pico, recebeu este sábado (16 de outubro de 2021) a visita do navio "Hanseatic Inspiration".

Inicialmente agendado para o fundeadouro do Porto das Lajes do Pico, e uma vez que a agitação marítima não favorecia escala a sul da ilha maior, foi, em alternativa, preparada pela Portos dos Açores a possibilidade deste navio da Hapag Lloyd Cruises rumar a norte e atracar no principal porto comercial da ilha montanha.

A bordo estavam 82 passageiros e 149 tripulantes, os quais presenciaram um momento histórico: com 138,77 metros de comprimento de fora-a-fora, 22,29 metros de ‘boca’ e 16.100 toneladas de arqueação bruta, o "Hanseatic Inspiration" acostou no Cais do Pico e assim se tornou, até à data, o maior navio a atracar na ilha do Pico.

Construído em 2019, este é um navio de cruzeiro com capacidade para cerca de 230 passageiros, o qual está a realizar um itinerário por todas as ilhas dos Açores — "Highs of the Azores and island bliss" — englobado numa excursão de 12 noites a bordo, com embarque na ilha de São Miguel (após um voo desde a Alemanha) e desembarque em Tenerife (Canárias). O público alvo é o do mercado alemão, sendo que o custo deste cruzeiro pelos Açores varia entre os 5 mil e os 12 mil euros.

Haja saúde!









sábado, 16 de outubro de 2021

"Olh´ó Pico" com Rafael Carvalho é sucesso online


Transitando entre o Festival Cordas e o Dia da Viola da Terra, a MiratecArts apresentou o programa "Olh´ó Pico" com vídeos online com o compositor e músico Rafael Carvalho. As apresentações têm tido grande sucesso e já atingiram mais de 50 mil visualizações.

Numa viagem à ilha montanha, Rafael Carvalho apresentou uma dúzia dos seus originais, cada um numa localidade diferente da ilha do Pico. Desde a estreia de "Terra dos Barcos" captado em Santo Amaro, ao "Amanhecer", no centro da vila da Madalena, passando pela MiratecArts Galeria Costa, a casa dos botes, na Calheta de Nesquim, e o farol da ponta da ilha, o músico mostra que mesmo com as influências naturais consegue tocar o seu repertório em qualquer sítio. Com o Morro das Lajes e o novo moinho em cenário, ou ainda na porta da famosa adega em São Mateus, onde tocou "Baía da Laja" e já passou muitos verões em família, Rafael Carvalho deu, assim, o arranque a este novo programa da MiratecArts.

"Foi um arranque com grande sucesso" admite o diretor artístico Terry Costa, "por isso desejamos continuar com este programa anualmente, onde um músico viaja pela ilha do Pico, tocando suas obras originais." Sendo assim, a MiratecArts abre as propostas, por enquanto apenas para músicos e músicas açorianas. "A ideia é ir apresentando os nossos pequenos pedaços desta bela terra como palco, como cenário, para que a nossa música, a música que se faz hoje em dia nestas ilhas consiga entrar em mais casas."

Artistas interessados em se juntar ao programa "Olh´ó Pico" comuniquem através do email info@mirateca.com com as suas ideias e planos. A MiratecArts está a planear a décima temporada que arranca já no início de dezembro.

Haja saúde!

sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Escolas do Pico galardoadas com Bandeira Verde Eco-Escola 2020/2021


A Associação Bandeira Azul da Europa distinguiu recentemente várias escolas de todo o país com o galardão "Bandeira Verde Eco-Escola 2020/2021". Esta é a distinção máxima do programa internacional Eco-Escolas, o qual pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental/Educação para o Desenvolvimento Sustentável.

Na ilha do Pico, estão de parabéns as seguintes escolas:

Concelho de São Roque do Pico
  • Escola Básica e Secundária de São Roque do Pico [21ª vez]
  • Infantário 'O Pica-Pau' [7ª vez]

Concelho da Madalena
  • Escola BI/S Cardeal Costa Nunes [21ª vez]
  • Escola Profissional do Pico [16ª vez]

Concelho das Lajes do Pico
  • Escola Básica e Secundária das Lajes do Pico [17ª vez]

É de realçar o excelente trabalho efetuado tanto na Escola Básica e Secundária de São Roque do Pico, como na Escola BI/S Cardeal Costa Nunes, mostrando que são verdadeiras escolas amigas do Ambiente e recordistas na ilha do Pico, pois desde o ano lectivo de 2000/2001 que ostentam a "Bandeira Verde Eco-Escola" ininterruptamente!

Haja saúde!

quinta-feira, 14 de outubro de 2021

(Novamente) Eis o que é preciso para subir o Pico: força de vontade!


Nuno poderia ser apenas mais uma pessoa que decidiu subir a montanha da ilha do Pico, mas não é...

Nuno é alguém que, mesmo sofrendo da síndrome de Guillain-Barré (que lhe causou uma incapacidade de 80% e a necessidade de usar duas talas bilaterais e uma bengala de apoio ao equipamento), conseguiu subir ao ponto mais alto de Portugal!

Com este feito, Nuno (à semelhança de Renato no ano passado e de Jan em 2019) responde verdadeiramente à questão que muitos colocam: o que é preciso para subir o Pico? Mais do que qualquer outra coisa, é preciso força de vontade!

Haja saúde!






quarta-feira, 13 de outubro de 2021

Ilha do Pico vista do espaço (by NASA)


No arquivo da NASA é possível encontrar imagens fantásticas da Terra tiradas a partir do espaço, sendo que uma delas merece ser aqui destacada [foto deste post].

Em particular, um dos membros da tripulação da Expedição 36 à Estação Espacial Internacional recorreu a uma lente de 180 mm para fotografar [no dia 18 de junho de 2013] uma vista vertical da ilha do Pico.

Recordando que o céu noturno sobre a ilha montanha já tinha sido destacado pela NASA, não deixa de ser igualmente curioso como de uma infinidade de coisas que se pode observar a partir do espaço, a NASA tenha incluido o Pico na sua lista de memórias fotográficas.

Haja saúde!

terça-feira, 12 de outubro de 2021

Apresentação do livro 'A indústria baleeira dos Açores'


No próximo dia 15 de outubro (sexta-feira), pelas 20h30, na Biblioteca Municipal da Madalena, será apresentado o livro 'A indústria baleeira dos Açores', de José Carlos Garcia, com apresentação de Manuel Tomás.

Este estudo, dedicado à baleação açoriana, foi desenvolvido sob a orientação do Doutor Rui de Sousa Martins, membro integrado e da Comissão Coordenadora Científica do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade dos Açores-CEHu, no quadro das atividades desta unidade de I&D, entre 2018 e 2021.

O seu autor, José Carlos Garcia, licenciado em sociologia, é investigador na área da antropologia da ilha do Pico, sobre a qual tem produzido trabalhos de temática patrimonial e museológica, e investigador do dito Centro de Estudos, no âmbito do presente projeto.

Este livro assume-se como um "contributo para o estudo da indústria baleeira dos Açores, com base numa perspetiva antropológica", abordando "a cetofauna, a riqueza das baleias arrojadas, a importação de azeite de peixe do Brasil, a passagem da baleação atlântica anglo-norte-americana, que privilegiou o cachalote, e o desenvolvimento da sua pesca longínqua, interinsular e local".

Com entrada gratuita, o evento terá uma lotação limitada, devendo os interessados realizar a sua inscrição, através do contacto 300 020 164, nos dias úteis, das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 16h30, ou por correio eletrónico, remetendo o seu nome, morada e número de telemóvel/telefone para o seguinte e-mail: biblioteca.publica@cm-madalena.pt

Haja saúde!

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

Laurocho — o escaravelho endémico em conservação no Pico no âmbito do LIFE BEETLES


De nome científico Pseudanchomenus aptinoides, o laurocho é um escaravelho endémico dos Açores com 12 mm de comprimento e que possui uma forma delgada e frágil, com uma coloração castanho-avermelhada. Este pequeno predador vive no solo e nos troncos de árvores nativas da floresta hiper-húmida entre os 800-1200 m. Está mais ativo durante a noite e, para o encontrar, é necessário procurar em locais com fendas profundas, tendo um período de maior atividade durante os meses de julho e outubro.

Este escaravelho encontra-se em perigo crítico de extinção, sendo essa uma das razões para ser um dos visados do projeto LIFE BEETLES, um projeto de conservação da Natureza cofinanciado em 55% pela União Europeia e cujo principal objetivo é melhorar o tamanho das populações, área de distribuição e estado de conservação de 3 espécies de escaravelhos endémicos: o Pseudanchomenus aptinoides (laurocho) na ilha do Pico, o Tarphius floresensis (escaravelho cascudo da mata) na ilha das Flores, e o Trechus terrabravensis (carocho da terra-brava) na ilha Terceira.

Entre outras atividades, o projeto LIFE BEETLES tem promovido a remoção de plantas invasoras e a plantação de espécies endémicas, por forma a assegurar, a longo prazo, um habitat adequado para o laurocho.

Por fim, e como curiosidade, o laurocho — cujo nome comum foi sugerido numa iniciativa no Facebook — é uma espécie descrita pela primeira vez em 1867 através de um indivíduo recolhido nas Furnas, em São Miguel, que se encontra hoje no Museu de História Natural de Paris. Após várias campanhas científicas ao longo de 20 anos nas Furnas, sem qualquer indivíduo amostrado, está considerado potencialmente extinto em São Miguel.

Haja saúde!

domingo, 10 de outubro de 2021

Viagem de carro das Sete Cidades às Bandeiras


Apresenta-se, em anexo, um vídeo da autoria de António Faria, o qual mostra uma viagem de carro entre o lugar das Sete Cidades, na vila da Madalena, e o extremo da freguesia das Bandeiras, junto ao início do mistério de Santa Luzia — este registo fica assim para memória futura, para que daqui a muitos anos se possa fazer uma comparação com o que existia em 2021.

Haja saúde!


sábado, 9 de outubro de 2021

Proposta de alteração do Programa Regional da Água


Encontra-se em discussão pública, até 11 de novembro de 2021, a proposta de alteração do Programa Regional da Água da Região Autónoma dos Açores (PRA).

O PRA é o instrumento de planeamento de natureza estratégica há mais tempo em vigor no arquipélago, constituindo o plano setorial primordial em matéria de gestão da qualidade e da quantidade dos recursos hídricos nos Açores.

Todos os interessados em dar o seu contributo podem consultar mais informações no Portal dos Recursos Hídricos, no qual existe um formulário eletrónico para submissão das participações.

[Nota: a imagem que integra este post — recurso hídricos da ilha do Pico — foi extraída do Anexo Cartográfico do Relatório Técnico do PRA.]

Haja saúde!

sexta-feira, 8 de outubro de 2021

Lajes do Pico é Município ECOXXI 2021


No âmbito do galardão ECOXXI 2021, o município das Lajes do Pico foi galardoado com a bandeira verde ECOXXI, o maior símbolo de sustentabilidade.

No cômputo regional, candidataram-se ainda, nesta edição de 2021, os municípios de Horta, Vila do Porto e São Roque do Pico, sendo que este último não atingiu os objetivos mínimos estabelecidos.

O programa ECOXXI visa reconhecer as melhores práticas de sustentabilidade ao nível municipal, através da avaliação, por um conjunto de peritos, de um conjunto de 21 indicadores nas áreas ambiental, social e económica. Contudo, nesta edição foi avaliado um 22.º parâmetro (temporário) relacionado com as medidas de sustentabilidade em contexto de pandemia.

Recordando que em Portugal existem 308 concelhos, as Lajes do Pico integra assim, e mais uma vez, o estrito lote dos 54 municípios (17,5% do total nacional) que são comprovadamente amigos do ambiente.

Haja saúde!


quinta-feira, 7 de outubro de 2021

Estudo científico sugere que vikings foram os primeiros humanos a chegar ao Pico


Um estudo internacional divulgado recentemente, que contou com a participação de investigadores do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos - Açores (CIBIO), detetou presença humana no arquipélago açoriano 700 anos antes da chegada dos portugueses.

Intitulado "Climate change facilitated the early colonization of the Azores Archipelago during medieval times" ['As alterações climáticas facilitaram a colonização precoce do Arquipélago dos Açores durante a época medieval', numa tradução livre], este estudo, publicado na revista científica PNAS [link], reconstruiu as condições em que os Açores foram habitados pela primeira vez e o impacto que a presença humana teve nos ecossistemas do arquipélago.

Em particular, numa sondagem de sedimentos datados entre 700 d.C. e 850 d.C. efetuada na lagoa do Peixinho, na ilha do Pico, os investidores observaram um aumento assinalável de um composto orgânico chamado 5-beta-estigmastanol, que é encontrado nas fezes de ruminantes, como vacas e ovelhas. Eles também observaram um aumento nas partículas de carvão e uma queda na abundância de pólens de árvores nativas, talvez apontando para humanos cortando e queimando árvores para abrir espaço para o gado pastar. Pólen de um azevém não nativo aparece em camadas da ilha montanha datadas de cerca de 1150. Achados semelhantes foram igualmente encontrados nas ilhas São Miguel, Terceira, Flores e Corvo.

O estudo sugere ainda, tendo por base diferentes simulações para determinar as condições climatéricas, que os primeiros colonizadores do arquipélago eram “provavelmente” oriundos do norte da Europa e que encontraram “condições climáticas favoráveis para navegar em direção aos Açores no final da Alta Idade Média, devido à predominância dos ventos de nordeste e o enfraquecimento dos de oeste”.

Por fim, e notando que, em 2015, um outro estudo tinha avançado que os ratos açorianos compartilham uma quantidade substancial de ADN com populações de ratos que se originaram no norte da Europa, um investigador externo ao estudo supracitado relata na prestigiada revista Science que os ratos poderiam ter vindo à boleia nos navios dos vikings e encontrado uma ilha com muitos recursos e poucos concorrentes ou predadores; por outras palavras, este investigador afirma os ratos são como “artefatos vivos” da presença viking.

Posto isto, os vikings acabam de ganhar mais uma categoria: para além de exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas, ao que tudo indica alguns tornaram-se nos primeiros picarotos!

Haja saúde!

quarta-feira, 6 de outubro de 2021

Radar da PSP no Pico — outubro 2021


Segundo a PSP, neste mês de outubro de 2021 serão efetuadas algumas operações de controlo de velocidade por radar na ilha do Pico, nomeadamente em:

  • 08 de outubro (sexta-feira) / 08h00 / Monte;
  • 22 de outubro (sexta-feira) / 14h00 / Monte.

Haja saúde!

terça-feira, 5 de outubro de 2021

Horários Atlânticoline — Linha Azul e Linha Verde - inverno 2021/2022


Com a chegada de outubro, as ligações marítimas de passageiros que servem a ilha do Pico são reduzidas ao seu mínimo anual.

Mais concretamente, a Linha Azul da Atlânticoline oferece agora um total de quatro ligações diárias de ida e volta entre o Faial e o Pico.

No que respeita à Linha Verde da Atlânticoline, algumas ligações no 'triângulo' (Pico, São Jorge, Faial) também são suprimidas, havendo agora duas ligações diárias, de ida e volta, apenas às segundas, quartas e sextas-feiras, e uma ligação diária nos restantes dias.

Estas situações manter-se-ão durante este inverno de 2021/2022.

Recorde-se que no separador "Barcos" deste blog é possível encontrar os horários dos navios de passageiros que servem a ilha do Pico de forma regular, bem como os horários dos navios de mercadorias que escalam o principal porto comercial da ilha montanha.

Haja saúde!



Rotas de passageiros:
Rotas de mercadorias:
Previsão de entradas e saídas de navios - Porto do Cais do Pico:


Seguimento, em tempo real, dos navios em redor da ilha do Pico.



segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Campanha SOS Cagarro 2021


A Campanha SOS Cagarro 2021 já está em marcha em todas as ilhas açorianas! Esta campanha, que decorre até 15 de novembro, tem como principal objetivo envolver as populações e entidades no salvamento dos cagarros juvenis encontrados junto às estradas e na sua proximidade.

O cagarro é a ave marinha mais icónica dos Açores, com um estatuto de conservação reconhecido internacionalmente. Esta é uma ave procelariforme migratória (ou seja, que habita o oceano aberto), sendo também a ave marinha mais abundante no arquipélago. Aliás, é nas ilhas açorianas que se encontra a maior concentração mundial de cagarros (cerca de 75% da população mundial desta espécie Calonectris borealis nidifica nos Açores).

Sabia que todos os anos, por volta de março, os cagarros regressam à mesma ilha e ao mesmo ninho onde se reproduziram pela primeira vez? O parceiro é sempre o mesmo todos os anos e os rituais de reconhecimento e acasalamento são complexos. As crias nascem em maio, sendo que em outubro abandonam os ninhos rumo ao mar. Estas só regressam para se reproduzir passados 5 anos.

A conduta a seguir para o salvamento de um cagarro juvenil encontrado é:
  1. Aproximar-se lentamente da ave (de preferência por trás), para não a assustar;
  2. Com calma e segurança, cobrir o corpo do cagarro com um casaco, toalha ou manta;
  3. Sem magoar a ave, segurá-la pelo pescoço e pela cauda, de modo a envolver todo o seu corpo;
  4. Com cuidado, colocar o cagarro numa caixa de cartão (de preferência com furos para permitir a ventilação) e mantê-lo dentro da caixa durante a noite, em local tranquilo e escuro;
  5. Libertar a ave na manhã seguinte, junto ao mar, pousando-a com cuidado no chão (não se preocupe se o cagarro levar algum tempo a reagir e a voar para o mar, pois ele continuará a sua viagem quando se sentir preparado).
É possível, ainda, registar online o salvamento de um cagarro, bem como acompanhar um contador de quantos cagarros já foram salvos este ano — para isso basta aceder a http://soscagarro.azores.gov.pt

Este ano salve um cagarro. Faça um amigo!

Haja saúde!



Alguns recursos da Campanha SOS Cagarro [lista completa]

Canção "O Cagarro" [letra]:



Exemplo de salvamento de um cagarro


domingo, 3 de outubro de 2021

Workshop de Prova de Vinhos Avançado II


O Laboratório Regional de Enologia (LRE) promove a 24 de outubro de 2021, no Pico, a realização de um workshop gratuito de Prova de Vinhos Avançado II.

A iniciativa, limitada a 14 participantes, vai decorrer na Sala de Provas do LRE, estando a formação a cargo de Ana Romão.

Este evento decorrerá sob a forma de uma sessão, com início às 10h30.

As inscrições (abertas até 22 de outubro) são efetuadas através do formulário disponível em:


Haja saúde!


sábado, 2 de outubro de 2021

Pico volta a estar em destaque na Forbes


A prestigiada revista norte-americana 'Forbes' apresentou recentemente um artigo inteiramente relacionado com ilha montanha, o qual está disponível na íntegra no site da referida revista.

Sob o lema "World’s Best Wine Trips" [Melhores Viagens do Mundo para Vinhos, numa tradução livre], o artigo começa por destacar como as adegas do Pico nunca foram apenas locais de produção de vinho, pois eram pontos de encontro social, onde os proprietários convidavam os seus amigos e familiares para beber vinho, comer e, às vezes, dormir se não sentissem vontade de voltar para casa depois do vinho e das refeições.

Seguidamente, o artigo em questão aborda um recente empreendimento de enoturismo da ilha montanha, o qual pretende manter e ao mesmo tempo recriar a tradição associada às adegas do Pico.

Esta já não é a primeira vez que esta reputada revista coloca a ilha montanha em destaque, comprovando-se assim, mais uma vez, a excelência do que o Pico tem para oferecer. 

Haja saúde!

sexta-feira, 1 de outubro de 2021

Escala de navios de mercadorias no Porto do Cais do Pico — outubro 2021


A Transinsular publicou no seu site a escala para o mês de outubro de 2021 dos navios de carga que efetuam a ligação Continente - Açores (clique na tabela seguinte para conhecer esta escala).


Os navios e as datas em que os mesmos vão visitar o Porto do Cais do Pico, na vila de São Roque do Pico, encontram-se indicados na tabela seguinte (clicando no nome do navio abre uma nova janela com a localização atual do mesmo).

DiaNavio
07 de outubro (quinta-feira)Lagoa
14 de outubro (quinta-feira)Corvo
20 de outubro (quarta-feira)Ponta do Sol
28 de outubro (quinta-feira)Insular

Movimento portuário - Porto do Cais do Pico:
Todas estas informações encontram-se igualmente disponíveis no separador "Barcos" deste blog.

Haja saúde!


quinta-feira, 30 de setembro de 2021

O Pico está na moda também na restauração


A ilha do Pico está na moda há muito tempo. É a mais procurada pelos turistas residentes, sobretudo agora com a Tarifa Açores, e é um dos destinos mais elogiados pelos mercados emissores estrangeiros. As potencialidades do Pico estão a ser exploradas por muita gente da própria ilha e outros que regressam, apostando em vários sectores ligados ao sector turístico. Na restauração começam a surgir boas propostas, trabalhando os enormes recursos gastronómicos da ilha. É neste sentido que o “Diário dos Açores” passará a publicar, regularmente, algumas destas propostas, com o intuito de ajudar às escolhas de quem visita o Pico por estes dias.
Foi este o mote para a rubrica 'O Pico está na moda' do jornal "Diário dos Açores", rubrica essa publicada neste verão de 2021 [semanalmente, desde 10 de julho até 26 de setembro] e que deu a conhecer aos leitores 12 espaços de restauração na ilha montanha.

Todos os interessados em (re)ler as respetivas reportagens podem agora fazê-lo através deste blog, bastando para isso clicar no respetivo link:

Haja saúde!

quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Dia da Viola da Terra 2021


A viola é o mais importante instrumento da expressão musical ligada à cultura popular açoriana. Dia 2 de outubro é o "Dia da Viola da Terra".

Pelo terceiro ano consecutivo, a MiratecArts comemora o Dia da Viola da Terra com um programa educacional nas escolas e ainda com um concerto público.

Este ano, o dia 2 de outubro fica marcado com a estreia, na ilha montanha, do duo de músicos marienses, Projeto Engengroaldenga, no Auditório da Madalena.

O Projeto Engengroaldenga procura uma viagem contemporânea e alternativa à Viola da Terra, com recurso a tonalidades tradicionais. Desde os arranjos a temas originais, concebem novas roupagens e dão outra linguagem à Viola de Dois Corações, explorando a sua versatilidade. Engengroaldenga, com origem no final de 2018, é constituído por Guitarra Acústica e Viola de Arame e pretende dar ritmo a várias sonoridades, através das experiências partilhadas, de forma singular pelos dois intervenientes, harmonizando a fusão natural dos dois instrumentos. Alexandre Fontes e Rui Resendes são o Projeto Engengroaldenga e vêm, pela primeira vez, apresentar- se no Pico neste dia especial.

O concerto, sábado, 2 de outubro, é aberto ao público em geral com bilhetes gratuitos. As audiências podem reservar, com antecedência, pelo telefone 300 020 164. A bilheteira no Auditório da Madalena abre no sábado pelas 20h30 e as portas da sala, às 21h. Medidas da DGS são seguidas, incluindo o uso de máscara para entrar no edifício e a temperatura também será medida a todos os presentes.

O Dia da Viola da Terra é celebrado em várias ilhas com eventos ao vivo e ainda com programa online, disponível em www.diadavioladaterra.com .

Haja saúde!

terça-feira, 28 de setembro de 2021

Horários dos aviões na ilha do Pico — fim da época alta 2021


Com a chegada do outono, a ilha do Pico passa a ser servida com menos voos. Mais concretamente, o aeroporto da ilha montanha passa agora a ter (até 30 de outubro de 2021):
  • 7 ligações semanais com a ilha Terceira (um voo por dia);
  • 14 ligações semanais com a ilha de São Miguel (dois voos diários);
  • 3 ligações semanais com Lisboa (voos às segundas, quartas e sábados).

Todos horários dos aviões que servem a ilha do Pico de forma regular encontram-se disponíveis no separador "Aviões" deste blog.

Haja saúde!



Voos extra Natal 2021
(alguns aviões podem ser seguidos clicando no n.º do voo)

OrigemPartidaDestinoChegadaDuraçãoN.º Voo
17 de dezembro (6.ª-feira) e 2 de janeiro (domingo)
Lisboa10:40*Pico12:25(2h45)S4 2143
Pico13:20Lisboa16:50*(2h30)S4 2142
23 de dezembro (5.ª-feira)
Lisboa08:00*Pico09:45(2h45)S4 2141
Pico10:40Lisboa14:10*(2h30)S4 2140
* Hora local de Lisboa (+1h vs. Açores).



Voos regulares
(clique na origem/destino para mais detalhes)

Chegadas ao Pico
 Horário Dom.2.ª3.ª4.ª5.ª6.ªSáb.
08h-11h TER PDL
LIS
PDL PDL
LIS
PDL PDL PDL
11h-13h

TER
TER
13h-15h




PDL
15h-17h PDL LIS
17h-19h PDL TER
PDL
PDL TER
PDL
PDL TER
PDL
TER

Partidas do Pico
 Horário Dom.2.ª3.ª4.ª5.ª6.ªSáb.
08h-11h TER PDL
LIS
PDL PDL
LIS
PDL PDL PDL
11h-13h
TER TER
13h-15h





15h-17h PDL PDL
17h-19h PDL TER
PDL
PDL TER
PDL
PDL TER
PDL
LIS
TER

Legenda: TER - Terceira | PDL - Ponta Delgada | LIS - Lisboa