sábado, 30 de novembro de 2019

Vinhos do Pico integram lista dos melhores do ano de 2019


A revista 'Visão' elaborou recentemente o Guia Vinhos 2019, uma publicação onde estão listados os 105 melhores vinhos de 2019. A seleção inclui cinco tipos de vinhos: brancos, tintos, rosés, espumantes e generosos.

Nesta lista bem restrita consta não apenas um, mas sim dois vinhos licorosos produzidos na ilha montanha. Mais concretamente, os vinhos picarotos reconhecidos pela sua elevada qualidade são:
  • Czar 2011 — produzido por Fortunato Garcia;
  • Licoroso 10 anos — produzido pela Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico.
Recordando que estes vinhos são originários da região demarcada do Pico, este reconhecimento comprova aquilo que os picarotos já sabem há muito: que o que têm no Pico e o que se faz na ilha montanha é de muita, mas mesmo de muita qualidade!

Haja saúde!



sexta-feira, 29 de novembro de 2019

"Vinho", de André Laranjinha, filmado no Pico, recebeu prémio de Melhor Documentário no festival MOST


O filme "Vinho", de André Laranjinha, recebeu o prémio de Melhor Documentário no MOST – Festival Internacional de Cinema del Vi i el Cava, na Catalunha, que, assim, reconheceu uma obra audiovisual que explora uma parte da realidade açoriana ligada à vinicultura, vinho e cava.

O festival, que tem como objetivo celebrar as artes e as tradições da vinicultura, tendo presente a qualidade, a diversidade e as relações com a terra, é organizado pelo Museu de Cultura Vinícola da Catalunha, em parceria com o Cineclub Vilafranca.

A ideia e o argumento de "Vinho", que foi exibido em maio de 2018 no Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, são da autoria de João da Ponte e André Laranjinha, que também assume a realização.

Este documentário, integralmente gravado na ilha do Pico, foi coproduzido pela Alice’s House Mobi Dick, Agecta – Agência para a Coesão Territorial e Museu do Pico e cofinanciado pela Direção Regional da Cultura.

André Laranjinha, formado em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, divide a sua atividade profissional entre as artes plásticas, o cinema, a ilustração, as artes gráficas e o ensino.

[Fonte: GaCS | sinopse e teasers deste documentário em anexo]

Haja saúde!

Post scriptum: link para o filme completo.

Sinopse do documentário "Vinho":
Ilha do Pico, Açores. Uma crosta de lava no meio do oceano Atlântico, onde os habitantes, à falta de terra boa, cravaram a vinha na pedra. Fustigada pelo rocio do mar e pelo frio do inverno que desce a montanha, a vinha vinga na secura da pedra com a ajuda de homens, cuja vida gira em grande parte à volta da cultura da vinha e do vinho. Na ilha do Pico, as adegas, mais do que lugares onde se guarda o vinho, a água-ardente, os licores, são lugares de portas abertas ao encontro, à partilha, à discussão, à música, ou ao recato no final de um dia de trabalho.




quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Exibição do filme "O Feiticeiro da Calheta", de Luís Miguel Jardim


O Museu do Pico promove no próximo dia 29 de novembro, sexta-feira, no auditório do Museu dos Baleeiros, o filme O Feiticeiro da Calheta, de Luís Miguel Jardim.

Trata-se de uma obra de cariz vincadamente fictício, embora nela sejam narrados alguns factos próximos de uma realidade vivenciada por João Gomes de Sousa, conhecido como o Feiticeiro da Calheta: um poeta distinto e autor da génese da letra do Bailinho da Madeira.

Este trabalho cinematográfico procura retratar, com finalidades marcadamente pedagógicas, as vivências e os costumes das gentes da ilha da Madeira nos anos 30 e 50 do século passado, com especial destaque para O Feiticeiro da Calheta, uma figura ilustre, um poeta analfabeto, acarinhado e muito reconhecido pelo povo da Calheta. Este é o retrato de um homem notável, distinto, que moveu massas, animou arraiais e que relata, de uma forma sublime, os acontecimentos importantes da época ao nível local, regional e internacional.

O regime de colónia que marcou profundamente a história da Madeira, alicerçado numa relação injusta e desequilibrada entre senhorios e colonos, a intriga social, as profissões da época, as raízes culturais de um povo, os grupos folclóricos, são algumas das temáticas apresentadas neste filme, que conta com a participação especial de Alberto João Jardim, Irineu Barreto, Nini Andrade Silva e João Carlos Abreu.

Este é um trabalho que envolveu, entre atores, figuração e equipa técnica, mais de 400 pessoas, e tem a particularidade de contar com uma banda sonora inteiramente original, a cargo do compositor madeirense João Augusto Abreu.

O filme terá início pelas 21h00, com entrada livre.

Haja saúde!

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

16ª Feira Comercial e Industrial da Ilha do Pico


Apresenta-se, em anexo, o programa da 16ª Feira Comercial e Industrial da Ilha do Pico, a qual decorre de 29 de novembro a 1 de dezembro de 2019 no Pavilhão do Candelária Sport Clube.

Haja saúde!


terça-feira, 26 de novembro de 2019

No topo do mundo português

A montanha do Pico é o ponto mais alto de Portugal. Subir ao Pico é um momento simbólico, mas também uma oportunidade para o contacto com a natureza única e particular desta zona do mundo. Este é um passeio que tem de ser feito em segurança e que pode não estar ao alcance de todos. Mas, para quem o puder fazer, é algo a não perder.
Assim começa uma reportagem bilíngue (em português e em inglês) sobre a montanha da ilha do Pico, patente na "Azorean Spirit" de setembro/outubro de 2019, a revista de bordo da SATA / Azores Airlines [reportagem na íntegra em anexo].

Haja saúde!

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Mais vale nunca do que tarde!


O recente comunicado n.º 202/2019 da Atlânticoline deu conta que "devido às condições meteorológicas, nomeadamente no porto de São Roque, as escalas da Linha Verde para a tarde de dia 23 de novembro serão alteradas (...)".

Até aqui, nada de novo e nada de anormal, somente um pequeno grande pormenor a registar: atendendo ao Facebook da Atlânticoline, este comunicado foi divulgado publicamente apenas no dia 24 de novembro, ou seja, no dia seguinte à alteração do itinerário!

Embora o comunicado em questão mencione uma data útil de emissão — concretamente 22-11-2019 — a verdade é que o mesmo só chegou à esmagadora maioria das pessoas completamente fora de prazo! Inclusivamente, vários internautas acabaram questionando a utilidade deste comunicado absolutamente extemporâneo.

Resumindo, é caso para dizer que, nesta situação em concreto, mais vale nunca do que tarde!

Haja saúde!

Post scriptum: Foi ainda verificada mais uma curiosidade neste comunicado, nomeadamente o facto de a parte traduzida para inglês referir "Tuesday, November 19th", ou seja, "terça-feira, 19 de novembro", o que está totalmente fora de contexto!

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

O Gosto de Tiago Guedes pelo Pico


Realizador de A Herdade, candidato português aos Oscars, Tiago Guedes foi recentemente o protagonista da rubrica 'O Gosto dos Outros...', da revista Visão. Na sua lista de seis preferências, em primeiro lugar ficou os Açores e, em particular, da ilha do Pico, sobre a qual o realizador disse o seguinte:
Reúne características únicas. A proximidade dos universos da montanha e do mar faz da ilha uma raridade muito especial.

Haja saúde!

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Amanhecer


O nascer do sol é sempre um momento em que se celebra o início de mais um dia. E se esse amanhecer ocorrer num dia de céu limpo, mar calmo e com a montanha da ilha do Pico como pano de fundo (o que foi verdade em vários dias deste mês de novembro de 2019), então certamente estão reunidos os ingredientes para um grande dia!

Haja saúde!


quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Museu do Pico apresenta o filme "Águas"


O Museu do Pico apresenta, no próximo dia 22 de novembro, às 21h00 no Auditório do Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, o filme Águas, do madeirense Luís Miguel Jardim.

O filme foi gravado na ilha da Madeira e interpretado por professores e alunos, do Clube Cine Moniz, da Escola Secundária Jaime Moniz, mesmo sem grande experiência na tela. Anteriormente este clube já realizou filmagens em diversos pontos tradicionais da Região, procurando refletir o sentir e a vivência da população madeirense, em tempos recuados da sua história.

O filme Águas é uma homenagem à luta do povo da Lombada pela posse da água e da sua levada, bem como à jovem “Sãozinha”, heroína da história que faleceu em 1962, na sequência daquele conflito, vítima de um disparo furtivo. Durante dias e noites, o povo guardou as suas águas, dormindo ao relento, enfrentando a retaliação da autoridade.

A sessão é gratuita.

Haja saúde!

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Viagens no canal Pico-Faial no verão de São Martinho (vídeos)


Neste novembro de 2019, o São Martinho cumpriu com a tradição e proporcionou uns magníficos dias de verão um pouco por todo o arquipélago dos Açores.

No caso concreto das ilhas do Triângulo, como estas têm ligações marítimas regulares diariamente, os respetivos passageiros puderam deleitar-se com viagens marítimas que quase pareciam em terra firme, pois o mar assemelhava-se a chão!

Para atestar tal facto, aqui ficam uns magníficos vídeos de algumas viagens no canal Pico-Faial.

Haja saúde!



quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Lançamento do livro "E Foi Assim…", de Raquel André Machado, no Museu do Pico


O Museu do Pico acolhe, no próximo dia 15 de novembro, no Auditório do Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, o lançamento do livro E Foi Assim…, de Raquel André Machado.

A sessão contará com apresentação de Manuel Tomás e dois oradores convidados, Manuel Francisco Costa Júnior e o Professor José Azevedo.

E Foi Assim… é uma partilha do sentir, uma homenagem a Pedro Celestino Machado, marido de Raquel André Machado, falecido em 2013. Um homem cujo carácter e competência deixou marcas nos sítios por onde andou, viveu, nas gentes com quem conviveu e interagiu.

Maria Raquel Goulart André Machado, é natural de Santa Cruz das Ribeiras, concelho de Lajes do Pico, onde viveu a sua juventude e casou. Após a sua formação docente, foi residir para Santa Cruz das Flores durante 38 anos consecutivos, regressando nas férias à sua terra natal. Atualmente reside em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel. Foi professora do 1º Ciclo do Ensino Básico e lecionou as disciplinas de História, Português, Francês e Desenho aos 2º e 3º ciclos, no Externato da Imaculada Conceição de Santa Cruz das Flores. Exerceu ainda cargos de Coordenadora de Educação Permanente, de Delegada Sindical, de Diretora de Escola, de Coordenadora de Núcleo e de Presidente do Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária de Flores.

O evento está previsto para as 20h00, com entrada livre.

Haja saúde!

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

A Terra Treme 2019


A TERRA TREME é um exercício organizado anualmente pela Autoridade Nacional de Proteção Civil. O objetivo da iniciativa é que todos saibam o que fazer antes, durante e depois de um evento sísmico, conhecendo as medidas preventivas e os comportamentos de autoproteção a adotar para se protegerem e se sentirem mais seguros.

O exercício decorre sexta-feira, dia 15 de novembro de 2019, pelas 10h15 [hora dos Açores] e terá a duração de um minuto, podendo qualquer pessoa participar, individualmente ou em grupo, em qualquer local onde se encontrem.

Durante o exercício deverão ser praticados os três gestos básicos de proteção em caso de sismo, os quais podem salvar vidas:
  • Baixar: esta posição evita que possa cair durante o sismo e permite mover-se;
  • Proteger: proteja a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos e procure abrigar-se, coloque-se se possível sob uma mesa resistente, e segure-se a ela firmemente;
  • Aguardar: aguarde até a terra parar de tremer.
Para mais informações, poderá ser consultado o portal www.aterratreme.pt, onde se encontram vários recursos alusivos à iniciativa.

Haja saúde!

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Prémio de Mérito em Participação Cívica


No âmbito das comemorações dos 477 anos da elevação de São Roque do Pico a concelho, o respetivo município deliberou agraciar-me com o Prémio de Mérito em Participação Cívica:
Pelo modo organizado e estruturado em que apresenta os conteúdos e aborda os variados assuntos e segmentos no blog 'Cais do Pico', pela forma como trata todos os assuntos com seriedade, pela interatividade, fidelização e importância dos assuntos apresentados sobre a ilha montanha, principalmente em sua defesa, particularmente o concelho de São Roque do Pico, numa construção positiva e de reflexão crítica dos acontecimentos, informando de uma forma plural, o município deliberou agraciar com o Prémio de Mérito em Participação Cívica o Doutor Ivo Luís de la Cerda Garcia e Sousa.
Através deste blog, venho agradecer publicamente ao Município de São Roque do Pico por esta deliberação, a qual muito me honra e sensibiliza.

Haja saúde!


domingo, 10 de novembro de 2019

477 anos do Concelho de São Roque do Pico


Pela mão de El-Rey Dom Johan III, no dia 10 de Novembro de 1542, foram escritas as seguintes palavras:
(...) Eu de meu moto proprio faço ho lugar de Sam Roque vylla e ey por bem que daquy em diante pera sempre seja e se chame vylla nova de Sam Roque (...)

Passados 477 anos, celebra-se hoje mais um aniversário da elevação de São Roque do Pico a concelho. As comemorações oficiais serão realizadas pelas 20h30 no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Roque do Pico, num evento aberto ao público.

Haja saúde!

Post scriptum: Registos da cerimónia comemorativa dos 477 anos do Concelho de São Roque do Pico — Reportagem (i) | Reportagem (ii) | Vídeo (i) | Vídeo (ii) | Vídeo (iii) | Vídeo (iv) | Vídeo (v) | Vídeo (vi) | Vídeo (vii) | Vídeo (viii) | Vídeo (ix) | Vídeo (x) | Vídeo (xi) | Vídeo (xii) | Vídeo (xiii) | Vídeo (xiv)

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Concerto da Filarmónica União Artista de São Roque em 1995 (vídeo)


No Youtube é possível encontrar vídeos que permitem viajar no tempo, sendo que neste caso o destino é uma festa no lugar de São Miguel Arcanjo, vila de São Roque do Pico, nos anos 90 do século passado.

Mais concretamente, José Costa partilhou um vídeo que mostra um concerto da Sociedade Filarmónica União Artista de São Roque em 1995. Sob a batuta de Tibério Furtado, através deste vídeo é possível ouvir uns acordes desta banda, a qual interpreta alguns temas bem populares à época.

Poder-se-ia destacar outras coisas, desde os músicos que já não estão entre nós, os que deixaram de tocar, os que saíram e voltaram a esta sociedade, bem como o registo de quem continuamente sempre tocou desde então até aos dias de hoje; no entanto, como imagens valem mais do que mil palavras, nada como ver o vídeo em anexo.

Haja saúde!

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

terça-feira, 5 de novembro de 2019

A Baleação nas Lajes do Pico, 1968 – o olhar fotográfico de Mario Masini


O Museu do Pico apresenta ao público, no próximo dia 6 de novembro, no auditório do Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, pelas 20h30, a sessão A Baleação nas Lajes do Pico, 1968 – o olhar fotográfico de Mario Masini.

No verão de 1968, Mario Masini, um italiano de 23 anos, acompanhado pelo seu amigo Roberto Buonamico, desloca-se aos Açores para participar numa campanha de caça à baleia, nas Lajes do Pico.

José Charters Monteiro desempenhou um papel muito importante neste processo. Foi ele que, em Milão, promoveu o contacto entre Mario Masini e o seu primo José Cymbron, empresário de Ponta Delgada, com ligações à baleação.

Regressados a Itália, Mario Masini e Roberto Buonamico publicam, em abril de 1969, um artigo, na revista do Touring Club de Itália, sobre a experiência vivida nas Lajes do Pico.

Cinquenta anos depois da publicação do artigo, Mario Masini regressa às Lajes do Pico, contando, de novo, com o apoio do amigo e arquiteto José Charters Monteiro. Este regresso tem como objetivo a cedência, ao Museu do Pico, de um conjunto de fotografias tiradas por Mario Masini, no verão de 1968, nas Lajes do Pico. Este acervo fotográfico, com meio século, é, sem dúvida, um testemunho relevante para este museu.

Mario Masini, nascido em 1945, em Nibionno (Itália), formou-se em Economia e Comércio, na Università Commerciale L. Bocconi, Milão, em 1969. Em 1972, obteve o Master of Arts in Economics, na The American University, Washington D.C.. Também faz parte do seu currículo, o Graduate School of Business Administration, na Universidade de Harvard e o Programa Internacional de Professores, Fontainebleau (1973). Na sua carreira académica, destaca-se como Professor emérito da Universidade de Bergamo e ilustre professor da Universidade de SDA Bocconi.

A sessão contará com comunicações a cargo do Prof. Doutor Mario Masini e do arquiteto José Charters Monteiro, com o visionamento das fotografias cedidas ao museu, e com um momento musical.

O evento terá início pelas 20h30, com entrada gratuita.

Haja saúde!

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Como chegar ao Pico partindo de Lisboa ou do Porto (e vice-versa) durante o Inverno IATA 2019/2020


Descobrir a melhor forma de chegar à ilha do Pico partindo de Lisboa ou do Porto, sem pernoita intermédia e utilizando apenas o transporte aéreo, pode ser uma tarefa árdua, sendo que o mesmo se aplica ao percurso inverso: as combinações entre companhias são várias e nem sempre é possível perceber facilmente se dá ou não para apanhar ligações low-cost.

Por esta razão, e sob a supervisão de Luís Ferreira, os administradores do grupo de Facebook "Aeroporto do Pico" elaboraram um conjunto de ficheiros que contêm as diversas alternativas de como chegar ao Pico partindo de Lisboa ou do Porto, e vice-versa, no mesmo dia e só por via aérea durante o Inverno IATA 2019/2020. Estas alternativas estão disponíveis através dos seguintes links:

 De 27 de outubro de 2019
a 28 de março de 2020
Lisboa -> Pico
Pico -> Lisboa
Porto -> Pico
Pico -> Porto

As alternativas apresentadas devem ser sempre confirmadas no respetivo site de cada companhia aérea ou numa agência de viagens, uma vez que podem ocorrer alterações pontuais nos horários.

Outras informações úteis:

Recorde-se ainda que os horários dos aviões que servem a ilha do Pico de forma regular encontram-se disponíveis no separador "Aviões" deste blog.

Haja saúde!

domingo, 3 de novembro de 2019

Favas guisadas ao domingo de manhã? Sim, no Monte é tradição

Escassos minutos após as 10 da manhã, de domingo, chegamos à localidade do Monte, na Candelária, ilha do Pico, para experimentar as afamadas favas guisadas da dona Maria da Glória.
É assim que se inicia um artigo publicado no jornal 'Açoriano Oriental' sobre uma tradição peculiar que se regista há mais de 40 anos na ilha montanha — link para reportagem completa.

Haja saúde!

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Escala de navios de mercadorias no Porto do Cais do Pico — novembro 2019


A Transinsular publicou no seu site a escala para o mês de novembro de 2019 dos navios de carga que efetuam a ligação Continente - Açores (clique na tabela seguinte para conhecer esta escala).


Os navios e as datas em que os mesmos vão visitar o Porto do Cais do Pico, na vila de São Roque do Pico, encontram-se indicados na tabela seguinte (clicando no nome do navio abre uma nova janela com a localização atual do mesmo).

DiaNavio
06 de novembro (quarta-feira)Ponta do Sol
14 de novembro (quinta-feira)Corvo
20 de novembro (quarta-feira)Ponta do Sol
28 de novembro (quinta-feira)Insular

Previsão de entradas e saídas de navios - Porto do Cais do Pico: Todas estas informações encontram-se igualmente disponíveis no separador "Barcos" deste blog.

Haja saúde!