quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Vacina para a COVID-19 chegou ao Pico


O voo SP 622 de 9 de fevereiro de 2021 poderia ser apenas mais um voo de horário entre a ilhas Terceira e Pico, mas não foi: a bordo veio uma caixa contendo vacinas para a COVID-19 [vídeo/foto-reportagem em anexo].

Por outras palavras, 322 dias após a confirmação do primeiro caso de COVID-19 no Pico, 44 dias depois da chegada destas vacinas a Portugal e 41 dias depois da entrega nos Açores, é chegada a vez da ilha montanha receber aquele que será, muito provavelmente, o produto mais desejado de todos nos dias que correm, isto sob uma pandemia que teima em não dar tréguas a nível mundial.

Em termos logísticos, para além do transporte aéreo já mencionado, há a destacar o recebimento da preciosa caixa com acompanhamento permanente das autoridades de segurança, nomeadamente pela PSP, e a respetiva escolta até ao Centro de Saúde da Madalena.

Prevê-se, agora, que a inoculação tenha início em breve, o que representará uma primeira fase que se destina utentes e funcionários das instituições de solidariedade social concelhias, profissionais de saúde e bombeiros, previamente identificados, de acordo com as prioridades estabelecidas no Plano Regional de Vacinação. De acordo com este Plano, os residentes selecionados para as diferentes fases serão vacinados pelas equipas de enfermagem da Unidade de Saúde da Ilha do Pico (USIP), mediante contacto prévio para obtenção de consentimento e agendamento da vacinação.

Haja saúde!



Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!