terça-feira, 23 de julho de 2019

‘Mestre Jaime Feijó’ já vem a caminho dos Açores (siga aqui)


O novo navio ‘Mestre Jaime Feijó’, construído para substituir o acidentado 'Mestre Simão', já saiu das Astúrias e já vem a caminho dos Açores [siga este navio em anexo ou através deste link].

Prevê-se que o 'Mestre Jaime Feijó' chegue aos Açores, concretamente à Horta, na próxima quinta-feira, 25 de julho de 2019.

A Secretária Regional com a tutela dos transportes explicou que o navio, após o término da sua construção, “já passou por um processo de certificação e de legalização”, mas deverá ainda ser “objeto de um procedimento de certificação pela Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM)”, sendo que “só entrará em operação após o registo nas autoridades marítimas nacionais”.

Ana Cunha não se comprometeu com prazos para a entrada em serviço do ‘Mestre Jaime Feijó’, uma vez que “o processo de certificação não tem um prazo determinado”, tendo manifestado a sua confiança de que “se tudo correr bem, rapidamente entrará em operação”.

A governante lembrou que o novo navio ‘Mestre Jaime Feijó’ representa “um investimento, feito pela Atlânticoline, no valor aproximado de 10 milhões de euros”, tendo a sua construção decorrido “conforme planeado e dentro do cronograma inicial”.

Ana Cunha frisou que este navio apresenta “algumas melhorias em relação ao acidentado ‘Mestre Simão’, nomeadamente através do reforço da sua capacidade de viaturas”.

O navio, construído pelos estaleiros ‘Astilleros Armon’, comporta 333 passageiros e 15 viaturas, duas das quais com um peso máximo de 5,5 toneladas.

O navio, prosseguiu, “será em tudo semelhante ao Gilberto Mariano” e deverá “retomar a normalidade da operação durante o ano inteiro, no Grupo Central, mas também na linha Lilás”.

[Fonte: GaCS]

“O ‘Mestre Jaime Feijó’ já vem a caminho dos Açores com a bandeira nacional e, quando chegar à Horta, irá hastear também a nossa bandeira, a bandeira dos Açores”, finalizou a Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas, Ana Cunha.

Haja saúde!

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Dois anos depois, eis os efeitos da petição sobre o Aeroporto do Pico


Há dois anos, no dia 22 de julho de 2017, foi submetida à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores a petição pública "Pelo aumento das condições de operacionalidade do Aeroporto da ilha do Pico". Este ato não se tratou de uma mera formalidade, mas sim marcou o dia em que as pessoas se uniram em defesa de melhoramentos na infraestrutura aeroportuária do Pico!

Vale a pena recordar os objetivos desta petição:
  1. Que o comprimento da pista seja aumentado, de forma assegurar a operação sem limitações de "payload" para as aeronaves das famílias Airbus A320 e Boeing 737;
  2. Que a pista seja ranhurada (implementação de "grooving") em toda a sua extensão, de forma a minorar os efeitos adversos para as aterragens provocados pela chuva que frequentemente cai sobre o território açoriano.
Na cerimónia de envio da petição ao parlamento regional, a qual decorreu precisamente no aeroporto da ilha montanha, várias pessoas se reuniram, destacando-se a presença dos três presidentes de Câmara do Pico e dos quatro deputados regionais eleitos por esta ilha, bem como de representantes dos empresários locais, de forma a comprovarem a enorme adesão da sociedade a esta causa, mais concretamente "uma montanha de apoio, traduzida de forma simbólica em 2351 assinaturas — tantas quantas a altura do ponto mais alto de Portugal, o nosso Pico!"

Se o primeiro ano após submissão da petição foi repleto de efeitos — pareceres que demonstraram a importância da melhoria do Aeroporto do Pico e os seus benefícios para a ilha montanha e para o "Triângulo", em particular, e para os Açores, em geral; além disso, todos os grupos e representações parlamentares da Assembleia Regional dos Açores reconheceram a necessidade de melhoria do Aeroporto do Pico, estando assim de acordo com os termos da petição — o segundo ano não lhe ficou atrás.

Em particular, o primeiro destaque vai para a implementação do "grooving", o qual se tornou efetivamente numa realidade em agosto de 2018. No entanto, a maior novidade surgiu em fevereiro de 2019, quando o Governo dos Açores decidiu encomendar um estudo para ampliação da pista do aeroporto do Pico — ainda sobre este assunto, foi recentemente anunciado que o respetivo caderno de encargos está concluído e que o convite a entidades será feito ainda neste mês de julho.

Em suma, e passado dois anos, a petição sobre a maior infraestrutura aeroportuária totalmente açoriana mostrou que a sociedade civil soube identificar um problema, apontar soluções e dar o seu contributo de forma construtiva. Por outro lado, os representantes políticos não só reconheceram que existe uma necessidade de melhoria do Aeroporto do Pico, mas também que o aumento da pista é um investimento que deve e já está a ser considerado para um futuro próximo, além do grooving que, efetivamente, tornou-se uma realidade com a ajuda desta iniciativa popular. Assim, considerando tudo o que foi alcançado até ao momento, a petição sobre o Aeroporto do Pico foi, e continua a ser, um sucesso!

Por fim, os promotores desta petição nunca esquecerão o enorme apoio das pessoas que a assinaram e a união pública demonstrada, incluindo as vertentes empresarial e política. O sucesso alcançado por esta petição deve-se a este exemplo de cidadania construtiva por parte de todos os intervenientes. O nosso muito obrigado a todos!

Haja saúde!

domingo, 21 de julho de 2019

Museu do Pico apresenta mostra expositiva de um feto de cachalote com 7 cm


O Museu do Pico apresenta ao público, no próximo dia 23 de julho, pelas 21h30, no Museu da Indústria Baleeira, em S. Roque do Pico, a mostra expositiva de um Feto de Cachalote com 7 cm.

O exemplar em exposição reveste-se de uma singularidade e raridade únicas. A sua invulgaridade prende-se, sobretudo, com a sua pequena dimensão, tendo em conta que um cachalote à nascença já possui um tamanho médio de 3 a 4 metros. Considera-se que este é, provavelmente, o mais pequeno feto do mundo, conservado.

Neste pequeno feto de cachalote é possível identificar o maxilar inferior, a cauda, na posição correta, a cabeça, ligeiramente descaída, na posição fetal, algumas estruturas ósseas, as barbatanas e o corpo fusiforme.

Este é um “milagre” da biologia e da vida que merece uma visita ao museu e a este exemplar único e absolutamente excecional.

A sessão contará com uma comunicação a cargo do proprietário Jaime Tavares de Melo, da bióloga Cristiana Antunes, do skipper de whale whatching João Quaresma, terminando com o visionamento de um vídeo sobre o cachalote.

Esta mostra expositiva ficará patente ao público no Museu da Indústria Baleeira, em S. Roque do Pico até 31 de outubro, no horário regular de funcionamento do Museu (de terça-feira a domingo das 10h às 17h30 e a partir de 1 de outubro de terça-feira a domingo das 09h30 às 17h00).

Haja saúde!

sábado, 20 de julho de 2019

Testes de mar do navio 'Mestre Jaime Feijó' (vídeo)


Apresenta-se, em anexo, um vídeo relativo aos testes de mar do navio "Mestre Jaime Feijó", o qual irá substituir o ferry "Mestre Simão" da Atlânticoline.

Prevê-se que este navio chegue aos Açores ainda neste mês de julho de 2019, sendo que a sua entrada ao serviço ainda não está prevista (deverá ser para breve).

Recorde-se que, em janeiro de 2018, o navio "Mestre Simão" encalhou dentro da bacia do Porto da Madalena, isto quando estava prestes a atracar na ilha do Pico, ficando inutilizado e, consequentemente, foi desmantelado — link para mais informações.

Haja saúde!

sexta-feira, 19 de julho de 2019

Iates e NRP Viana do Castelo no Cais do Pico


O Navio Patrulha Oceânico 'Viana do Castelo' brindou ontem (quinta-feira, 18 de julho de 2019) o Porto do Cais do Pico com a sua visita, onde esteve aberto ao público por algumas horas. Em simultâneo, encontravam-se inúmeros iates e outras embarcações no interior da baía do Cais do Pico, vila de São Roque do Pico, tal como atesta a foto em anexo.

O NRP 'Viana do Castelo' foi construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo e foi aumentado ao efetivo dos navios da Armada em 30 de dezembro de 2010. Foi concebido como navio não combatente, e destina-se prioritariamente a exercer funções de autoridade do Estado e a realizar tarefas de interesse público nas áreas de jurisdição ou responsabilidade Nacional — link para mais informações.

Haja saúde!

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Aeroporto do Pico Online


No âmbito do Orçamento Participativo dos Açores 2019, uma das antepropostas submetidas abordava o Aeroporto da ilha do Pico e defendia a implementação de uma página web e uma app, que disponibilizassem informações relevantes e úteis sobre o aeroporto do Pico, incluindo o estado dos voos em tempo real:
O Aeroporto da ilha do Pico é a maior infraestrutura aeroportuária totalmente açoriana e tem registado, nos últimos anos, um crescimento muito acentuado no número de passageiros movimentados. Por outro lado, e atendendo ao facto de que o Aeroporto da ilha do Pico ser uma das cinco gateways açorianas, esta porta de entrada nos Açores é também uma montra da Região.
Considerando que:
- A nível internacional, os aeroportos que têm voos de médio curso disponibilizam uma página web contendo, entre outras coisas, informações sobre os voos em tempo real;
- O Aeroporto da ilha do Pico é a única gateway açoriana que não dispõe de uma página web contendo as informações supramencionadas;
- Quando os residentes, visitantes, operadores turísticos e outros agentes têm conhecimento do estado dos voos em tempo real (bem como de informações relevantes de última hora), estes podem otimizar a sua deslocação ao aeroporto, o que também permite poupança de recursos e otimização da gestão de espaços (ex., parque de estacionamento);
- A disponibilização online de informações sobre um aeroporto, sobretudo do estado dos voos, melhora o desempenho das atividades turísticas, além de melhorar e enriquecer a qualidade da experiência turística do visitante;
Esta proposta visa a implementação de uma página web, bem como de uma app (ou, em alternativa, uma versão mobile da página web), as quais contenham informações relevantes e úteis sobre o Aeroporto da ilha do Pico, incluindo o estado dos voos em tempo real — a título de exemplo, pretende-se que seja implementado para o Aeroporto da ilha do Pico uma solução equivalente à da ANA - Aeroportos de Portugal [ex., www.aeroportolisboa.pt] ou da Aerogare Civil das Lajes [http://aerogarelajes.azores.gov.pt].

Esta ideia foi transformada em proposta através do alargamento do âmbito proposto à totalidade dos aeroportos geridos direta ou indiretamente pelo Governo dos Açores e prevê que as soluções já existentes 'web e app SATA lookup' e a solução implementada para a Aerogare Civil das Lajes sejam conjugadas e melhoradas para disponibilização aos utilizadores dos aeroportos do Pico, São Jorge, Graciosa e Corvo.

Por outras palavras, foi criada a proposta "Aeroportos da Região Online", a qual se encontra em votação no Orçamento Participativo dos Açores 2019, sendo que qualquer pessoa pode votar na mesma até ao dia 30 de setembro de 2019. Para isso, basta recorrer à informação que consta no Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade e proceder de uma de duas formas:
  • Votar online diretamente a partir da informação da proposta, carregando no botão ‘Votar nesta proposta’ do seguinte linkAEROPORTOS DA REGIÃO ONLINE;
  • Em alternativa, pode-se votar através de SMS gratuito, enviando uma mensagem para o número 3838 com o seguinte texto: “OPAZORES(espaço)301(espaço)Número Identificação Civil” (por exemplo: “OPAZORES 301 123456789AB2”).
[Nota: em ambos os casos deverá ser indicado todos os dígitos do número de identificação civil do Bilhete de Identidade ou, no caso do Cartão de Cidadão, todos os números e caracteres do número de identificação civil.]

Todo e qualquer passageiro aéreo deseja sempre que corra tudo bem na sua viagem; estando os aeroportos da Região Online e à distância de um clique (nomeadamente o Aeroporto da ilha do Pico), mais perto se estará de uma viagem com sucesso de e para os Açores, e em particular para a ilha montanha!

Em suma, colocar o Aeroporto do Pico Online, bem como os aeroportos de São Jorge, Graciosa e Corvo, é fácil e está nas suas mãos; para isso basta votar!

Haja saúde!

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Votações para o Orçamento Participativo dos Açores 2019


Já está em marcha a fase de votação do Orçamento Participativo dos Açores 2019. Nesta segunda edição deste tipo de iniciativa por parte do Governo dos Açores, as pessoas podem decidir como investir um total de 1.000.000 € (um milhão de euros) nas áreas do Ambiente, Cultura, Inclusão Social, Juventude e Turismo, quer não só em termos de uma única ilha, mas também para várias ilhas do arquipélago, uma vez que este ano há uma nova categoria de ideias, de âmbito regional.

Entre as 276 propostas em votação, 62 são de âmbito regional e 214 destinam-se a cada uma das nove ilhas da Região, sendo 69 em S. Miguel, 33 na Terceira, 25 no Pico, 19 no Faial, 17 em S. Jorge, 16 na Graciosa, 15 nas Flores, 12 em Santa Maria e oito no Corvo. Por área temática, foram apuradas 131 propostas na área da Juventude, 47 para a Cultura, 38 para o Ambiente, 37 para a Inclusão Social e 23 para o Turismo.

Até 30 de setembro é possível consultar as propostas e votar naquelas que cada um achar mais interessante — pode-se votar em qualquer uma delas e em qualquer ilha, sendo que a única limitação existente é a dois votos por pessoa: um voto numa proposta de âmbito ilha e um voto numa proposta de âmbito regional.

As regras deste orçamento participativo asseguram a existência de propostas vencedoras em todas as ilhas, bem como uma consignação de 20% dos respetivos valores por ilha à área temática da Juventude. Além disso, 200.000 € (duzentos mil euros) estão reservados para propostas de âmbito regional.

Atendendo às propostas em votação para a ilha do Pico, onde 88.000 € podem ser aplicados (70.400 € para Turismo, Ambiente, Cultura e Inclusão Social + 17.600 € para Juventude), mais informações, bem como o método de votação online, podem ser encontrados clicando nos links seguintes:

No que respeita às propostas de âmbito regional, aquelas que incluem o Pico são as seguintes (clique no respetivo link para mais informações e/ou para votação online):

Para votar basta recorrer à informação que consta no Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade e proceder de uma de duas formas:
  • Votar online diretamente a partir da informação da proposta, carregando no botão ‘Votar nesta proposta’;
  • Em alternativa, pode-se votar através de SMS gratuito, enviando uma mensagem para o número 3838 com o seguinte texto: “OPAZORES(espaço)Número da Proposta(espaço)Número Identificação Civil” (por exemplo: “OPAZORES 301 123456789AB2”).
[Nota: em ambos os casos, deverá ser indicado todos os dígitos do número de identificação civil do Bilhete de Identidade ou, no caso do Cartão de Cidadão, todos os números e caracteres do número de identificação civil.]

Informações adicionais e esclarecimento de dúvidas sobre o Orçamento Participativo dos Açores podem ser obtidos através dos seguintes meios:
  • E-mail — op@azores.gov.pt
  • Linha Verde de Apoio ao Cidadão do Governo Regional dos Açores — 800 500 501
  • Site do Orçamento Participativo dos Açores — op.azores.gov.pt

Haja saúde!






terça-feira, 16 de julho de 2019

Vista aérea da Calheta de Nesquim


Apresenta-se, em anexo, um vídeo da autoria de António Faria, o qual mostra imagens aéreas da Calheta de Nesquim, freguesia da zona sul da ilha do Pico, mais precisamente do concelho das Lajes do Pico.

Haja saúde!

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Escolas do Pico distinguidas com selo 'Escola Amiga da Criança' 2018/2019


Foram várias as escolas da ilha montanha que viram os seus projetos distinguidos com o selo 'Escola Amiga da Criança', na segunda edição desta iniciativa da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), da LeYa e do psicólogo Eduardo Sá.

Mais concretamente, as escolas distinguidas foram [listagem completa nacional]:
  • EB/S de São Roque do Pico, na categoria "Cidadania e/ou Inclusão", com o projeto 'Semear com amor, colher gratidão';
  • EB 12/JI da Ponta da Ilha, na categoria "Cidadania e/ou Inclusão", com o projeto 'Criação de uma sala sensorial';
  • EB/S das Lajes do Pico, na categoria "Alimentação, Saúde e Ambiente", com o projeto 'Horta Amiga', e na categoria "Espaços Escolares", com o projeto 'Amigos do Picadeiro';
  • EB/S Cardeal Costa Nunes, na categoria "Alimentação, Saúde e Ambiente", com os projetos 'Conhece o que te é próximo!' e 'Eco-Escola/ Clube do Ambiente', na categoria "Atividades extracurriculares e/ou interdisciplinares", com o projeto 'Despertar para a Ciência', e na categoria "Cidadania e/ou Inclusão", com o projeto '"É mesmo contigo!"'.

Esta iniciativa visa distinguir “escolas que concebem e concretizem ideias para um desenvolvimento mais feliz da criança no ambiente escolar”. Nos Açores, um total de 31 projetos foram distinguidos com este galardão, o que significa que a ilha montanha representa 25% dos premiados, ou seja, é o Pico tem uma comunidade escolar verdadeiramente amiga da criança e exemplar no contexto açoriano.

Haja saúde!

domingo, 14 de julho de 2019

Recorde de voos semanais de horário no aeroporto do Pico


Ontem, 13 de julho, terminou aquela que poderia ter sido apenas mais uma semana de 2019, mas que não foi: o Aeroporto da ilha do Pico recebeu (de domingo a sábado) os 35 voos previstos de horário, representando este um novo recorde para a infraestrutura aeroportuária da ilha montanha!

Por outras palavras, nunca o aeroporto do Pico teve tantos voos semanais de horário, sendo que esta situação repetir-se-á durante as próximas 13 semanas, ou seja, até final de setembro de 2019. Mais concretamente, estão disponíveis os seguintes voos [cujos detalhes podem ser encontrados no separador "Aviões" deste blog]:
  • 12 ligações semanais com a ilha Terceira (um voo por dia, reforçado com um segundo voo diário exceto às terças e quintas);
  • 19 ligações semanais com a ilha de São Miguel (dois voos por dia, reforçados com um terceiro voo diário exceto às terças e quintas);
  • 4 ligações semanais com Lisboa (voos às segundas, quartas, quintas e sábados).

Este novo recorde deve-se, sobretudo, ao aumento que se tem verificado, ano após ano, nas rotas envolvendo Ponta Delgada e Lisboa, aumento esse que se verifica não apenas no número de voos semanais na "época alta", mas também na duração desta (a qual agora estende-se por mais um mês do que no passado, isto é, prolonga-se até setembro).

Por outro lado, a oferta área regular para o Pico ainda não é suficiente para satisfazer a oferta, pois tiveram de ser programados voos extra para a ilha montanha em julho e agosto.

Resumindo, os números não enganam: o Pico está na moda!

Haja saúde!



Voos regulares
(clique na origem/destino para mais detalhes)

Chegadas ao Pico
HorárioDom.2.ª3.ª4.ª5.ª6.ªSáb.
08h ― 11h
TER
PDL
LIS
TER
PDL
 
 
PDL
 
TER
PDL
 
 
PDL
 
TER
PDL
LIS
 
11h ― 13h PDL

PDL TER

PDL TER

PDL TER
 
13h ― 15h
 


        PDL
15h ― 17h PDL TER   TER
LIS

LIS
TER PDL
17h — 19h PDL
TER
PDL PDL
 
PDL PDL
 
PDL TER
 

Partidas do Pico
HorárioDom.2.ª3.ª4.ª5.ª6.ªSáb.
08h ― 11h
TER
PDL
LIS
PDL
 
PDL
 
PDL
 
PDL
 
PDL
LIS
11h ― 13h PDL TER
PDL
TER TER
PDL
TER TER
PDL
TER
13h ― 15h
 



 

 
PDL
15h ― 17h
TER

TER
 
TER

 

TER

PDL
17h — 19h PDL
PDL

PDL
PDL LIS
PDL
LIS
PDL

PDL
TER

Legenda: TER - Terceira | PDL - Ponta Delgada | LIS - Lisboa