sábado, 24 de agosto de 2019

Linha Verde e Linha Lilás com horário ajustado a partir de setembro


Comunicado da Atlânticoline:
Na sequência da entrada em funcionamento do novo ferry "Mestre Jaime Feijó", a Atlânticoline, S.A. irá ajustar o horário da Linha Verde, antecipando as partidas da Horta, à semelhança do que acontecia antes do acidente com o "Mestre Simão", que levou a que os horários fossem alterados para otimizar a utilização do "Gilberto Mariano", único ferry ao serviço da operação regular no último ano e meio. 
Este ajustamento, recorde-se, estava previsto para o último trimestre do ano 2019, altura em que se esperava a chegada aos Açores do novo ferry. Felizmente, e graças ao empenho de várias entidades, foi possível antecipar a chegada do "Mestre Jaime Feijó", que já se encontra a operar. 
O ajustamento do horário não foi simultâneo com a entrada em funcionamento do novo ferry uma vez que, sendo agosto o mês de maior movimento na operação de transporte marítimo, existia já um número muito elevado de títulos de transporte vendidos, o que significaria que, a alterar-se o horário, seriam afetados milhares de passageiros com bilhetes já adquiridos. Assim, a Atlânticoline optou por fazer esse ajustamento apenas a partir do dia 1 de setembro, na Linha Verde e, consequentemente, na Linha Lilás. 
Desta forma e até ao final da época alta, a Linha Verde passará a sair da Horta às 07h00, ao invés de às 09h00 (viagem da manhã) e às 18h00, ao invés de às 18h45 (viagem da tarde), fazendo escala na ilha do Pico e tendo como destino o porto das Velas, em São Jorge, em conformidade com os itinerários já definidos.
Recorde-se que no separador "Barcos" deste blog é possível encontrar os horários dos navios de passageiros que servem a ilha do Pico de forma regular, bem como os horários dos navios de mercadorias que escalam o principal porto comercial da ilha montanha.

Haja saúde!

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Fumarolas do Piquinho do Pico


Fumarola é uma abertura na superfície da crosta da Terra, em geral situada nas proximidades de um vulcão, e que emite vapor de água e outros gases. As fumaloras são, assim, um dos vários tipos de vulcanismo secundário.

Apesar de as fumarolas serem muito conhecidas por outras paragens açorianas, elas também ocorrem na ilha montanha. Mais precisamente, no topo da montanha do Pico (Piquinho) existe uma área de desgaseificação permanente caracterizada pela emissão de vapor de água a uma temperatura que se situa entre os 50 e os 75°C. Este fenómeno dá origem à formação de uma coluna de vapor que, por vezes, em determinadas condições meteorológicas e em especial às primeiras horas da manhã, se torna particularmente intensa, sendo bem visível a partir de vários pontos do Pico, assim como da ilha Faial.

Estando o Vulcão do Pico em constante monitorização por diversas redes de observação do CIVISA, as fumarolas do Piquinho não devem ser vistas como sinal de perigo, mas sim como um belo fenómeno de vulcanismo secundário, o mais alto de Portugal, que vale a pena apreciar, tal como as imagens em anexo comprovam.

Haja saúde!

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

À descoberta do Triângulo dos Açores


Apresenta-se, em anexo, uma reportagem da SIC intitulada "Descobrir os Açores", onde o foco são as três ilhas do Triângulo: Pico, São Jorge e Faial.

Haja saúde!

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Pico é onde mais se produz Carne dos Açores


A Carne dos Açores IGP é proveniente das carcaças de bovinos nascidos, criados e abatidos na Região Autónoma dos Açores, segundo os moldes tradicionais. Este é, assim, um produto certificado e de excelência, pois trata-se de uma carne tenra, de cor rosada, com ligeira infiltração de gordura a nível intramuscular, grande suculência, textura macia, detentora de um aroma e sabor característicos, próprios e inerente ao modo de produção tradicional, nomeadamente à forma de pastoreio e ao tipo de alimentação.

Em concreto, as crias alimentam-se de leite materno pelo menos até cerca dos 3 meses. A partir desta idade é fornecida uma alimentação tradicional, constituída com erva das pastagens naturais ou melhoradas. Até à idade em que são abatidos, os animais são alimentados com pastagens, sendo muitas vezes complementada a sua alimentação com silagens e fenos obtidos nas próprias pastagens e com concentrados energéticos e proteicos.

Embora a área geográfica de produção da Carne dos Açores IGP compreenda todas as ilhas dos Açores, é na ilha montanha que se regista a maior produção desta carne certificada: em 2018, cerca de metade da Carne dos Açores IGP foi proveniente do Pico, mas se forem considerados os últimos cinco anos, então este valor ascende aos 59%.



Por tudo isto, o Pico pode ser considerado o centro da excelência da carne açoriana, provando uma vez mais que, à semelhança do vinho proveniente da ilha montanha, a dedicação secular do picaroto em conseguir extrair sustento de uma paisagem que, à primeira vista, parecia inóspita, dá origem a produtos únicos no mundo.

Haja saúde!

Post scriptum: Este artigo foi igualmente publicado na edição n.º 41.951 do 'Diário dos Açores', de 21 de agosto de 2019.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Prelúdios da Semana dos Baleeiros em 1984 (vídeo)


Na semana em que tem início a edição de 2019 da 'Semana dos Baleeiros', aqui fica um vídeo [em anexo] que representa uma viagem no tempo aos prelúdios desta festa no ano de 1984.

Para além das festividades, este registo vídeo permite também recordar, para além da Vila das Lajes do Pico, como era o lugar da Silveira.

Haja saúde!

domingo, 18 de agosto de 2019

Museu do Pico homenageia Manuel Serpa, o "Comendador do Povo"


A Direção Regional da Cultura, através do Museu do Pico, promove, a 21 de agosto, pelas 20h00, no Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, a realização de uma homenagem a Manuel Goulart Serpa, tendo como tema "Manuel Serpa: O Comendador do Povo".

Com esta sessão pública, o Museu do Pico pretende reconhecer o trabalho solidário e humanista que o picoense Manuel Serpa desenvolveu ao longo da vida, ao serviço do progresso social e cultural da sua ilha e da Região, revisitando e celebrando a sua obra de incondicional e apaixonada relação com a ilha, a sua história, as suas memórias e as suas gentes.

Formado em Teologia, Manuel Serpa exerceu funções eclesiásticas durante 12 anos, foi professor ao longo de três décadas, bem como deputado à Assembleia Legislativa Regional dos Açores, de 1984 a 2000.

Colaborou com inúmeras organizações, sociedades e coletividades e apoiou centenas de eventos sociais e culturais na sua ilha, nos Açores, no país e na diáspora.

[Fonte: GaCS]

Haja saúde!

sábado, 17 de agosto de 2019

Magnífico vídeo de promoção do Pico (e feito por turistas!)


O vídeo que se segue poderia ter sido feito por uma qualquer agência de publicidade, com o intuito de promover a ilha montanha... Contudo, a sua autoria é de Zsuzsi Ilycsin e Ilycsin László, um casal de Budapeste que veio passar uns dias ao Pico, tendo decido partilhar um pouco das suas férias neste vídeo — ele conta com magníficas imagens aéreas, bem como de outras atividades que a ilha montanha tem para oferecer, nomeadamente aventuras por trilhos pedestres e whale watching.

Notando que, por um lado, uma imagem vale mais do que mil palavras, enquanto que, por outro, a publicidade de boca-a-boca é um dos tipos mais credíveis de promoção, este casal de turistas húngaros conseguiu verdadeiramente a proeza de promover o Pico de forma única e magnífica!

Haja saúde!

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Aeroporto do Pico reentra na lista dos aeroportos mais movimentados do mundo


A OAG, a maior base de dados de voos do mundo, tem disponível análises estatísticas sobre os aeroportos mais movimentados do mundo. E é aqui que, considerando o mês de julho de 2019à semelhança do ano passado, o Aeroporto da ilha do Pico é mencionado, reentrando assim e oficialmente para o top mundial dos aeroportos mais movimentados!

É de salientar que, no mês de julho em questão, o aeroporto do Pico não só teve de horário 35 voos semanais (um número recorde), bem como recebeu inúmeros voos de reforço.

O resultado deste crescimento do movimento aéreo na ilha montanha está agora à vista, com a reentrada no top mundial dos aeroportos mais movimentados.

Resumindo, os números não enganam: o Pico está na moda!

Haja saúde!

Adenda: No mundo há cerca de 17 mil aeroportos (isto é, que recebem voos comerciais); a OAG publica estatísticas apenas para os 1200 aeroportos mais movimentados; daqui resulta que o Pico, em julho de 2019, reentrou para a lista do top 7% dos aeroportos mais movimentados a nível mundial!

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

'Mestre Jaime Feijó' @ Cais do Pico (13/08/2019)


Aqui fica o registo fotográfico da primeira escala no Porto do Cais do Pico por parte do novo ferry da Atlânticoline 'Mestre Jaime Feijó', a qual teve lugar no dia 13 de agosto de 2019, por volta das 11h.

Nota ainda para a curiosidade de esta estreia em São Roque do Pico ter sido antecipada algumas horas devido ao elevado número de passageiros que pretendia ir da ilha montanha para São Jorge, comprovando-se assim, e uma vez mais, a importância do Porto do Cais do Pico, em especial no contexto do Triângulo.

Haja saúde!










quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Festas do Padroeiro São Roque 2019


Aqui fica o cartaz com o programa das Festas do Padroeiro São Roque 2019, que decorrem na vila de São Roque do Pico entre 15 e 17 de agosto.

Haja saúde!