quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Museu do Pico apresenta o filme "Águas"


O Museu do Pico apresenta, no próximo dia 22 de novembro, às 21h00 no Auditório do Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, o filme Águas, do madeirense Luís Miguel Jardim.

O filme foi gravado na ilha da Madeira e interpretado por professores e alunos, do Clube Cine Moniz, da Escola Secundária Jaime Moniz, mesmo sem grande experiência na tela. Anteriormente este clube já realizou filmagens em diversos pontos tradicionais da Região, procurando refletir o sentir e a vivência da população madeirense, em tempos recuados da sua história.

O filme Águas é uma homenagem à luta do povo da Lombada pela posse da água e da sua levada, bem como à jovem “Sãozinha”, heroína da história que faleceu em 1962, na sequência daquele conflito, vítima de um disparo furtivo. Durante dias e noites, o povo guardou as suas águas, dormindo ao relento, enfrentando a retaliação da autoridade.

A sessão é gratuita.

Haja saúde!

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Viagens no canal Pico-Faial no verão de São Martinho (vídeos)


Neste novembro de 2019, o São Martinho cumpriu com a tradição e proporcionou uns magníficos dias de verão um pouco por todo o arquipélago dos Açores.

No caso concreto das ilhas do Triângulo, como estas têm ligações marítimas regulares diariamente, os respetivos passageiros puderam deleitar-se com viagens marítimas que quase pareciam em terra firme, pois o mar assemelhava-se a chão!

Para atestar tal facto, aqui ficam uns magníficos vídeos de algumas viagens no canal Pico-Faial.

Haja saúde!



quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Lançamento do livro "E Foi Assim…", de Raquel André Machado, no Museu do Pico


O Museu do Pico acolhe, no próximo dia 15 de novembro, no Auditório do Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, o lançamento do livro E Foi Assim…, de Raquel André Machado.

A sessão contará com apresentação de Manuel Tomás e dois oradores convidados, Manuel Francisco Costa Júnior e o Professor José Azevedo.

E Foi Assim… é uma partilha do sentir, uma homenagem a Pedro Celestino Machado, marido de Raquel André Machado, falecido em 2013. Um homem cujo carácter e competência deixou marcas nos sítios por onde andou, viveu, nas gentes com quem conviveu e interagiu.

Maria Raquel Goulart André Machado, é natural de Santa Cruz das Ribeiras, concelho de Lajes do Pico, onde viveu a sua juventude e casou. Após a sua formação docente, foi residir para Santa Cruz das Flores durante 38 anos consecutivos, regressando nas férias à sua terra natal. Atualmente reside em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel. Foi professora do 1º Ciclo do Ensino Básico e lecionou as disciplinas de História, Português, Francês e Desenho aos 2º e 3º ciclos, no Externato da Imaculada Conceição de Santa Cruz das Flores. Exerceu ainda cargos de Coordenadora de Educação Permanente, de Delegada Sindical, de Diretora de Escola, de Coordenadora de Núcleo e de Presidente do Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária de Flores.

O evento está previsto para as 20h00, com entrada livre.

Haja saúde!

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

A Terra Treme 2019


A TERRA TREME é um exercício organizado anualmente pela Autoridade Nacional de Proteção Civil. O objetivo da iniciativa é que todos saibam o que fazer antes, durante e depois de um evento sísmico, conhecendo as medidas preventivas e os comportamentos de autoproteção a adotar para se protegerem e se sentirem mais seguros.

O exercício decorre sexta-feira, dia 15 de novembro de 2019, pelas 10h15 [hora dos Açores] e terá a duração de um minuto, podendo qualquer pessoa participar, individualmente ou em grupo, em qualquer local onde se encontrem.

Durante o exercício deverão ser praticados os três gestos básicos de proteção em caso de sismo, os quais podem salvar vidas:
  • Baixar: esta posição evita que possa cair durante o sismo e permite mover-se;
  • Proteger: proteja a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos e procure abrigar-se, coloque-se se possível sob uma mesa resistente, e segure-se a ela firmemente;
  • Aguardar: aguarde até a terra parar de tremer.
Para mais informações, poderá ser consultado o portal www.aterratreme.pt, onde se encontram vários recursos alusivos à iniciativa.

Haja saúde!

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Prémio de Mérito em Participação Cívica


No âmbito das comemorações dos 477 anos da elevação de São Roque do Pico a concelho, o respetivo município deliberou agraciar-me com o Prémio de Mérito em Participação Cívica:
Pelo modo organizado e estruturado em que apresenta os conteúdos e aborda os variados assuntos e segmentos no blog 'Cais do Pico', pela forma como trata todos os assuntos com seriedade, pela interatividade, fidelização e importância dos assuntos apresentados sobre a ilha montanha, principalmente em sua defesa, particularmente o concelho de São Roque do Pico, numa construção positiva e de reflexão crítica dos acontecimentos, informando de uma forma plural, o município deliberou agraciar com o Prémio de Mérito em Participação Cívica o Doutor Ivo Luís de la Cerda Garcia e Sousa.
Através deste blog, venho agradecer publicamente ao Município de São Roque do Pico por esta deliberação, a qual muito me honra e sensibiliza.

Haja saúde!


domingo, 10 de novembro de 2019

477 anos do Concelho de São Roque do Pico


Pela mão de El-Rey Dom Johan III, no dia 10 de Novembro de 1542, foram escritas as seguintes palavras:
(...) Eu de meu moto proprio faço ho lugar de Sam Roque vylla e ey por bem que daquy em diante pera sempre seja e se chame vylla nova de Sam Roque (...)

Passados 477 anos, celebra-se hoje mais um aniversário da elevação de São Roque do Pico a concelho. As comemorações oficiais serão realizadas pelas 20h30 no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Roque do Pico, num evento aberto ao público.

Haja saúde!

Post scriptum: Registos da cerimónia comemorativa dos 477 anos do Concelho de São Roque do Pico — Reportagem (i) | Reportagem (ii) | Vídeo (i) | Vídeo (ii) | Vídeo (iii) | Vídeo (iv) | Vídeo (v) | Vídeo (vi) | Vídeo (vii) | Vídeo (viii) | Vídeo (ix) | Vídeo (x) | Vídeo (xi) | Vídeo (xii) | Vídeo (xiii) | Vídeo (xiv)

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Concerto da Filarmónica União Artista de São Roque em 1995 (vídeo)


No Youtube é possível encontrar vídeos que permitem viajar no tempo, sendo que neste caso o destino é uma festa no lugar de São Miguel Arcanjo, vila de São Roque do Pico, nos anos 90 do século passado.

Mais concretamente, José Costa partilhou um vídeo que mostra um concerto da Sociedade Filarmónica União Artista de São Roque em 1995. Sob a batuta de Tibério Furtado, através deste vídeo é possível ouvir uns acordes desta banda, a qual interpreta alguns temas bem populares à época.

Poder-se-ia destacar outras coisas, desde os músicos que já não estão entre nós, os que deixaram de tocar, os que saíram e voltaram a esta sociedade, bem como o registo de quem continuamente sempre tocou desde então até aos dias de hoje; no entanto, como imagens valem mais do que mil palavras, nada como ver o vídeo em anexo.

Haja saúde!

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

terça-feira, 5 de novembro de 2019

A Baleação nas Lajes do Pico, 1968 – o olhar fotográfico de Mario Masini


O Museu do Pico apresenta ao público, no próximo dia 6 de novembro, no auditório do Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, pelas 20h30, a sessão A Baleação nas Lajes do Pico, 1968 – o olhar fotográfico de Mario Masini.

No verão de 1968, Mario Masini, um italiano de 23 anos, acompanhado pelo seu amigo Roberto Buonamico, desloca-se aos Açores para participar numa campanha de caça à baleia, nas Lajes do Pico.

José Charters Monteiro desempenhou um papel muito importante neste processo. Foi ele que, em Milão, promoveu o contacto entre Mario Masini e o seu primo José Cymbron, empresário de Ponta Delgada, com ligações à baleação.

Regressados a Itália, Mario Masini e Roberto Buonamico publicam, em abril de 1969, um artigo, na revista do Touring Club de Itália, sobre a experiência vivida nas Lajes do Pico.

Cinquenta anos depois da publicação do artigo, Mario Masini regressa às Lajes do Pico, contando, de novo, com o apoio do amigo e arquiteto José Charters Monteiro. Este regresso tem como objetivo a cedência, ao Museu do Pico, de um conjunto de fotografias tiradas por Mario Masini, no verão de 1968, nas Lajes do Pico. Este acervo fotográfico, com meio século, é, sem dúvida, um testemunho relevante para este museu.

Mario Masini, nascido em 1945, em Nibionno (Itália), formou-se em Economia e Comércio, na Università Commerciale L. Bocconi, Milão, em 1969. Em 1972, obteve o Master of Arts in Economics, na The American University, Washington D.C.. Também faz parte do seu currículo, o Graduate School of Business Administration, na Universidade de Harvard e o Programa Internacional de Professores, Fontainebleau (1973). Na sua carreira académica, destaca-se como Professor emérito da Universidade de Bergamo e ilustre professor da Universidade de SDA Bocconi.

A sessão contará com comunicações a cargo do Prof. Doutor Mario Masini e do arquiteto José Charters Monteiro, com o visionamento das fotografias cedidas ao museu, e com um momento musical.

O evento terá início pelas 20h30, com entrada gratuita.

Haja saúde!

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Como chegar ao Pico partindo de Lisboa ou do Porto (e vice-versa) durante o Inverno IATA 2019/2020


Descobrir a melhor forma de chegar à ilha do Pico partindo de Lisboa ou do Porto, sem pernoita intermédia e utilizando apenas o transporte aéreo, pode ser uma tarefa árdua, sendo que o mesmo se aplica ao percurso inverso: as combinações entre companhias são várias e nem sempre é possível perceber facilmente se dá ou não para apanhar ligações low-cost.

Por esta razão, e sob a supervisão de Luís Ferreira, os administradores do grupo de Facebook "Aeroporto do Pico" elaboraram um conjunto de ficheiros que contêm as diversas alternativas de como chegar ao Pico partindo de Lisboa ou do Porto, e vice-versa, no mesmo dia e só por via aérea durante o Inverno IATA 2019/2020. Estas alternativas estão disponíveis através dos seguintes links:

 De 27 de outubro de 2019
a 28 de março de 2020
Lisboa -> Pico
Pico -> Lisboa
Porto -> Pico
Pico -> Porto

As alternativas apresentadas devem ser sempre confirmadas no respetivo site de cada companhia aérea ou numa agência de viagens, uma vez que podem ocorrer alterações pontuais nos horários.

Outras informações úteis:

Recorde-se ainda que os horários dos aviões que servem a ilha do Pico de forma regular encontram-se disponíveis no separador "Aviões" deste blog.

Haja saúde!

domingo, 3 de novembro de 2019

Favas guisadas ao domingo de manhã? Sim, no Monte é tradição

Escassos minutos após as 10 da manhã, de domingo, chegamos à localidade do Monte, na Candelária, ilha do Pico, para experimentar as afamadas favas guisadas da dona Maria da Glória.
É assim que se inicia um artigo publicado no jornal 'Açoriano Oriental' sobre uma tradição peculiar que se regista há mais de 40 anos na ilha montanha — link para reportagem completa.

Haja saúde!

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Escala de navios de mercadorias no Porto do Cais do Pico — novembro 2019


A Transinsular publicou no seu site a escala para o mês de novembro de 2019 dos navios de carga que efetuam a ligação Continente - Açores (clique na tabela seguinte para conhecer esta escala).


Os navios e as datas em que os mesmos vão visitar o Porto do Cais do Pico, na vila de São Roque do Pico, encontram-se indicados na tabela seguinte (clicando no nome do navio abre uma nova janela com a localização atual do mesmo).

DiaNavio
06 de novembro (quarta-feira)Ponta do Sol
14 de novembro (quinta-feira)Corvo
20 de novembro (quarta-feira)Ponta do Sol
28 de novembro (quinta-feira)Insular

Previsão de entradas e saídas de navios - Porto do Cais do Pico: Todas estas informações encontram-se igualmente disponíveis no separador "Barcos" deste blog.

Haja saúde!

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Ilha do Pico, perspetivas aéreas


O canal de Youtube 'AeroGráfica' publicou recentemente um vídeo contendo magníficas vistas aéreas da ilha montanha, as quais podem ser visualizadas em anexo.

Haja saúde!

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Portal do Pescador


Nos Açores a pesca lúdica tem uma forte componente histórica e cultural que remonta ao período do povoamento, atividade que foi passada de geração em geração até aos nossos dias. Atualmente, a importância social da pesca lúdica nos Açores é reconhecida quer pela sua faceta de passatempo que permite o contacto com a natureza, quer pela forma de obtenção de proteínas a baixo custo de vital importância para alguma da população Açoriana.

O estudo associado ao Portal do Pescador visa obter informação sobre o perfil dos praticantes e da atividade exercida, de forma a perceber a importância socioeconómica, esforço de pesca e capturas.

Esta informação será essencial para dar resposta a pedidos de dados, previstos no âmbito de regulamentação europeia; permitir uma gestão integrada das pescas, baseada em dados científicos; aplicar medidas que garantam a sustentabilidade dos recursos marinhos costeiros e, consequentemente, alcançar a salvaguarda deste setor a longo prazo.

Este trabalho está a ser liderado pelo Programa Nacional de Recolha de Dados da Pesca, da Direção Regional das Pescas. Os dados recolhidos neste trabalho serão totalmente confidenciais, ao abrigo da legislação de proteção de dados e serão apenas utilizados, de forma agregada, para a análise global da atividade.

O Portal do Pescador pode ser encontrado em: https://pescador.azores.gov.pt

Recorde-se que algumas regras relativas à pesca lúdica podem ser encontradas nos seguintes posts:

Haja saúde!

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Rali da ilha do Pico 2019 (resumo vídeo)


Decorreu nos dias 18 e 19 de outubro de 2019 o VIII PICO PLAY/AUTOAÇOREANA RALI, aquele que também foi o último rali da época pontuável para o Campeonato Ralis dos Açores, pontuável igualmente para o Troféu do Canal e para o Troféu de Ralis de Asfalto dos Açores.

Esta edição ficou marcada pela definição da dupla campeã regional, Luís Miguel Rego e Jorge Henriques, dupla essa que também foi a grande vencedora da prova realizada na ilha montanha.

Um resumo vídeo deste rali, elaborado pela RTP-Açores, pode ser visionado online através do seguinte link:

VIII PICO PLAY/AUTOAÇOREANA RALI

Haja saúde!



segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Horários Atlânticoline — Linha Verde - inverno 2019/2020


Com a chegada da hora legal de inverno, o horário da Linha Verde da Atlânticoline é reajustado. Para além de umas ligeiras modificações nas horas de partida das viagens, a maior alteração regista-se aos sábados, onde o itinerário passa a ser o seguinte (durante este inverno de 2018/2019):
Esta alteração permite, assim, que a ligação aérea Lisboa/Pico/Lisboa de sábado sirva também a ilha de São Jorge.

Recorde-se que no separador "Barcos" deste blog é possível encontrar os horários dos navios de passageiros que servem a ilha do Pico de forma regular, bem como os horários dos navios de mercadorias que escalam o principal porto comercial da ilha montanha.

Haja saúde!



Rotas de passageiros:
Rotas de mercadorias:
Previsão de entradas e saídas de navios - Porto do Cais do Pico:

domingo, 27 de outubro de 2019

Horários dos aviões na ilha do Pico — Inverno IATA 2019/2020


A mudança para a hora de inverno (último domingo de outubro) coincide também com o início da estação "Inverno IATA", onde são praticados novos horários nas ligações aéreas com a ilha do Pico.

Mais concretamente, o aeroporto da ilha montanha passa agora a ter (até 28 de março de 2020):
  • Uma ligação diária com a ilha Terceira;
  • Quatro ligações semanais com a ilha de São Miguel (domingo, segunda, quarta e sexta);
  • Duas ligações semanais com Lisboa (segunda e sábado).

Todos horários dos aviões que servem a ilha do Pico de forma regular encontram-se disponíveis no separador "Aviões" deste blog.

Haja saúde!



Voos extra Natal 2019

DiaOrigemPartidaDestinoChegadaDuraçãoN.º Voo
20 de dezembro
(sexta-feira)
Lisboa15:00*Pico16:45(2h45)S4 2143
Pico17:40Lisboa21:10*(2h30)S4 2142
5 de janeiro
(domingo)
Lisboa11:35*Pico13:20(2h45)S4 2143
Pico14:15Lisboa17:45*(2h30)S4 2142



Voos regulares
(clique na origem/destino para mais detalhes)

Chegadas ao Pico
HorárioDom.2.ª3.ª4.ª5.ª6.ªSáb.
08h ― 11h
TER
PDL
 
 
 
PDL  
 

 

11h ― 13h     TER  
TER
TER  
 
13h ― 15h
 
LIS
 
         
15h ― 17h
PDL
 
TER

 

PDL
LIS
TER
17h — 19h

TER
 

 

 

Partidas do Pico
HorárioDom.2.ª3.ª4.ª5.ª6.ªSáb.
08h ― 11h
TER
PDL
 
 
 
PDL  
 

 

11h ― 13h
 
 
 
TER  
 

TER
TER  
13h ― 15h
 
LIS

 

 
 
15h ― 17h  
 

 

LIS
17h — 19h PDL

TER TER

  PDL
 
TER
 

Legenda: TER - Terceira | PDL - Ponta Delgada | LIS - Lisboa


sábado, 26 de outubro de 2019

Candidaturas aos prémios «Espírito Verde» 2019


Os prémios «Espírito Verde» têm como objetivo evidenciar o compromisso ambiental e premiar empresas, instituições e personalidades que se distingam na Região Autónoma dos Açores pelas boas práticas ambientais, bem como na investigação, ativismo, voluntariado e mecenato ambientais.

Os prémios são atribuídos, anualmente, nas seguintes categorias:
  • Recursos Naturais e Qualidade Ambiental > são premiadas ações, projetos, produtos e serviços que promovam a salvaguarda dos recursos naturais, da biodiversidade e da geodiversidade, a gestão da paisagem, o aumento da resiliência do território, a adaptação às alterações climáticas, o controlo da poluição e a recuperação de passivos ambientais;
  • Investigação e Desenvolvimento > são premiados estudos e atividades de investigação científica e o desenvolvimento de projetos, produtos ou serviços que representem soluções inovadoras com recurso à tecnologia, no âmbito ambiental ou enquanto contributo para o desenvolvimento sustentável;
  • Economia Circular, Verde e Azul > são premiadas empresas, ações, projetos, serviços ou produtos que promovam uma economia mais eficiente e regenerativa dos materiais (reutilização, recuperação e reciclagem), o combate à depleção dos recursos naturais, o design e as embalagens ecológicas, a mitigação das alterações climáticas, a descarbonização, a eficiência energética, as energias renováveis, o desenvolvimento urbano sustentável, bem como o investimento em infraestruturas e bens ambientais;
  • Educação, Comunicação e Voluntariado > são premiadas pessoas, instituições, ações e projetos relacionados com a promoção e defesa do ambiente e do desenvolvimento sustentável, programas de educação ou sensibilização ambiental e de voluntariado ambiental, bem como ações, produtos e serviços de difusão de informação e conhecimento nos domínios ambiental e da sustentabilidade;
  • Personalidade ou Instituição > são premiadas personalidades ou instituições que, ao longo da sua vida ou atividade, se tenham destacado pela ação e compromisso na defesa e promoção dos valores ambientais e do desenvolvimento sustentável.
Ao vencedor de cada categoria é atribuído um galardão, podendo ainda serem atribuídas menções honrosas, nos termos definidos no Regulamento dos prémios «Espírito Verde». Os prémios são entregues em cerimónia pública, a realizar, preferencialmente, no dia 5 de junho de cada ano (Dia Mundial do Ambiente).

Candidaturas
  • As candidaturas são efetuadas, entre 1 e 31 de outubro, mediante preenchimento do formulário digital disponibilizado para o efeito em http://espiritoverde.azores.gov.pt/ ;
  • Ao formulário de candidatura deve ser anexa toda a informação e documentos complementares, que os candidatos considerem importantes para a fundamentação e análise da candidatura;
  • As candidaturas são voluntárias e gratuitas, devendo os candidatos autorizarem expressamente no formulário de candidatura a publicação e divulgação da respetiva participação através de meios e em ações de promoção dos prémios..
Para mais informações consulte o Regulamento dos prémios «Espírito Verde», disponível aqui; para qualquer questão ou esclarecimento, deve ser contactada a Direção Regional do Ambiente, através do telefone 292 207 300.

Haja saúde!

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Quando de São Miguel ao Pico de avião passa por... Lisboa!


Acabámos de criar um pacote exclusivo para duas das mais procuradas ilhas do Arquipélago dos Açores. Deste modo poderá visitar duas ilhas muito distintas e com pontos de interesse únicos numa só viagem.
Na Ilha de São Miguel aproveite para desfrutar de um relaxante banho termal e provar o famoso cozido das Furnas. Explore as várias cascatas e os fantásticos trilhos que esta ilha tem para oferecer. Visite a única plantação de chá da Europa e prove o doce ananás cultivado nos Açores.
Explore depois a incrível Ilha do Pico, onde poderá provar o magnífico vinho e caminhar pela imponente Montanha do Pico - a mais alta de Portugal - que no seu interior conserva longas grutas vulcânicas. Nos seus campos de lava estendem-se muros entre os quais nascem as vinhas, consideradas património mundial pela UNESCO.

É desta forma que se apresenta um novo pacote turístico criado por uma agência de viagens, o qual se intitula "Conheça duas das mais procuradas ilhas dos Açores: São Miguel e Pico!". Nele está incluído voo de ida e volta para os Açores (desde Lisboa ou Porto), alojamento em São Miguel e no Pico, bem como a ligação entre estas duas ilhas. Se for considerada a opção mais económica — partida da capital portuguesa e duas noites em cada ilha — este pacote pode ser adquirido desde 289 € por pessoa, o que é bastante atrativo.

No entanto, um pequeno pormenor pode transformar esta ideia, que é muito promissora, num caso insólito. Mais precisamente, seria de esperar que a ligação entre São Miguel e o Pico fosse efetuada num voo interilhas direto ou, em alternativa, num voo com uma pequena escala técnica; dito de outro modo, a ligação entre São Miguel e o Pico deveria durar cerca de uma hora ou, no máximo, 1h45min. Contudo, simulando um dos pacotes mais económicos, é possível constatar que a viagem entre o Aeroporto de Ponta Delgada e o Aeroporto da ilha do Pico dura 7h25min (!), com uma escala intermédia.


Ora bem, e após analisar os detalhes de voo, é possível encontrar a resposta para o porquê de existir esta longa viagem entre ilhas que distam cerca de 300 km uma da outra: a ligação entre São Miguel e o Pico não é efetuada num voo interilhas, mas sim num voo Ponta Delgada / Lisboa, seguido de um voo Lisboa / Pico!


Uma questão se levanta: mas qual a justificação para esta viagem intermédia a Lisboa, aparentemente sem sentido? A verdade é que, por incrível que pareça, existe não uma, mas sim duas justificações razoavelmente válidas:
  • Pode ficar mais barato (mesmo sendo apenas cerca de 4 €) fazer escala em Lisboa do que viajar num voo interilhas entre São Miguel e o Pico;
  • Durante o próximo Inverno IATA, a forma de chegar mais cedo à ilha montanha em qualquer sábado, utilizando apenas o avião, é através do voo proveniente da capital portuguesa (que mesmo assim apenas aterra às 15:25).


Posto isto, independentemente de haver, ou não, razões válidas para que uma viagem entre São Miguel e o Pico tenha de incluir uma escala em Lisboa, demorando assim quase sete vezes mais do que o expectável, daqui resulta que muitos turistas provavelmente não vão aderir a este pacote. Mas soluções para resolver esta situação não faltam: ou aumentam ligeiramente o preço do pacote (5 € bastariam), o que permitiria utilizar um voo interilhas, ou até podem solicitar à SATA que aumente a oferta aérea para ilha o Pico em conformidade, não só para garantir o pleno sucesso deste pacote turístico, mas também para satisfazer a procura crescente que se faz sentir nesta rota em particular.

Por outro lado, os turistas que aceitem as condições atualmente oferecidas por este pacote turístico, nomeadamente os voos de ligação entre São Miguel e o Pico, certamente não irão esquecer as respetivas viagens, bem como depois poderão sempre dizer aos amigos "sabias que para ir de São Miguel ao Pico tive de passar por Lisboa?"

Haja saúde!

Post scriptum: Este artigo foi igualmente publicado na edição n.º 41.010 do 'Diário dos Açores', de 29 de outubro de 2019.

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Concerto com Cantando Admont e ars ad hoc no Museu do Pico


O Museu do Pico, em parceria com a Câmara Municipal das Lajes do Pico, promove no próximo dia 26 de outubro, sábado, no âmbito do Festival de Música dos Açores, um concerto com os agrupamentos Cantando Admont e ars ad hoc.

Promovido pela Associação Cultural Jazzores, e com o apoio do Governo Regional, este concerto apresenta no Auditório do Museu dos Baleeiros um programa elaborado em torno da música do compositor suíço-austríaco Beat Furrer.

Cantando Admont é um agrupamento vocal austríaco, que reúne personalidades vocais distintas, beneficiando das suas singularidades num único e expressivo corpo sonoro. Numa permanente busca de música extraordinária, muitas vezes para lá do que é mais comum ou “mainstream”, o agrupamento Cantando Admont dedica-se à síntese entre a música antiga e a nova música vocal, descobrindo o novo no antigo e experimentando o antigo num contexto atual.

Surgido em 2018, o agrupamento português ars ad hoc cumpre o sonho já antigo de criar um novo espaço para a interpretação e divulgação da música de câmara, com elevados padrões de exigência. Na sua primeira temporada, o ars ad hoc pôs em confronto a música de dois grandes vultos do século XIX - Franz Schubert e Johannes Brahms - com o trabalho de um dos mais interessantes criadores do nosso tempo, o compositor suíço-austríaco Beat Furrer.

Esta noite musical terá o seu início pelas 21h00, com entrada gratuita.

Haja saúde!

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Quarteto Lacerda no Museu dos Baleeiros


O Quarteto Lacerda, fundado em 1990 e um dos mais importantes quartetos de Portugal, volta aos Açores para homenagear o grande compositor açoriano Francisco de Lacerda, que celebra este ano o 150.º aniversário do seu nascimento.

Serão interpretadas as suas 8 Lições em Trio, que representam um solfejo instrumental, pequenas miniaturas cheias de charme, que revelam uma mão sofisticada.

Em 2019, celebram-se também os 210 anos da vida de Joseph Haydn, o denominado pai do quarteto de cordas, razão pela qual será interpretado o último quarteto completo que Haydn compôs, Op. 77 n.º 2 em Fá maior.

A segunda parte do concerto será preenchida pelo quarteto Op. 10 de Debussy, compositor cuja amizade com Francisco de Lacerda viria a influenciar este último, durante a época em que seguia uma carreira como maestro conceituado em França.

Com a participação de Alexandre Stewart (primeiro violino), Regina Aires (segundo violino), Paul Wakabayashi (viola) e Luís André Ferreira (violoncelo), o concerto na ilha montanha terá lugar sexta-feira, 25 de outubro, no Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, com início pelas 21h30 e com entrada livre.

Haja saúde!

terça-feira, 22 de outubro de 2019

Viajando na lancha "Espalamaca" em 1984 (vídeo)


No Youtube é possível encontrar vídeos que permitem viajar no tempo, sendo que neste caso o destino é um passeio de barco nos anos 80 do século passado.

Mais concretamente, José Costa partilhou um vídeo que mostra como era feito o embarque no (velhinho) porto da Madalena, ilha do Pico, em 1984, isto numa viagem na lancha "Espalamaca" com destino à ilha do Faial — de recordar que esta embarcação está em recuperação para fins museológicos, encontrando-se atualmente nos estaleiros de Santo Amaro do Pico.

Poder-se-ia destacar inúmeras coisas, como a construção inacabada do (novo) porto, a empreitada de uma unidade hoteleira, os cestos de vime na proa do barco, etc. No entanto, como imagens valem mais do que mil palavras, nada como ver o vídeo em anexo.

Haja saúde!

domingo, 20 de outubro de 2019

Fórum da vinha e do vinho terá lugar no Pico em 2020


O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou que o Governo dos Açores vai realizar no próximo ano, na ilha do Pico, o primeiro fórum da vinha e do vinho, que juntará produção, transformação, enólogos e comunicação social especializada, com o objetivo de promover a excelência da produção regional.

“Trata-se de um evento que decorrerá de dois em dois anos, juntando todos os agentes do setor da vitivinicultura para promover o vinho e ajudar os produtores a progredir do ponto de vista técnico”, referiu João Ponte, acrescentando que o fórum será desenhado em articulação com várias entidades ligadas a esta área que se queiram associar ao Governo dos Açores, desde logo a Comissão Vitivinícola Regional (CVR), adegas e a Associação Comercial da Ilha do Pico.


[Fonte: GaCS]

Por fim, este anúncio mostra como na ilha montanha é possível organizar eventos de alguma escala relacionados com a vinha e o vinho, comprovando o que foi preconizado no post "O milagre do vinho — a continuação e o futuro":
Muitos ainda podem achar que realizar conferências no Pico sobre vinho é um milagre, mas muitos mais sabem que no futuro, seja mais cedo ou mais tarde, isso será uma realidade!
Haja saúde!

sábado, 19 de outubro de 2019

Construção do Núcleo de Pescas da Madalena adjudicada por mais de um milhão de euros


A Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia adjudicou ontem [18 de outubro de 2019] a obra de melhoria das condições operacionais e de segurança do Núcleo de Pesca do Porto da Madalena, na ilha do Pico, à empresa ETERMAR – Engenharia e Construção, S.A., pelo valor de cerca de 1,2 milhões de euros.

A empreitada prevê a construção de um cais de alagem com 20 metros e de um cais auxiliar com 17 metros, o que aumenta em cerca de 50% a zona acostável para a pesca local, bem como um terrapleno com 1.200 m².

Está ainda prevista a instalação de uma grua de coluna de 16 toneladas, bem como a instalação de redes de água e de eletricidade para apoio das embarcações, assim como a construção de instalações sanitárias para os profissionais da pesca do Porto da Madalena.

Será criada uma zona distinta e delimitada, o que permitirá evitar constrangimentos aos profissionais da pesca.

A construção de um cais de alagem, com uma nova grua de maior capacidade face à existente, vai permitir melhorar as condições de trabalho e de segurança dos profissionais que operam nesta infraestrutura.

A obra, que tem o prazo de execução de um ano, deve arrancar durante o primeiro trimestre do próximo ano, após cumpridos os necessários procedimentos contratuais e o visto prévio do Tribunal de Contas.

Este ano foi lançado um novo procedimento público para esta empreitada, dado que todas as propostas apresentadas no primeiro concurso ficaram acima do preço base estipulado.

[Fonte: GaCS]

Haja saúde!

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Azores Trail Run - Triangle Adventure 2019


De 4 a 6 de outubro de 2019 teve lugar mais uma edição do Azores Trail Run - Triangle Adventure — um evento desportivo de trail running que se disputa em três etapas distribuídas pelas três ilhas do "Triângulo": Pico, São Jorge e Faial.

Como imagens valem mais do que mil palavras, apresenta-se em anexo um resumo vídeo desta prova, sendo que mais informações e fotos, entre outras coisas, podem ser encontradas na respetiva página de Facebook oficial.

Haja saúde!

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Tubarão-baleia beija picaroto


Paulo Afonso, picaroto recordista mundial na caça submarina, teve recentemente uma experiência inesquecível enquanto mergulhava em busca de atum-patudo.

Mais concretamente, este mergulhador foi surpreendido pela curiosidade e confiança de um tubarão-baleia, o qual acabou por lhe dar um beijo, tal como comprova o vídeo em anexo.

Após ser retribuído com uma carícia, o maior peixe do mundo seguiu a sua vida em paz, deixando apenas uma marca na memória do mergulhador picaroto.

Haja saúde!

Post scriptum: Entrevista a Paulo Afonso relativamente a este encontro inesperado com um tubarão-baleia.

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Rali da ilha do Pico 2019


Aqui fica a teaser e o programa do VIII PICO PLAY/AUTOAÇOREANA RALI, o qual estará nas estradas da ilha montanha nos dias 18 e 19 de outubro de 2019.

Trata-se de uma das provas mais emblemáticas dos ralis açorianos, que faz regressar às estradas da ilha do Pico uma competição que ainda não definiu o seu campeão para 2019.

O título ‘joga-se’ entre o líder do campeonato, Luís Miguel Rego, e Rúben Rodrigues, que se encontra na segunda posição, num evento que mais uma vez é organizado pelo Pico Automóvel Clube, e que para além de pontuar para o ‘Regional’ do arquipélago conta também para o Troféu de Ralis de Asfalto dos Açores e para o Troféu de Ralis do Canal.

A prova – que será a última do campeonato açoriano devido ao cancelamento do Lotus Rali – é composta por oito classificativas e tem um total de 196,35 quilómetros, dos quais 74,96 cronometrados. Os dois troféus só completarão cinco especiais e 144,8 quilómetros, dos quais 44,4 cronometrados.

Haja saúde!

Post scriptum: Resumo vídeo do Rali da ilha do Pico 2019.


segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Campanha SOS Cagarro 2019


A Campanha SOS Cagarro 2019 já está em marcha em todas as ilhas açorianas! Esta campanha, que decorre até 15 de novembro, tem como principal objetivo envolver as populações e entidades no salvamento dos cagarros juvenis encontrados junto às estradas e na sua proximidade.

O cagarro é a ave marinha mais icónica dos Açores, com um estatuto de conservação reconhecido internacionalmente. Esta é uma ave procelariforme migratória (ou seja, que habita o oceano aberto), sendo também a ave marinha mais abundante no arquipélago. Aliás, é nas ilhas açorianas que se encontra a maior concentração mundial de cagarros (cerca de 75% da população mundial desta espécie Calonectris borealis nidifica nos Açores).

Sabia que todos os anos, por volta de março, os cagarros regressam à mesma ilha e ao mesmo ninho onde se reproduziram pela primeira vez? O parceiro é sempre o mesmo todos os anos e os rituais de reconhecimento e acasalamento são complexos. As crias nascem em maio, sendo que em outubro abandonam os ninhos rumo ao mar. Estas só regressam para se reproduzir passados 5 anos.

A conduta a seguir para o salvamento de um cagarro juvenil encontrado é:
  1. Aproximar-se lentamente da ave (de preferência por trás), para não a assustar;
  2. Com calma e segurança, cobrir o corpo do cagarro com um casaco, toalha ou manta;
  3. Sem magoar a ave, segurá-la pelo pescoço e pela cauda, de modo a envolver todo o seu corpo;
  4. Com cuidado, colocar o cagarro numa caixa de cartão (de preferência com furos para permitir a ventilação) e mantê-lo dentro da caixa durante a noite, em local tranquilo e escuro;
  5. Libertar a ave na manhã seguinte, junto ao mar, pousando-a com cuidado no chão (não se preocupe se o cagarro levar algum tempo a reagir e a voar para o mar, pois ele continuará a sua viagem quando se sentir preparado).
É possível, ainda, registar online o salvamento de um cagarro, bem como acompanhar um contador de quantos cagarros já foram salvos este ano — para isso basta aceder a http://soscagarro.azores.gov.pt

Este ano salve um cagarro. Faça um amigo!

Haja saúde!



Alguns recursos da Campanha SOS Cagarro [lista completa]

Canção "O Cagarro" [letra]:



Exemplo de salvamento de um cagarro

sábado, 12 de outubro de 2019

Crónicas da ilha


No seguimento de um convite formulado pela Rádio Pico, passei a colaborar com esta estação no programa 'Manhãs na ilha', de Jorge Terra, mais precisamente na rubrica 'Crónicas da ilha'.

Assim, todas as 6.ª-feiras, pelas 9h30 [hora dos Açores], falarei sobre o Pico e sobre a visão que tem um picaroto que passa bastante tempo longe da ilha montanha, mas que a tem sempre presente.

Na medida do possível, tentarei que os temas abordados em cada crónica também estejam, de algum modo, representados neste blog, de forma a que ambas as formas de divulgação (radiofónica e escrita) se interliguem.

Para quem não conseguir ouvir em direto cada crónica semanal — por exemplo, via transmissão online em www.radiopico.com — a mesma estará disponível durante uma semana no site da Rádio Pico (tal como as outras crónicas do restante painel), bem como será criado um repositório em anexo a este post.

Haja saúde!

Crónica de 11 de outubro de 2019
Curiosidades sobre a geografia do Pico, entre outras


Crónica de 18 de outubro de 2019
Presença da ilha montanha pelo mundo


Crónica de 25 de outubro de 2019
Efeitos do Inverno IATA 2019/2020 na ilha do Pico


Crónica de 08 de novembro de 2019
Nossa Senhora do Livramento e 10 de novembro em São Roque do Pico


Crónica de 15 de novembro de 2019
Maravilhas e Capitais da ilha montanha

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Propostas vencedoras do Orçamento Participativo dos Açores 2019


São 39 as ideias vencedoras da segunda edição do Orçamento Participativo dos Açores: duas da Graciosa, três de Santa Maria, três de São Jorge, três do Faial, três das Flores, quatro do Pico, quatro do Corvo, seis de São Miguel e sete da Terceira, bem como quatro de âmbito regional.

Face à elevada participação dos cidadãos e à qualidade das propostas apresentadas, o Governo Regional dos Açores decidiu reforçar a verba do Orçamento Participativo dos Açores 2019, de forma a que sejam concretizadas um maior número de propostas mais votadas pelos açorianos. Assim, serão investidos cerca de 1,2 milhões euros no âmbito deste segundo orçamento participativo de âmbito regional.

As propostas vencedoras foram dadas a conhecer numa sessão pública realizada em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, no dia 10 de outubro de 2019, sessão essa onde foram os próprios promotores dos projetos vencedores a apresentar as suas ideias.

À semelhança da primeira edição deste orçamento participativo, todos os cidadãos interessados podem, a partir de agora, conhecer e acompanhar a execução dos projetos vencedores através do seguinte endereço eletrónico: https://op.azores.gov.pt/

A lista completa das propostas vencedoras pode ser encontrada clicando aqui, sendo que aquelas referentes à ilha do Pico são:

Haja saúde!



quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Arqueólogos querem resolver mistério das estruturas piramidais da ilha do Pico


A Associação Portuguesa de Investigação Arqueológica (APIA) desenvolve há seis anos um estudo nas estruturas piramidais [os maroiços] da ilha do Pico, nos Açores.

As sondagens arqueológicas indicam que as cerca de 80 estruturas já existiam entre 1450 e 1500, antes da chegada dos portugueses ao Açores.

Pela tipologia arquitectural tratar-se-á de estruturas funerárias, aponta o arqueólogo português Nuno Ribeiro.

Durante as sondagens, autorizadas pelo Governo Regional dos Açores, os investigadores encontraram, por exemplo, pontas de metal, ossos, conchas, carvões, o que leva a crer que se trata de um local de culto.


[Fonte texto e áudio: RFI | link para o estudo supramencionado]

Haja saúde!