segunda-feira, 18 de março de 2019

Cais Agosto 2019


Entre 24 e 28 de julho de 2019 decorre a XXV edição do festival "Cais Agosto", as maiores festas do concelho de São Roque do Pico.

Para além do XIV Festival de Bandas Filarmónicas da ilha do Pico, os cabeças de cartaz são:
  • Jimmy P (quinta-feira, 25 de julho);
  • The Black Mamba (sexta-feira, 26 de julho);
  • Amor Electro (sábado, 27 de julho);
  • Fernando Daniel (domingo, 28 de julho).

Enquanto não chegam mais novidades, nada como ficar com o aftermovie [em anexo] do "Cais Agosto 2018".

Haja saúde!

[Nota: Este post irá sendo atualizado à medida que forem surgindo mais informações relacionadas com este evento (última atualização: 18 de março de 2019). Consulte também o Facebook oficial do festival "Cais Agosto".]

Haja saúde!


sábado, 16 de março de 2019

As ilhas do "Triângulo" — Pico, Faial e São Jorge


Como imagens valem mais do que mil palavras, aqui fica um fantástico vídeo de promoção do "Triângulo" — Pico, Faial e São Jorge — expoente máximo da sensação de arquipélago nos Açores: ilhas com paisagens e culturas diferentes, mas que se avistam entre si todos os dias.

Assim, visitar o "Triângulo" é embarcar numa aventura inesquecível, onde ao alcance de uma viagem estão três magníficas ilhas.

Haja saúde!


Post scriptum: apresenta-se, de seguida, um poema enviado por Rosa Silva relativo à temática deste post - muito obrigado!

"Cais do Pico" é um ângulo
Com temas no seu alforge
Vem nos mostrar o Triângulo
Pico, Faial e S. Jorge. 
Ficamos a admirar
Toda a sua destreza
Inquietos por visitar
Tanta vida com beleza. 
Lá na terra do meu pai
Que tanta saudade tenho
Da minha mente não sai
Fixei bem o seu desenho. 
Santo Amaro vai à proa
Do barco lá construído
S. Jorge, santa pessoa,
A seu lado vai destemido. 
No veleiro atracado
Alguém visita o Faial
Deixa o marco desenhado
Pra nada lhe fazer mal. 
São três ilhas, três amores,
São três cais de maravilhas,
Trio dos nossos Açores
Que do mar são redondilhas.

Rosa Silva ("Azoriana")

sexta-feira, 15 de março de 2019

Orçamento Participativo dos Açores 2019


O Orçamento Participativo dos Açores é um mecanismo de democracia participativa, que dá aos cidadãos a oportunidade de fazer a diferença nas ilhas açorianas, nomeadamente através da participação na decisão sobre os investimentos públicos em diferentes áreas de governação.

Nesta segunda edição deste tipo de iniciativa por parte do Governo dos Açores, as pessoas podem decidir como investir 1.000.000 € (um milhão de euros) nas áreas do Ambiente, Cultura, Inclusão Social, Juventude e Turismo, quer na apresentação de antepropostas de investimento para as ilhas dos Açores, quer na escolha, através do voto, das propostas a implementar.

Além disso, podem ser apresentadas ideias para cada ilha ou abrangendo duas ou mais ilhas (de forma equitativa). No entanto, existem dotações separadas quer para as propostas de âmbito ilha, quer para as propostas de âmbito regional, de forma a assegurar a existência de projetos vencedores em todas as ilhas.

Assim, a repartição da verba total (que segue uma fórmula que tem em consideração um mínimo por ilha, a população residente, a área e o investimento público orçamentado para o ano económico anterior) é a seguinte:
  • 44.000 € para Santa Maria;
  • 276.000 € para São Miguel;
  • 147.000 € para a Terceira;
  • 40.000 € para a Graciosa;
  • 65.000 € para São Jorge;
  • 88.000 € para o Pico;
  • 68.000 € para o Faial;
  • 45.000 € para as Flores;
  • 27.000 € para o Corvo;
  • 200.000 € para propostas de âmbito regional.
Nota: ao valor do Orçamento Participativo dos Açores Açores destinado a projetos de âmbito ilha devem ser consignados 20% a projetos da área da juventude.

Podem participar no Orçamento Participativo dos Açores todos os cidadãos com idade igual ou superior a 18 anos, nacionais ou estrangeiros residentes em Portugal — estes são convidados a apresentar quantas antepropostas pretenderem às áreas temáticas do Ambiente, Cultura, Inclusão Social e Turismo. Adicionalmente, os jovens com idade compreendida entre os 14 e os 30 anos, inclusive, podem apresentar antepropostas aos seguintes temas da Juventude: Cidadania e Hábitos de Vida Saudável.

O Orçamento Participativo dos Açores tem duas fases principais: a fase de apresentação das antepropostas e a fase de votação das propostas:
  • A fase de apresentação das antepropostas tem lugar entre fevereiro e abril de 2019, podendo as antepropostas ser apresentadas presencialmente nos Encontros Participativos, a ter lugar em todas as ilhas, ou submetidas online, através da plataforma eletrónica do Orçamento Participativo dos Açores, disponível em op.azores.gov.pt
  • A fase de votação realiza-se entre julho e setembro de 2019, através da plataforma eletrónica do Orçamento Participativo dos Açores ou através de SMS. Todos os cidadãos terão direito a um voto.

Informações adicionais e esclarecimento de dúvidas sobre o Orçamento Participativo dos Açores podem ser obtidos através dos seguintes meios:
  • E-mail — op@azores.gov.pt
  • Linha Verde de Apoio ao Cidadão do Governo Regional dos Açores — 800 500 501
  • Site do Orçamento Participativo dos Açores — op.azores.gov.pt

Destaque final para os encontros participativos a terem lugar na ilha montanha:
  • 19 de março — 11:50 — Escola BS da Madalena;
  • 19 de março — 18:00 — Escola BS da Madalena;
  • 20 de março — 14:30 — Escola BS de São Roque do Pico;
  • 20 de março — 18:00 — Escola BS de São Roque do Pico;
  • 21 de março — 10:30 — Escola BS das Lajes do Pico;
  • 21 de março — 18:00 — Escola BS das Lajes do Pico.

Haja saúde!


quarta-feira, 13 de março de 2019

Solum — filme rodado nos Açores


Uma ilha inabitada é usada como cenário para um aparente Reality Show de sobrevivência intitulado de “SOLUM”. 8 Concorrentes, deixados num ambiente inóspito e isolado, levam consigo apenas alguns objectos da sua escolha. O propósito!? O último a desistir vence o concurso, e o prémio final. Contudo, Sarah, médica, magoa-se, e é a primeira a querer desistir, mas morre ao tentar fazê-lo. Liam, obstinado, tem apenas um propósito: acabar com toda a competição. Carol parece sonhar com uma realidade paralela. Paul, sabe toda a verdade, mas nada faz para impedir o que agora parece inevitável para todos.... A sobrevivência não é mais um show, é Real… A ilha não é uma ilha, e muito menos um programa de televisão. A verdade é muito mais do que eles imaginam. O planeta está num estado insustentável, seco, queimado e destruído, Solum é a escolha dos humanos que restam na terra. Porém sobre critério obtuso e misterioso. Desenrolando-se toda a ação sobre o olhar atento do que aparenta ser o único ocupante de uma misteriosa nave que orbita a Terra. Será ele a única esperança da raça humana, ou a razão da sua destruição?

Esta é a sinopse do filme "Solum" [trailer em anexo], um thriller de ficção científica de Diogo Morgado que foi rodado nos Açores e que tem estreia marcada para o dia 1 de maio de 2019.

Haja saúde!



terça-feira, 12 de março de 2019

Expedição Oceano Azul aos Açores


A Fundação Oceano Azul, em parceria com a Waitt Foundation e a National Geographic, realizou uma expedição científica aos Açores focada na conservação marinha destas ilhas. O objetivo desta expedição foi a recolha de informação de forma a compreendermos melhor as necessidades e opções de conservação deste ecossistema único.

Esta foi a primeira expedição científica no mar dos Açores organizada por entidades portuguesas, a qual abordou sobretudo as águas que rodeiam as ilhas do Pico, Faial, Flores e Corvo, bem como montes submarinos.

O ponto alto desta expedição foi a descoberta de um novo campo hidrotermal, momento esse descrito pelos investigadores como sendo equivalente a "explorar os Himalaias e descobrir o monte Evereste".

Esta expedição científica também contribuiu para que sejam criados 150 mil quilómetros quadrados de novas áreas marinhas protegidas nos Açores.

Em anexo apresentam-se alguns vídeos sobre esta expedição, os quais contém imagens magníficas dos mares açorianos.

Haja saúde!




segunda-feira, 11 de março de 2019

Escolas do Pico distinguidas com selo 'Escola Amiga da Criança' 2017/2018


Foram duas as escolas da ilha montanha que viram os seus projetos distinguidos com o selo 'Escola Amiga da Criança', na primeira edição desta iniciativa da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), da LeYa e do psicólogo Eduardo Sá.

Mais concretamente, as escolas distinguidas foram (detalhes dos projetos em anexo):
  • EB/S de São Roque do Pico, na categoria de alimentação, higiene e ambiente, com o projeto 'Pasteleiros Criativos';
  • EB 12/JI da Ponta da Ilha, na categoria envolvimento da família e comunidade educativa, com o projeto 'Feira de Natal'.

Esta iniciativa visa distinguir “escolas que concebem e concretizem ideias para um desenvolvimento mais feliz da criança no ambiente escolar”. Nos Açores, outras 7 escolas foram também distinguidas com este galardão.

Até ao próximo dia 5 de abril de 2019, direções, professores, pais e alunos de escolas podem candidatar-se à segunda edição desta iniciativa que reconhece, partilha e estimula projetos educativos nas seguintes categorias: alimentação, saúde e ambiente; cidadania, e/ou inclusão; digital; envolvimento família/comunidade; espaços escolares; segurança; e atividades extracurriculares e/ou interdisciplinares.

As candidaturas podem ser submetidas online através do seguinte site:
www.leyaeducacao.com/escolaamigadacrianca/

Refira-se que o vencedor do projeto ganha cinco mil euros em livros LeYa e o projeto distinguido em cada categoria ganha 500 euros também em livros LeYa para as bibliotecas das escolas e ainda a distinção/selo para todas as escolas cujos projetos se distingam.

Haja saúde!

Projetos distinguidos com selo 'Escola Amiga da Criança' 2017/2018 na ilha do Pico:

  • Pasteleiros criativos > EB/S de São Roque do Pico
Iniciativa que prevê a participação dos alunos numa oficina de pastelaria/culinária. Aí são confecio- nadas bolachas que são vendidas a toda a comunidade escolar; com os valores das vendas são ad- quiridos alimentos destinados a refeições ligeiras feitas na oficina. Esta iniciativa visa proporcionar aprendizagens em contexto real, com vista ao desenvolvimento pessoal e social dos alunos.

  • Feira de Natal > EB 1,2/JI da Ponta da Ilha
Organização de uma Feira de Natal, envolvendo família e comunidade, sob o lema da sensibilização para a reutilização de materiais. Nesta Feira vendem-se trabalhos elaborados por alunos e por pais, revertendo o lucro para a aquisição de recursos escolares (por exemplo, estantes para a biblioteca).

domingo, 10 de março de 2019

Universidade dos Açores aponta soluções para o problema das algas no Porto da Madalena


O estudo do Departamento de Oceanografia e Pescas, datado de junho de 2018, aponta para duas possibilidades para mitigar o problema da acumulação de algas no Porto da Madalena: a intensificação da remoção artificial das algas soltas e a facilitação da sua saída natural, fazendo uma abertura significativa na extremidade sul do contra-molhe.

A empresa Portos dos Açores não descarta as soluções avançadas mas diz que vai aguardar por mais um estudo, encomendado a uma empresa da especialidade, para decidir o que fazer.

Recorde-se que a acumulação de algas no interior deste porto provoca maus cheiros.

[Fonte: RTP-Açores | link para relatório deste estudo]

Haja saúde!


sábado, 9 de março de 2019

Campeonato de Futebol dos Açores 2018/2019 — Liga Salsiçor — 2.ª Fase


Neste fim de semana, 9 e 10 de março de 2019, tem início a 2.ª fase do Campeonato de Futebol dos Açores 2018/2019 — Liga Salsiçor. Esta fase é composta por dois grupos, "Apuramento do Campeão" e "Manutenção/Descida", sendo que no primeiro as equipas lutam pela promoção ao escalão superior, enquanto que no segundo os clubes lutam pela manutenção.

A representar a ilha do Pico encontra-se o Vitória Futebol Clube, clube sediado na vila de São Roque do Pico.

O calendário e os resultados desta prova podem ser encontrados no seguinte link: Campeonato de Futebol dos Açores 2018/2019 — Liga Salsiçor.

Haja saúde!

sexta-feira, 8 de março de 2019

A Loucura de Rosa A.


O Museu do Pico apresenta hoje, dia 8 de março, o filme "A Loucura de Rosa A.", de Guilherme (Bill) Moniz, um picoense a residir no Canadá, que se tem destacado ao longo da vida na produção da ficção histórica em torno da cultura açoriana e da diáspora.

A "Loucura de Rosa A.", gravado na ilha do Pico e com atores locais, debruça-se sobre o imaginário cultural da ilha, nos finais do séc. XIX, princípios do séc. XX, centrando-se no papel e na condição da mulher nas sociedades rurais açorianas. A personagem Rosa, nas palavras do realizador, "era uma mulher simples e complexa, frágil e resistente, terna e intocável. Tinha pensamentos que só ela os sabia, segredos que só ela alimentava, e por isso lhe chamavam louca."

Para além da exibição do filme, haverá ainda uma comunicação a cargo do Pólo Local de Prevenção e Combate à Violência Doméstica da Ilha do Pico, de acordo com a temática.

Este evento, que surge no âmbito da Estratégia de Combate à Pobreza e Exclusão Social, pretende, deste modo, assinalar o Dia Internacional da Mulher.

A sessão será pelas 21:00h, no Auditório do Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico.

Haja saúde!


quinta-feira, 7 de março de 2019

As 19 melhores fotografia de neve nos Açores


O website Agenda dos Açores, no âmbito da coletânea Top Azores, reuniu um conjunto das fotografias mais bonitas de neve nos Açores, o qual pode ser encontrado clicando neste link.

O blog 'Cais do Pico' orgulha-se de integrar esta lista, nomeadamente com uma fotografia tirada a bordo de um avião que sobrevoava a ilha do Pico no dia 10 de março de 2014, onde é possível observar a respetiva montanha coberta de neve — dito de outra forma, corresponde à foto que integra este post.

Haja saúde!

quarta-feira, 6 de março de 2019

Radar da PSP no Pico — março 2019


Segundo a PSP, neste mês de março de 2019 serão efetuadas algumas operações de controlo de velocidade por radar na ilha do Pico, nomeadamente em:

  • 7 de março (quinta-feira) / 08h00 / Silveira (Lajes do Pico);
  • 21 de março (quinta-feira) / 08h00 / São Roque do Pico.

Haja saúde!

terça-feira, 5 de março de 2019

Escala de navios de mercadorias no Porto do Cais do Pico — março 2019


A Transinsular publicou no seu site a escala para o mês de março de 2019 dos navios de carga que efetuam a ligação Continente - Açores (clique na tabela seguinte para conhecer esta escala).


Os navios e as datas em que os mesmos vão visitar o Porto do Cais do Pico, na vila de São Roque do Pico, encontram-se indicados na tabela seguinte (clicando no nome do navio abre uma nova janela com a localização atual do mesmo).

DiaNavio
07 de março (quinta-feira)Corvo
14 de março (quinta-feira)Ponta do Sol
21 de março (quinta-feira)Corvo
21 de março (quinta-feira)Insular
27 de março (quarta-feira)Ponta do Sol

Previsão de entradas e saídas de navios - Porto do Cais do Pico: Todas estas informações encontram-se igualmente disponíveis no separador "Barcos" deste blog.

Haja saúde!

segunda-feira, 4 de março de 2019

Roçando a montanha do Pico


Recentemente, a Força Aérea Portuguesa teve de se deslocar por entre as ilhas do "Triângulo". Nessa viagem, efetuada por um Falcon 50 da Esquadra 504 - 'Linces', foi necessário contornar a montanha da ilha do Pico, efetuando um voo muito próximo da mesma e cujo registo vídeo deu origem a imagens fantásticas, as quais se apresentam em anexo.

Haja saúde!

domingo, 3 de março de 2019

Eis um excelente exemplo de preocupação com o futuro


No arquipélago dos Açores, a fauna de lapas sempre foi uma constante na alimentação da população e atualmente uma oferta diferenciada da gastronomia açoriana — sejam grelhadas ou mesmo cruas, as lapas são uma iguaria com elevado valor económico, sendo muito importante a sua preservação.

Preocupados com a sobrevivência desta espécie, os apanhadores de lapas da ilha do Pico querem uma maior proteção para salvaguardar os stocks. Mais concretamente, estes profissionais propõem alargar o período de defeso até ao final de maio [áudio da notícia da Antena 1 Açores em anexo].

Recorde-se que a atual legislação impõe que as lapas só possam ser apanhadas entre 1 de maio e 30 de setembro — informação mais detalhada disponível nos seguintes links:

Não deixa de ser notável esta sugestão dos apanhadores de lapas do Pico: medidas mais restritivas são pedidas por aqueles que, a curto prazo, seriam dos principais prejudicados pelas mesmas; contudo, a médio/longo prazo, todos sairiam a ganhar.

Assim, esta proposta dos apanhadores de lapas do Pico constitui um excelente exemplo de preocupação com o futuro, a qual merece ser enaltecida e valorizada.

Haja saúde!


(Reportagem Antena 1 Açores)

sábado, 2 de março de 2019

Desfiles de Carnaval no Pico 2019


É Carnaval, ninguém leva a mal!

Por esta mesma razão, aqui ficam alguns registos dos desfiles carnavalescos realizados na ilha montanha neste Entrudo de 2019.

Haja saúde!



O tradicional desfile de Carnaval da Escola Básica e Secundária da Madalena encheu de cor e alegria as principais...
Posted by Câmara Municipal da Madalena on Friday, March 1, 2019


A Escola Básica e Secundária das Lajes do Pico, cumprindo a tradição anual, promoveu o seu desfile de carnaval, no qual percorreu as ruas da Vila das Lajes do Pico.

Posted by Município das Lajes do Pico on Monday, March 4, 2019


As crianças da Escola da Ponta da Ilha celebraram a chegada do carnaval vestidas a rigor.

Posted by Município das Lajes do Pico on Monday, March 4, 2019


Posted by Álvaro Lopes Photography on Sunday, March 10, 2019

























sexta-feira, 1 de março de 2019

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Pico, a vertiginosa ilha montanha

Ver o Pico com olhos de ver é deixarmo-nos entregar à telúrica intensidade da mãe natureza da ilha, que se expressa no verde dos muitos matos, na vertigem da montanha parda, na presença constante do mar azul metal, no negrume forte da rocha basáltica, no mergulho da volumosa cauda da baleia, no choro do vinho nos lábios... Ainda, é ter nuvens aos pés e tocar o céu.
Eis um excerto de um artigo de opinião da autoria de João Gago da Câmara e escrito no âmbito da crónica "Paralelo 38", a qual é parte integrante da revista 'Visão' — link para texto completo.

Haja saúde!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Evolução dos projetos do Orçamento Participativo dos Açores 2018


No âmbito do primeiro Orçamento Participativo dos Açores, 29 ideias foram escolhidas para serem implementadas: 2 em Santa Maria, 6 em São Miguel, 5 na Terceira, 2 na Graciosa, 3 em São Jorge, 4 no Pico, 2 no Faial, 3 nas Flores e 2 no Corvo.

Todos os cidadãos interessados podem conhecer e acompanhar a execução dos projetos vencedores através do seguinte endereço eletrónico: https://op.azores.gov.pt/projetos/todos

No caso concreto da ilha do Pico, o acompanhamento da evolução dos projetos associados ao Orçamento Participativo dos Açores 2018 pode ser feito clicando nos seguintes links:

Haja saúde!

Audioguias no Museu da Indústria Baleeira e espaços envolventes

Trilho da Montanha

Quebra-cabeças!

Keeping up with the WiFi

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Croché do Pico em destaque numa retrospetiva da obra de Joana Vasconcelos


Até 24 de junho de 2019, a Fundação de Serralves, na cidade do Porto, apresenta "I’m Your Mirror", uma retrospetiva da obra de Joana Vasconcelos que assinala o seu regresso ao Museu onde expôs em 2000. A mostra reúne mais de trinta trabalhos produzidos entre 1997 e a atualidade.

Entre as peças em exposição estão vários animais em cerâmica desenhados por Rafael Bordalo Pinheiro e revestidos de croché essencialmente proveniente da ilha do Pico.

Joana Vasconcelos já levou as rendas do Pico além-fronteiras. Em concreto, estas rendas estiveram em exposição no Palácio de Versalhes, em França; além de Versalhes, a artista também já usou este tipo de artesanato açoriano em várias exposições.

Haja saúde!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Ribeiras e piscinas temporárias, eis as marcas deixadas por "Kyllian" no Pico


A depressão "Kyllian" já deixou os Açores, mas deixou algumas marcas da sua passagem. No caso concreto da ilha do Pico, durante o passado sábado (23 de fevereiro de 2019) houve inúmeras ribeiras e piscinas temporárias causadas pela chuva, bem como o mar galgou várias zonas costeiras.

Aqui ficam alguns registos para memória futura, sendo que é de ressalvar que os estragos não foram maiores porque os açorianos, em geral, e os picarotos, em particular, estão habituados e sabem bem lidar com estas tempestades — por essa mesma razão, eis um bom exemplo de como a prevenção vale sempre a pena.

Haja saúde!

[Artigos relacionados: Depressão Kyllian provoca estragos no Concelho da Madalena | Depressão Kyllian interditou a circulação automóvel nos caminhos rurais da Santa e da Lomba em São Mateus | Governo dos Açores está a trabalhar para reabrir caminhos agrícolas no Pico]










domingo, 24 de fevereiro de 2019

Neve nos Açores


No passado dia 21 de fevereiro de 2019, um fenómeno meteorológico pouco habitual levou a que inúmeras zonas do arquipélago açoriano ficassem cobertas de neve, com destaque para as zonas altas do Corvo e das Flores.

Mais habituada a cobrir-se de branco, a montanha do Pico também não escapou a este nevão.

De forma a perpetuar este acontecimento, apresenta-se, em anexo, alguns registos visuais desta queda de neve nos Açores.

Haja saúde!

Post scriptum: Adicionados registos de neve na montanha do Pico no dia 26 de fevereiro de 2019.




































sábado, 23 de fevereiro de 2019

Siga aqui a depressão "Kyllian"


Depois da "Júlia", o arquipélago açoriano volta a ser afetado pelo mau tempo num espaço de poucos dias. Mais concretamente, a depressão "Kyllian" vai passar ao largo dos Açores neste fim de semana (23 e 24 de fevereiro de 2019), afetando com maior intensidade o grupo Ocidental (Flores e Corvo), mas também o grupo Central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) e o grupo Oriental (Santa Maria e São Miguel).

A passagem da "Kyllian" levou a proteção civil açoriana a emitir vários alertas, incluindo para a zona onde se insere a ilha do Pico, devido à previsão de ventos fortes, precipitação elevada e altura significativa de ondas. Mais precisamente, são esperados ventos que podem ultrapassar os 130 km/h e ondas que poderão chegar aos 20 metros.

Por esta razão, aconselha-se a população em geral a afastar-se das zonas costeiras, bem como a tomada das necessárias medidas gerais de precaução relativamente à precipitação e ventos fortes. Além disso, as ligações aéreas poderão ser afetadas, bem como a Atlânticoline poderá cancelar algumas viagens marítimas de transporte de passageiros previstas para estes dias [link para comunicados].

Para quem quiser seguir estes fenómenos meteorológicos, sugere-se que se observem as webcams disponíveis no site SPOTAZORES [www.spotazores.com], onde é possível observar em direto vários pontos de todas as ilhas do arquipélago [em anexo apresentam-se as imagens relativas à ilha do Pico]. Adicionalmente, as previsões dos efeitos do movimento da depressão "Kyllian" podem ser encontradas em vários sites, tais como o Windyty [www.windyty.com — animação da previsão da precipitação e do vento em anexo], o Dark Sky Maps [maps.darksky.net — previsão da precipitação em anexo] ou o IPMA [www.ipma.pt — exemplo de imagem satélite em anexo].

Haja saúde!

Post scriptum: Ribeiras e piscinas temporárias, eis as marcas deixadas por "Kyllian" no Pico





São Roque do Pico



Lajes do Pico



Madalena


Fonte: IPMA

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Governo dos Açores encomenda estudo para ampliação da pista do aeroporto do Pico


O Presidente do Governo Regional dos Açores deu orientações à Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas para proceder às diligências necessárias para a realização de uma avaliação das condições de operacionalidade do Aeroporto da ilha do Pico. Mais concretamente, manda saber das possíveis soluções para a resolução de questões de ordem técnica e operacional que condicionem ou impeçam a plena utilização do aeroporto do Pico, incluindo a ampliação da sua pista.

A notícia avançada pela Antena 1 Açores [áudio em anexo] adianta ainda que Vasco Cordeiro quer que o estudo técnico a elaborar contemple um diagnóstico dos constrangimentos técnicos e operacionais à operação da aviação comercial; um histórico e uma possível previsão do impacto das atuais condições de operação de aeronaves nomeadamente em termos de cancelamentos, atrasos ou desvio de voos comerciais inicialmente a ele destinados.

O Presidente do Governo Regional dos Açores quer ainda resposta sobre o custo/benefício de cada uma das soluções apresentadas e quer saber também das possíveis fontes de financiamento para as diferentes soluções propostas, incluindo a disponibilidade de fundos ao abrigo do actual e próximo Quadro Comunitário de Apoio.

Este é um momento histórico para a ilha montanha e para os picarotos, que veem uma justa reivindicação tomar uma nova "rota" e cujo "destino final" se afigura de enorme regozijo. Por outro lado, não só o "Triângulo" (São Jorge, Pico e Faial), em particular, mas também todo o arquipélago, em geral, sairá beneficiado.

Uma nota final para uma constatação factual: em setembro de 2016, os promotores da petição pública "Pelo aumento das condições de operacionalidade do Aeroporto da ilha do Pico" identificaram que esta infraestrutura aeroportuária (a maior que é totalmente detida pela Região) beneficiaria, e muito, se a sua pista fosse aumentada e se nela fosse implementado o grooving; atendendo a que o grooving tornou-se uma realidade em agosto de 2018 e atendendo a este estudo agora encomendado para ampliação da pista, comprova-se que o trabalho de identificação das condicionantes do Aeroporto da ilha do Pico estava correto.

Por outras palavras, a petição em causa "levantou voo" rumo ao parlamento açoriano com o desejo de trazer de volta duas importantes melhorias para a infraestrutura aeroportuária da ilha montanha; uma delas — o grooving — já "aterrou" e já "desembarcou"; a outra recebeu agora um "pedido de reserva", ficando assim mais próxima a tomada da "decisão de embarque" do aumento da pista do aeroporto do Pico!

Em suma, o enorme apoio das pessoas que assinaram a petição supramencionada, bem como a união pública demonstrada, incluindo as vertentes empresarial e política, contribuíram fortemente para mais este sucesso alcançado por esta petição — este foi e é um magnífico exemplo de cidadania construtiva por parte de todos os intervenientes e, por isso, estamos todos de parabéns!

Haja saúde!

Post scriptum: Adicionado um vídeo relativo a uma reportagem da RTP-Açores, onde é possível ouvir as declarações de Vasco Cordeiro sobre este assunto, bem como outro vídeo que relata a reação da Associação de Municípios da Ilha do Pico (AMIP).



Esboço de uma possível futura ampliação do Aeroporto da ilha do Pico, orçada em cerca de 15 milhões de euros, e que permite atingir os objetivos propostos pela petição supramencionada (extraído do parecer técnico da SATA enviado à Comissão de Economia da ALRAA).


quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Prémio Nacional de Paisagem 2018 distingue vinha do Pico


A Paisagem da Cultura da Vinha na ilha do Pico recebeu oficialmente esta quarta-feira [20 de fevereiro de 2019] o Prémio Nacional da Paisagem 2018, que distinguiu os esforços para a sua preservação e lhe abre a possibilidade de ser distinguido a nível europeu.

O prémio, atribuído pelo Ministério do Ambiente entre 27 candidaturas, não tem valor pecuniário, mas permite a esta paisagem açoriana concorrer ao Prémio Europeu da Paisagem.

A nível nacional é assinalado o esforço do governo regional açoriano na transformação de um "território remoto em acentuado declínio", que desde 1996 tem conseguido aumentar a produção de vinho do Pico e aumentar o número de visitantes, segundo o ministério do Ambiente.

Foram recuperados mais de 400 hectares de vinha que estava abandonada, recuperadas ruínas e abriu-se um centro de interpretação e um museu que, em 2017, receberam mais de 20 mil visitantes.

A consagração desta paisagem como Património Mundial da UNESCO, em 2004, foi conseguida também graças a esta política, refere o ministério.

[Fonte: Lusa | Em anexo: palavras do júri e vídeo de apresentação desta candidatura.]

Haja saúde!

A classificação em primeiro lugar desta candidatura traduz o consenso do júri justificada pela qualidade da sua apresentação e pela relevância do seu conteúdo, que responde diretamente aos objetivos do Prémio, bem como à filosofia subjacente aos critérios de seleção e avaliação constantes do seu Regulamento. É um exemplo claro de uma correta implementação da Convenção Europeia da Paisagem, da Política Nacional de Arquitetura e da Paisagem e da Política de Ordenamento do Território.
O reconhecimento da especificidade desta paisagem, derivada da adaptação da população, ao longo dos tempos, a um território com recursos escassos, conferindo-lhe uma identidade própria, tanto paisagística como cultural e social, tornou-se um fator de desenvolvimento, que contribui simultaneamente para a melhoria da qualidade de vida da população.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Siga aqui a depressão "Júlia"


A depressão "Júlia" vai passar entre hoje e amanhã (20 e 21 de fevereiro de 2019) ao largo do arquipélago dos Açores, afetando com maior intensidade o grupo Ocidental (Flores e Corvo) e o grupo Central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial).

A passagem da "Júlia" levou a proteção civil açoriana a emitir vários alertas, incluindo para a zona onde se insere a ilha do Pico, devido à previsão de ventos fortes, precipitação elevada e altura significativa de ondas. Mais precisamente, são esperados ventos acima dos 100 km/h e ondas a rondar os 7 metros de altura.

Por esta razão, aconselha-se a população em geral a afastar-se das zonas costeiras, especialmente nas localidades situadas a norte e oeste, bem como a tomada das necessárias medidas gerais de precaução relativamente à precipitação e ventos fortes. Além disso, a Atlânticoline poderá cancelar algumas viagens marítimas de transporte de passageiros previstas para estes dias [link para comunicados].

Segundo o site Luso Meteo, espera-se ainda um episódio de queda de neve algo raro/invulgar, com possibilidade de neve no Corvo e nas Flores em altitudes a rondar os 200 a 400 m, e no grupo Central entre 500 a 700 m, sendo que no grupo Oriental a neve só deve cair acima de 900/1000 m.

Prevê-se que o tempo tenha melhoria a partir de quinta-feira, dia 21 fevereiro, voltando a sofrer novo agravamento no próximo sábado, dia 23 de fevereiro.

Para quem quiser seguir estes fenómenos meteorológicos, sugere-se que se observem as webcams disponíveis no site SPOTAZORES [www.spotazores.com], onde é possível observar em direto vários pontos de todas as ilhas do arquipélago [em anexo apresentam-se as imagens relativas à ilha do Pico]. Adicionalmente, as previsões dos efeitos do movimento da depressão "Júlia" podem ser encontradas em vários sites, tais como o Windyty [www.windyty.com — animação da previsão da precipitação e do vento em anexo], o Dark Sky Maps [maps.darksky.net — previsão da precipitação em anexo] ou o IPMA [www.ipma.pt — exemplo de imagem satélite em anexo].

Haja saúde!





São Roque do Pico



Lajes do Pico



Madalena


Fonte: IPMA