sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Instituto da Vinha e do Vinho dos Açores, que terá sede no Pico, começa a ganhar forma legal


O Conselho do Governo Regional dos Açores, reunido no passado dia 14 de setembro de 2021, aprovou a criação do Instituto da Vinha e do Vinho dos Açores, IPRA, abreviadamente designado por IVV Açores, IPRA. De seguida [designadamente em 20 de setembro], a respetiva proposta de decreto legislativo regional foi remetida à Assembleia Legislativa Regional para efeitos de apreciação e votação, ficando assim disponível para consulta pública — link para Proposta de Decreto Legislativo Regional que cria o Instituto da Vinha e do Vinho dos Açores, IPRA.

De acordo com o proposto [Artigo 2.º], o IVV Açores, IPRA será um instituto público dotado de autonomia administrativa, financeira e patrimonial, sujeito à tutela do membro do Governo Regional com competência em matéria de agricultura.

Por outro lado [Artigo 4.º], o IVV Açores, IPRA terá sede na ilha do Pico, correspondendo a Região Autónoma dos Açores ao âmbito geográfico de jurisdição territorial deste instituto público.

Adicionalmente [Artigo 5.º], o IVV Açores, IPRA será o organismo regional responsável pela execução das políticas regionais relacionadas com o sector vitivinícola e o pilar de garantia do cumprimento de todo o quadro legal e regulamentar que o envolve, bem como da qualidade, da autenticidade e da genuinidade dos vinhos e produtos vitivinícolas regionais [incluindo também as bebidas espirituosas produzidas na Região], através da respetiva certificação, controlo e fiscalização, contribuindo ainda para a sua promoção e divulgação juntos dos mercados consumidores.

Recorde-se que o Instituto da Vinha e do Vinho dos Açores foi anunciado em junho de 2020 pelo anterior executivo regional, tendo o atual Governo Regional (que tomou posse em novembro de 2020) mantido a intenção inicial de avançar com este instituto público com sede na ilha do Pico. Ademais, em agosto deste ano de 2021, o Secretário Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural declarou esperar que o Instituto da Vinha e do Vinho dos Açores esteja a funcionar em pleno logo no início de 2022, em janeiro, bem como disse esperar que o decreto legislativo regional seja aprovado por unanimidade no parlamento açoriano.

Nota final para o facto de este ser um momento histórico: pela primeira vez não só a ilha montanha terá a sede de um instituto da Administração Pública Regional, mas também este instituto será o único que estará localizado fora das ilhas onde se situavam as antigas capitais de distrito (São Miguel, Terceira e Faial). Por outras palavras, a ilha do Pico passará, assim, a ser um centro de decisão regional, neste caso no âmbito da vitivinicultura, o que também contribui para um desenvolvimento mais harmonioso dos Açores.

Haja saúde!

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Arte feita com lixo do Pico é premiada


Apaixonado pelo Pico, o ilustrador Vasco Mourão decidiu em 2018 fazer do desperdício que encontrava junto à costa da ilha montanha uma autêntica obra de arte, dando assim origem ao projeto "Face Plastic" [que é como quem diz “encara o plástico”], o qual foi recentemente premiado no âmbito da Academia Electrão.

As esculturas criadas por Vasco foram um escape à monotonia e uma maneira de fazer a diferença, isto porque, segundo o artista, de cada vez que encontra uma coisa que o chateie mais de três vezes, tem de “fazer alguma coisa com ela”. Este desconforto aumentou pela proximidade do ilustrador à natureza, pois segundo o autor “ver um saco de plástico agarrado a uma rocha custa mais do que vê-lo nas ruas”.

Assim, solas de sapatos, garrafas de iogurte, tampas de garrafa, colheres, pratos, sacos de plástico, restos de fogo-de-artíficio e espuma de isolamento foram alguns dos resíduos de plástico encontrados na costa que se transformaram em mais de 50 rostos artísticos.

Porém, o projeto não se ficou apenas pela "diversão" inicial, tornando-se em exposições que estiveram patentes no Terminal Marítimo da Madalena, na Escola Internacional do Porto (CLIP) e no Espacio 88, em Barcelona, bem como as esculturas foram vendidas para todo o mundo [a um preço médio de 70 €], com metade dos lucros das vendas doados à organização 'The Ocean Cleanup' — para Vasco, esta doação foi “um ‘grãozinho de areia’ para fazer um pouco mais do que só dizer que o plástico é uma porcaria e que não o devemos usar”.

Haja saúde!

quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Pico é a única ilha dos Açores que não registou uma quebra nos nascimentos nas últimas duas décadas


Segundo dados da PORDATA, a base de dados da Fundação Francisco Manuel dos Santos, analisados em primeira instância pela agência Lusa, comparando 2001 com 2020 relativamente aos nados-vivos de mães residentes em Portugal, o número de nascimentos no país registou um decréscimo de 25,1% nas últimas duas décadas, com todas as regiões a acompanharem essa tendência, à exceção do Algarve, que aumentou 3,8%.

No caso do arquipélago açoriano, a quebra situou-se nos 32,8%, ou seja, foi superior à média nacional. Particularizando por ilhas, em quase todas houve menos nascimentos em 2020 do que em 2001, registando-se decréscimos na casa dos dois dígitos percentuais: -31,6% em São Jorge, -33,3% no Corvo, -33,4% em São Miguel, -33,5% na Terceira, -35,6% em Santa Maria, -37,7% na Graciosa, -40,1% no Faial e -44,4% nas Flores.

No entanto, existe uma honrosa exceção à tendência regional e nacional de quebra nos nascimentos: no Pico ocorreram mais nascimentos em 2020 do que em 2001, nomeadamente um crescimento de 0,9% — curiosamente, a ilha montanha já tinha sido notícia no final de 2020 por nela estar a ocorrer um baby boom.

Embora este facto, só por si, mostre claramente como a ilha montanha se destaca pela positiva no contexto regional, a verdade é que olhando para os dados ao nível municipal, o Pico regista estatísticas que sobressaem no contexto nacional.

Concretizando, dos 308 municípios portugueses, apenas 22 verificaram um aumento no número de nascimentos, dois não tiveram qualquer diferença entre os anos 2001 e 2020, enquanto nos restante 284 municípios verificou-se uma descida. Entre estes últimos estão todos os concelhos açorianos, à exceção dos três existentes na ilha montanha, nos quais ou houve um crescimento — +2,0% na Madalena — ou não houve qualquer alteração — São Roque do Pico e Lajes do Pico (os únicos do país onde os nascimentos não variaram).

Por outras palavras, todos os três municípios da ilha montanha não só integram o estrito lote de concelhos portugueses [24 em 308] onde não houve uma quebra nos nascimentos nas últimas duas décadas, como também são os únicos dos Açores a registar tal feito.

Por fim, vale a pena realçar que este crescimento da ilha montanha, um tanto ou quanto em contraciclo com o resto da Região, não se trata de um fenómeno isolado, pois tal como Censos 2021 revelaram, o Pico é a única ilha dos Açores que perdeu menos população do que a média nacional.

Resumindo, os números não enganam: o Pico está na moda!

Haja saúde!

Post scriptum: Este artigo foi igualmente publicado na edição n.º 42.588 do 'Diário dos Açores' e na edição n.º 1.449 do 'Ilha Maior', ambos de 24 de setembro de 2021.

terça-feira, 21 de setembro de 2021

Semana Europeia do Desporto 2021 em São Roque do Pico


Entre 23 e 30 de setembro de 2021 tem lugar a 7.ª edição da Semana Europeia do Desporto, um evento cujo objetivo fundamental é a promoção dos benefícios da prática regular de desporto e atividade física em toda a Europa.

No concelho de São Roque do Pico realizar-se-ão diversas atividades abertas a toda a população. Os interessados em participar devem dirigir-se aos respetivos clubes desportivos de acordo com o plano indicado em anexo.

Haja saúde!


segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Escolas do Pico em destaque na 2.ª fase dos exames nacionais de 2021


A média dos exames nacionais dos alunos do secundário que concorreram à segunda fase voltou a baixar no Açores, seguindo a tendência nacional. No entanto, e tal como noticia a RTP-Açores, "no ranking das pautas há notas positivas que se destacam no total das escolas: as médias mais altas da Região foram registadas nas secundárias de São Roque e Lajes do Pico."

Estão, assim, de parabéns estas duas escolas da ilha montanha, designadamente os alunos, os corpos docentes e os restantes funcionários, os quais mostram como um trabalho continuado que é desenvolvido por toda a estrutura escolar dá os seus frutos — aliás, vale a pena salientar que, no caso particular da Escola de São Roque do Pico, esta já não é a primeira vez que ela brilha nos exames nacionais.

Haja saúde!


domingo, 19 de setembro de 2021

Estará a Uber Eats a caminho do Pico?


A Uber Eats é uma conhecida plataforma de entrega de refeições e alimentos através da internet. Apesar de este ser um serviço que não existe presentemente na ilha montanha, uma recente oferta de emprego sugere que isso possa vir a mudar num futuro não muito distante.

Em particular, uma "empresa parceira da Uber Eats com larga experiência nesta área de negócio procura estafetas (m/f) para entrega de refeições ao domicílio em Açores - Pico" [link para anúncio completo], disponibilizando para o efeito cinco vagas.

Resta agora esperar por mais desenvolvimentos, sendo certo que muitos dos que desejavam um serviço deste tipo na ilha montanha se sentem agora como aquelas pessoas que leem no seu telemóvel 'o seu pedido está caminho'!

Haja saúde!

sábado, 18 de setembro de 2021

Radar da PSP no Pico — setembro 2021


Segundo a PSP, neste mês de setembro de 2021 serão efetuadas algumas operações de controlo de velocidade por radar na ilha do Pico, nomeadamente em:

  • 20 de setembro (segunda-feira) / 08h00 / São Roque do Pico;
  • 24 de setembro (sexta-feira) / 08h00 / Lajes do Pico.

Haja saúde!

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Voo especial Lisboa - Pico - Lisboa (Natal 2021)


Na época natalícia deste ano de 2021, e para além dos voos extra de 17 de dezembro (de 2021) e 2 de janeiro (de 2022), a Azores Airlines vai efetuar um voo especial na rota Lisboa - Pico - Lisboa, mais concretamente no dia 23 de dezembro (uma quinta-feira). O horário deste voo especial é:

OrigemPartidaDestinoChegadaDuraçãoN.º Voo
23 de dezembro (5.ª-feira)
Lisboa08:00*Pico09:45(2h45)S4 2141
Pico10:40Lisboa14:10*(2h30)S4 2140
* Hora local de Lisboa (+1h vs. Açores).

Recorde-se que os horários dos aviões que servem a ilha do Pico estão disponíveis no separador "Aviões" deste blog.

Haja saúde!

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Horários Atlânticoline — fim do verão 2021


Com a chegada da segunda metade de setembro, não só acaba o verão, como também são suprimidas algumas ligações marítimas com a ilha do Pico.

Mais concretamente, registam-se as seguintes alterações (face ao que teve lugar durante o verão de 2021):
  • Linha Azul (Pico, Faial) — as viagens noturnas das 20h15 e 22h15 serão suprimidas na próxima semana (não se realizando a partir de 21 de setembro);
  • Linha Verde (Pico, São Jorge, Faial) — algumas ligações são suprimidas, deixando de haver escalas na Calheta (de São Jorge);
  • Linha Branca (Pico, Graciosa, Terceira, São Jorge, Faial) — esta operação sazonal termina daqui a três semanas (com a última viagem a 4 de outubro);
  • Linha Lilás (Pico, Terceira, São Jorge, Faial) — esta operação sazonal teve o seu término esta semana.

Recorde-se que no separador "Barcos" deste blog é possível encontrar os horários dos navios de passageiros que servem a ilha do Pico de forma regular, bem como os horários dos navios de mercadorias que escalam o principal porto comercial da ilha montanha.

Haja saúde!



Rotas de passageiros:
Rotas de mercadorias:
Previsão de entradas e saídas de navios - Porto do Cais do Pico:


quarta-feira, 15 de setembro de 2021

O que é que a ilha do Pico tem?


Tem a montanha mais alta de Portugal, o Pico, com 2.351 m de altitude, que dá nome à ilha. E tem lajidos, currais, vistas que fazem suspirar, trilhos memoráveis e muito mais. Sugestões para uns dias entre o céu e o mar, com vista para o vulcão.

É este o mote de um artigo publicado n'O Jornal Económico [link para artigo completo], o qual destaca inúmeros dos ex-líbris da ilha montanha e que a tornam única — aliás, e citando de novo o artigo supramencionado, "a verdade é que o Pico tem paisagens que não parecem ser deste mundo."

Haja saúde!

terça-feira, 14 de setembro de 2021

Lançado o projeto de execução de proteção da orla marítima e ordenamento da baía do Cais do Pico


O Governo dos Açores deu recentemente indicações à empresa Portos dos Açores para o lançamento do procedimento destinado à realização do projeto de execução de proteção da orla marítima da Vila de São Roque do Pico e ordenamento da baía [do Cais do Pico], incluindo zona de recreio náutico.

De acordo com o executivo regional, "ficam assim criadas condições para que a execução da obra se inicie em 2022, de acordo com o programa base que tem vindo a público", pois esta é "uma obra urgente e prioritária para o XIII Governo dos Açores, seja por questões de segurança da Vila de São Roque do Pico, seja por representar um novo paradigma de acessibilidade marítimas nas ilhas do Triângulo."

Esta é uma excelente notícia e que surge como uma consequência dos desenvolvimentos dos últimos meses:

Vale ainda a pena apresentar um histórico um pouco mais alargado sobre a requalificação do complexo portuário da Vila de São Roque do Pico [tendo por base o que foi divulgado neste blog sobre este tema]:

Posto isto, resta esperar que este (mais recente) projeto de execução relacionado com a requalificação do complexo portuário da Vila de São Roque do Pico se transforme numa realidade concreta e de implementação efetiva, de forma a evitar que escalas de navios de passageiros tenham de ser canceladas no Porto do Cais do Pico, seja devido à ocupação deste por parte de navios de carga, seja por condições marítimas adversas (incluindo as que ocorreram em circunstâncias difíceis de compreender para os passageiros), e de forma a melhorar indiscutivelmente o movimento de passageiros entre as ilhas do Triângulo, isto para além da criação da condições para que iates e outros possam usufruir de forma condigna de uma das portas de entrada da ilha montanha.

Até lá, a única certeza é a de ficar a ver navios no futuro... seja de uma forma ou de outra!

Haja saúde!

segunda-feira, 13 de setembro de 2021

Conseran: a substituta da Cofaco apresenta o seu projeto industrial


A empresa Conseran - Conservas do Atlântico Norte, Lda., apresentou recentemente o projeto para a construção de uma fábrica no Pico, cujas obras devem arrancar ainda este ano ou no início de 2022.

Com um investimento de 16 milhões de euros, esta nova conserveira pretende estar a laborar em janeiro de 2023, criando mais de uma centena de postos de trabalho na ilha montanha.

Em particular, Vítor Tito, que fez a apresentação da empresa e da nova unidade de transformação no Pico, informou que Rogério Veiros, antigo administrador da Santa Catarina, será o rosto deste projeto que tem como objetivo retomar a tradição do mar e das conservas na ilha do Pico, isto em duas fases: a primeira abrangerá as conservas de atum, enquanto numa segunda serão incluídas outras espécies como o chicharro, a lula ou a cavala.

A conserveira pretende no primeiro ano de atividade [2023] transformar cerca de 13 milhões de latas, devendo atingir as 21 milhões em 2025, estando ainda prevista a comercialização sob a nova marca registada 'chamarrita'.

[Fonte: Rádio Pico | RTP-Açores]

Recorde-se que todo este processo foi despoletado pelo fecho da Cofaco na ilha montanha, empresa esta que anunciou um encerramento temporário mas que não o foi, facto este que levou à busca de alternativas, as quais começam agora a ganhar consistência e cujo passos legais já tinham pressuposto a instalação de uma nova unidade fabril na freguesia das Bandeiras.

Haja saúde!


domingo, 12 de setembro de 2021

São Roque do Pico com sinalização turística inteligente


A oferta turística do concelho de São Roque do Pico já está disponível na plataforma Inventrip, que visa divulgar um vasto conjunto de informação de ordem turística e cultural.

Criado para disponibilizar informação útil e fidedigna sobre os pontos de interesse existentes, o novo serviço desafia os cidadãos e visitantes a explorarem São Roque do Pico de forma diferente, facultando numa plataforma única a oferta disponível, que permite construir uma viagem à medida do interesse de cada um, bem como partilhar tudo nas redes sociais, ou através dos códigos QR.

Desenvolvido pela Sismotur, uma empresa espanhola de consultoria especializada na implementação de sistema avançados de sinalização e informação para a promoção de destinos turísticos inteligentes, o serviço inovador possibilita selecionar as atrações e as experiências existentes no concelho, os locais onde comer e dormir, bem como as zonas de interesse, mesmo que sejam distantes da localização onde se encontram, mas que valem a pena o desvio.

[Fonte: Ilha Maior]

Para aceder à sinalização turística inteligente de São Roque do Pico basta clicar no seguinte link:


Haja saúde!

sábado, 11 de setembro de 2021

Estreia do navio "Lagoa" no Pico


Apresentam-se aqui algumas fotografias, da autoria do amigo Rui Miranda, relativas à estreia do navio porta-contentores "Lagoa" na passada sexta-feira (10 de setembro de 2021) no porto comercial do Cais do Pico, situado na vila de São Roque do Pico.

Este é um navio construído em 1997, nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, tem 100 m de comprimento, 16 m de boca e uma tonelagem bruta de 3981 ton, o que lhe permite ter uma capacidade de transporte de 5003 ton. Bem recentemente, o "Lagoa" estava afeto ao transporte de mercadoria para o arquipélago de Cabo Verde.

Recorde-se que as previsões de entrada e de saída de navios no principal porto comercial da ilha montanha, bem como os horários dos navios de passageiros que servem a ilha do Pico de forma regular, podem ser encontrados no separador "Barcos" deste blog.

Haja saúde!







sexta-feira, 10 de setembro de 2021

Vista aérea da Prainha (vídeo)


Apresenta-se, em anexo, um vídeo da autoria de António Faria, datado de agosto de 2021, o qual mostra imagens aéreas da freguesia da Prainha, concelho de São Roque do Pico [link para vídeo relacionado de 2018].

Haja saúde!



quinta-feira, 9 de setembro de 2021

Festival Internacional dos Açores com concerto na ilha do Pico


O 16.º Festival Internacional dos Açores — que neste ano de 2021 tem lugar na ilha do Faial por estar "mais afastada das grandes realizações artísticas e musicais que ocorrem nos Açores" — leva à ilha montanha um dos respetivos 20 concertos e atividades de promoção e preservação do património cultural e natural da Região.

Em particular, o Museu do Vinho (na Madalena) recebe, a 12 de setembro (domingo), pelas 15h30, um recital de violoncelo a solo com Pavel Gomziakov, seguido de provas de vinhos — a entrada para o evento é gratuita, mas necessita de reserva através do seguinte e-mail: festivalazores@gmail.com [existe ainda um programa especial para todos aqueles que quiserem se deslocar da ilha azul para o Pico — link associado].

O músico Pavel Gomziakov, nascido na região dos Urais, Rússia, iniciou os estudos de violoncelo aos nove anos de idade e aos catorze foi viver para Moscovo, onde ingressou na Escola de Gnessin e no Conservatório de Moscovo. Em 2000 foi admitido na Escola Superior de Música Reina Sofia, em Madrid, e terminou o seu período de aperfeiçoamento no Conservatório Nacional de Paris. Premiado em vários concursos internacionais, já atuou em várias salas de concerto em todo o mundo, como solista ou integrado em agrupamentos.

Nota ainda para outra menção à ilha montanha neste festival: no mesmo dia 12 de setembro, pelas 19h30, no Teatro Faialense, haverá um recital de piano com João Elias Soares, cuja nota prévia aqui se reproduz:
Antecipando as celebrações dos 150 anos de Scriabin, que preencherão o ano de 2022, este recital será dedicado à música Russa. Dadas as ligações históricas dos vinhos do Pico com a corte dos Czares, no final do recital será feita uma prova de vinhos da região.

Haja saúde!

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Voos extra Lisboa - Pico - Lisboa (Natal 2021)


Na época natalícia deste ano de 2021, a Azores Airlines vai efetuar voos extra na rota Lisboa - Pico - Lisboa, mais concretamente nos dias 17 de dezembro (de 2021) e 2 de janeiro (de 2022). Os horários destes voos extraordinários são os indicados na tabela seguinte.

OrigemPartidaDestinoChegadaDuraçãoN.º Voo
17 de dezembro (6.ª-feira) e 2 de janeiro (domingo)
Lisboa10:40*Pico12:25(2h45)S4 2143
Pico13:20Lisboa16:50*(2h30)S4 2142
* Hora local de Lisboa (+1h vs. Açores).

Recorde-se que os horários dos aviões que servem a ilha do Pico estão disponíveis no separador "Aviões" deste blog.

Haja saúde!

Post scriptum: Adicionado voo especial Lisboa - Pico - Lisboa a 23 de dezembro (5.ª feira).


terça-feira, 7 de setembro de 2021

Foi sol de pouca dura: COVID-19 volta a estar presente no Pico


A ilha montanha registou ontem, 6 de setembro de 2021, o reaparecimento de casos positivos de COVID-19 [os quais inclusivamente levaram ao encerramento da creche da Santa Casa da Misericórdia da Madalena].

Esta ocorrência volta a colocar o Pico como uma das ilhas onde existem casos ativos relacionados com a infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, o qual causa a doença COVID-19, isto somente um dia após a recuperação total dos casos anteriormente existentes na ilha montanha.

[Consultar neste link a evolução da COVID-19 no Pico]

De recordar que mais informações sobre esta pandemia podem ser encontradas no seguinte site:



Haja saúde!

segunda-feira, 6 de setembro de 2021

COVID-19 afasta-se do Pico novamente


A ilha montanha deixou de registar este fim de semana passado (mais concretamente em 5 de setembro de 2021) qualquer caso positivo de COVID-19.

Esta é uma magnífica notícia, a qual se soma a algumas outras estatísticas favoráveis que se podem extrair baseado no que aconteceu no Pico na última semana e meia (designadamente 11 dias), isto é, desde a confirmação do primeiro caso positivo da nona vaga na ilha montanha:
  • Foram confirmados 4 casos positivos de COVID-19 no Pico, sendo que, felizmente, todos recuperaram;
  • O primeiro caso foi registado a 25 de agosto e o último a 27 desse mesmo mês;
  • Os casos positivos de COVID-19 desta nona vaga tiveram lugar no concelho das Lajes do Pico (3 casos) e no de São Roque do Pico (1 caso).

  • [Consultar neste link a evolução da COVID-19 no Pico]

Aproveita-se igualmente para fazer um balanço da vacinação na ilha montanha: segundo os dados oficiais de 30/08/2021, cerca de 82% da população do Pico já tomou a primeira dose da vacina contra a COVID-19 e cerca de 78% dos residentes na ilha montanha já têm a vacinação completa contra a COVID-19, o que representa igualmente das maiores taxas de imunização no arquipélago [recorde-se que, em 26 de julho de 2021, o Pico alcançou a Fase 2 da Imunidade de Grupo].

Resta agora esperar que esta pandemia de COVID-19 tenha efetivamente ido embora da ilha montanha [isto após a confirmação de 94 casos no Pico desde o início da pandemia], de forma a que se possa afirmar que não só o pico da pandemia já passou, mas também que a pandemia, no Pico, já passou!

De recordar que mais informações sobre a COVID-19 podem ser encontradas no seguinte site:


Haja saúde!

domingo, 5 de setembro de 2021

Debates Autárquicas 2021 — Madalena


Aqui ficam os links para os debates realizados pela RTP-Açores aos candidatos à presidência da Câmara Municipal da Madalena nas eleições autárquicas de 2021:

Haja saúde!




sábado, 4 de setembro de 2021

Cordas 2021 — Festival de Músicas do Mundo


De 14 a 19 de setembro de 2021 tem lugar a sexta edição do Cordas World Music Festival, mais conhecido localmente por Festival Cordas.

Em particular, a ilha do Pico recebe 14 concertos ao vivo de músicos de várias ilhas e ainda mais além, de modo a celebrar a arte dos cordofones.

Haverá ainda uma programação diária online, a qual este ano é dedicada ao Brasil e aos seus instrumentos, desde o berimbau à viola caipira.

A Viola da Terra — a Viola dos Dois Corações — continua a ser um instrumento em destaque neste galardoado festival açoriano, cujo programa se apresenta em anexo.

Mais informações podem ser obtidas através do seguinte link: www.festivalcordas.com

Haja saúde!




sexta-feira, 3 de setembro de 2021

Debates Autárquicas 2021 — Lajes do Pico


Aqui ficam os links para os debates realizados pela RTP-Açores aos candidatos à presidência da Câmara Municipal das Lajes do Pico nas eleições autárquicas de 2021:

Haja saúde!




quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Escala de navios de mercadorias no Porto do Cais do Pico — setembro 2021


A Transinsular publicou no seu site a escala para o mês de setembro de 2021 dos navios de carga que efetuam a ligação Continente - Açores (clique na tabela seguinte para conhecer esta escala).


Os navios e as datas em que os mesmos vão visitar o Porto do Cais do Pico, na vila de São Roque do Pico, encontram-se indicados na tabela seguinte (clicando no nome do navio abre uma nova janela com a localização atual do mesmo).

DiaNavio
02 de setembro (quinta-feira)Insular
08 de setembro (quarta-feira)Lagoa
16 de setembro (quinta-feira)Corvo
23 de setembro (quinta-feira)Furnas
30 de setembro (quinta-feira)Insular

Movimento portuário - Porto do Cais do Pico:
Todas estas informações encontram-se igualmente disponíveis no separador "Barcos" deste blog.

Haja saúde!


quarta-feira, 1 de setembro de 2021

Balada da Despedida - 91 Anos de Fernando Machado Soares


Para comemorar Fernando Machado Soares, a MiratecArts apresenta o músico Bruno Costa em concerto-conversa com a Guitarra Portuguesa de Coimbra, acompanhado por Ni Ferreirinha.

Bruno Costa iniciou a aprendizagem da guitarra portuguesa aos 12 anos e participa regularmente em espetáculos nacionais e estrangeiros, tendo atuado com Cuca Roseta e Vitorino, entre outros artistas de renome. Além de acompanhar os melhores intérpretes da atualidade do Fado de Coimbra, foi elemento de vários grupos, tendo participado em gravações de inúmeros álbuns. Em 2008, lançou o grupo CORDIS, com a sua guitarra portuguesa em estilo de Coimbra e o piano de Paulo Figueiredo, onde percorrem o mundo, depois de produzir 3 álbuns e um DVD Concerto.

A Guitarra Portuguesa de Coimbra tem uma forma ligeiramente diferente da de Lisboa e a sua afinação é um tom abaixo da sua congénere lisboeta. A sua voluta tem um motivo de forma oval, a lágrima.

Fernando Machado Soares nasceu em São Roque do Pico, a 3 de Setembro de 1930, onde viveu até aos 16 anos. Faleceu em Almada, a 7 de dezembro de 2014. Foi poeta, cantor, intérprete e compositor no âmbito da Canção de Coimbra, jurista e juiz jubilado, mais conhecido pela sua Balada da Despedida (1958), intitulada "Coimbra tem mais encanto".

O evento com Bruno Costa, inserido no projeto Balada da Despedida da MiratecArts, que pretende comemorar, anualmente, este filho da montanha, acontece na sexta, 3 de setembro, pelas 21h no Auditório da Madalena. Bilhetes gratuitos já disponíveis na bilheteira da Biblioteca Auditório da Madalena durante a hora do expediente e uma hora antes do concerto.

Haja saúde!