sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Maioria dos voos Pico-Lisboa passam a ser diretos já neste inverno IATA


O início do ano de 2017 trouxe uma excelente novidade para todos aqueles que se deslocam entre a ilha montanha e a capital portuguesa: a grande maioria dos voos Pico-Lisboa passam a ser diretos já neste inverno IATA!

Por outras palavras, agora a regra passa a ser duas viagens diretas por semana entre a ilha do Pico e a cidade de Lisboa (às segundas e aos sábados), tornando-se a escala na ilha Terceira uma exceção em apenas alguns dias.

Esta situação, a qual claramente beneficia os passageiros — chegam uma hora mais cedo a Lisboa e não têm o incómodo de uma escala intermédia — já ocorreu em alguns voos deste ano e irá se manter até ao final de março, altura em que não só passarão a existir três voos semanais Lisboa-Pico-Lisboa, bem como todos serão sempre diretos em ambos os sentidos.

Depois de 2016 ter sido um ano memorável para o Aeroporto da ilha do Pico, 2017 começa a dar sinais de que também vai ficar na história do aeroporto da ilha montanha, sendo importante salientar que isto se deve não só à crescente procura do destino Pico, mas também à Azores Airlines, a transportadora aérea regional que está a corresponder a essa demanda através de uma melhoria contínua do seu serviço no que respeita à ilha do Pico.

Haja saúde!

Post scriptum: Adicionada ao fim deste post a reportagem RTP-Açores sobre este assunto.



5 comentários:

  1. No mes de agosto de 2016 a horta divergiu por interesse da companhia uns bons numeros de voos , o q beneficiou o aumento de trafego.nao seja tanto optimistas. A horta vai continuar a ser a nossa porta de entrada e saida. Haja saude

    ResponderEliminar
  2. António Medeiros esqueceu-se de contabilizar os voos divergidos do Pico para o Faial, quer da Sata Air Açores, quer da Sata Internacional, que contaram na estatísticas do aeroporto da Horta.

    Aliás o tráfego que o aeroporto da Horta têm deve-se estar perto do Pico e São Jorge e permite trânsitos para as Flores e Corvo.

    Para além disso, muito tráfego para a Horta tem como destino final PICO, que segue nos táxis e barcos para o Pico.

    E como diz, o PICO vai continuar a ser um porta de entrada e saída, mas não apenas para o Pico, mas também para o Faial e São Jorge.

    Apenas diz estas coisas porque não tem conhecimento da realidade do tráfego que circula nestas 3 ilhas.

    E o aeroporto do Pico é um aérodromo tal como o do Faial, São Jorge, Flores, Corvo, Graciosa, São Miguel, Santa Maria e Terceira. Os únicos considerados aérodromos internacionais são S.Maria, P.Delgada e Lajes (https://1.bp.blogspot.com/-jz7rUAoYI3M/V_-ykcNVThI/AAAAAAAAByE/T7mVWkQOL64cnBA0jBhAT4WkJ6xMhYiVwCLcB/s1600/adr.png).

    E não seja tanto pessimista!
    Porque todas as ilhas tem crescido, só que uma mais do que outras.

    ResponderEliminar
  3. Depois de Março quais os 3 dias da semana que passam a ser voo direto?

    ResponderEliminar
  4. Caso não haja alterações até lá, os dias serão:
    - Sábados (de manhã);
    - Segundas (de manhã);
    - Quartas (à tarde).

    ResponderEliminar

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!