quinta-feira, 12 de maio de 2022

Decisão unânime: ampliação da pista do aeroporto do Pico vai avançar


Neste período legislativo de maio de 2022 da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores teve lugar um momento que ficará para a história da ilha montanha, em particular, e para todo o arquipélago açoriano, em geral: os deputados aprovaram, por unanimidade, um projeto de resolução para “avançar com todos os trabalhos preparatórios para a concretização do projeto de execução da ampliação da pista do Aeroporto da ilha do Pico”, designadamente, com “um prolongamento para oeste na ordem dos 700 metros, por ser a solução técnica que garante a operacionalidade sem limitações para as aeronaves de médio curso, inclusive toda a frota atual da SATA Azores Airlines”.

Durante a discussão em plenário [ver vídeo anexo], alguns desenvolvimentos recentes foram revelados por parte da Secretária Regional com a tutela dos Transportes, nomeadamente o facto de já se terem iniciados os contactos com a UNESCO, com vista à salvaguarda da viabilidade plena do projeto, bem como que esta obra já está prevista no Plano Operacional 20-27.

Esta é, sem dúvida, uma das melhores prendas que a maior infraestrutura aeroportuária totalmente gerida e detida pela Região poderia ter no ano em que celebra 40 anos de atividade.

Por fim, uma palavra final para a sociedade civil, em especial à picarota, pois o momento histórico agora registado é uma vitória e uma reposta mais do que justa às suas reivindicações: foi graças à união nunca antes vista em torno da petição pública "Pelo aumento das condições de operacionalidade do Aeroporto da ilha do Pico" que esta temática ganhou protagonismo público; esta iniciativa concretizada em 2018 teve "uma montanha de apoio, traduzida de forma simbólica em 2351 assinaturas — tantas quantas a altura do ponto mais alto de Portugal, o nosso Pico!", bem como teve uma extraordinária união em diversas frentes, incluindo as vertentes empresarial e política. Por outras palavras, o sucesso contínuo alcançado por esta petição [a qual foi citada inúmeras vezes pelos deputados regionais aquando da discussão do projeto de resolução supramencionado] deve-se a este exemplo de cidadania construtiva por parte de todos os intervenientes.

Haja saúde!





Sem comentários:

Enviar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!