quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Avistamentos de águas-vivas e caravelas-portuguesas

A Universidade dos Açores, através do Departamento de Oceanografia e Pescas, tem disponível um portal - www.medusa.uac.pt - onde é possível registar os avistamentos das medusas realizados por banhistas e mergulhadores dos Açores.

Este projeto pretende incentivar os cidadãos e comunidades públicas a contribuírem também para o conhecimento científico através de conceito "cidadão cientista". Com esta colaboração dos cidadãos e visitantes dos Açores, pretende-se aumentar o conhecimento da biologia das espécies existentes na região, assinalando e tentando prever (a médio e longo prazos) os locais e alturas do ano com maiores agregações de medusas no arquipélago. Pretende-se ainda com esta iniciativa iniciar um primeiro passo no sentido de auxiliar politicas de gestão pesqueiras e medidas de proteção de costa para atividades marítimo-turísticas.

Recorde-se que, nos Açores, sempre que é detetada a presença de águas-vivas ou de caravelas-portuguesas em zonas balneares oficiais, uma bandeira é içada de modo a alertar os banhistas da presença destes microorganismos que estorvam os banhos nas águas açorianas (pois podem causar queimaduras na pele humana).

Já sabe: sempre que avistar águas-vivas, caravelas-portuguesas ou similares, faça o registo das respetivas ocorrências em www.medusa.uac.pt - deste modo estará a ajudar a descobrir se existe algum padrão que permita prever no futuro os locais e alturas do ano em que ocorrem as maiores concentrações destas medusas.

Haja saúde!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!