sexta-feira, 15 de julho de 2016

Concurso Internacional de Fotografia "Os Pontos Mais Altos de Portugal"

Encontra-se aberto o concurso internacional de fotografia "Os Pontos Mais Altos de Portugal", o qual pretende destacar os locais montanhosos portugueses de referência.

Neste concurso da MiratecArts, os finalistas vão fazer parte de uma exposição na ilha montanha do Pico, Açores, durante o Montanha Pico Festival (janeiro 2017). Os vencedores vão também receber uma futura exposição a solo (se pretenderem) de retrospetiva dos seus trabalhos, um convite para participarem nos programas da MiratecArts e ainda a oportunidade de a sua imagem poder se tornar num Selo da República Portuguesa (ao qual está também associado um prémio pecuniário no valor de 1.200 euros e que será atribuído pelos CTT).

As condições de participação são:
  1. A participação está aberta a qualquer pessoa com 18 ou mais anos de idade.
  2. Os trabalhos devem ser entregues até ao dia 1 de novembro de 2016, através do e-mail montanhapicofestival@gmail.com (a plataforma WeTransfer pode também ser utilizada para a transferência das fotografias).
  3. As fotografias apresentadas, num número máximo de três por participante, poderão ser a cores, a preto e branco (P&B) ou sépia. Deverão também as mesmas ser originais não manipuladas, exceto para transformação de cor para P&B ou sépia, ajustes de contraste, luminosidade e reenquadramento. Não são admitidas a concurso fotografias resultantes de montagem ou manipulação de mais de uma imagem e/ou fotografia.
  4. Os trabalhos deverão ser apresentados em formato digital JPG ou JPEG, com dimensão de pelo menos 2000 pixéis na maior dimensão.
  5. As fotografias deverão ser acompanhadas de uma memória descritiva até ao máximo de 1200 caracteres (sem espaços), de acordo com o tema do concurso.

A memória descritiva e a mensagem de inscrição no concurso deverá incluir:
  1. O título de cada fotografia;
  2. A identificação do local onde foi obtida cada imagem;
  3. Nome e contacto do fotógrafo.

As fotografias dos finalistas serão impressas apenas para exposição e não serão objeto de venda. As fotografias vencedores serão também utilizadas para promoção do Montanha Pico Festival, sempre com crédito para os respetivos autores.
Mais informações podem ser encontradas em www.picofestival.com.

Prémio bónus: Selo da República Portuguesa

A participação dos vencedores, através da apresentação da fotografia para um projeto de selo, implica a transmissão total e definitiva pelo participante dos respetivos direitos de autor de carácter patrimonial a favor dos CTT. Os CTT poderão modificar total ou parcialmente os trabalhos criados, bem como integrar total ou parcialmente tais trabalhos noutras obras ou utilizá-los conjuntamente com outras criações. O participante manterá os direitos morais de autor sobre o projeto de selo apresentado, devendo ser identificado pelo nome completo ou abreviado ou pseudónimo, conforme indicar na proposta. O contrato com os CTT será definido depois do concurso.
A cada uma das três propostas vencedoras concretizadas em selo será atribuído um prémio, no valor de 1.200 euros, a entregar aos premiados pela Direção de Filatelia dos CTT.

Utilização das participações: As propostas apuradas como vencedoras poderão ser usadas pelos CTT, designadamente em selos a emitir e em futuras ações de comunicação e publicidade da Empresa e seus produtos.

Condições de exclusão: Todas as propostas apresentadas serão alvo de análise, podendo ser excluídas as que contenham elementos escritos ou figurativos atentatórios contra a moral pública, os bons costumes ou quaisquer crenças e convicções religiosas, políticas ou ideológicas, ou tenham carácter racista, xenófobo, difamatório ou injurioso contra o bom nome ou reputação de quaisquer pessoas individuais ou colectivas. Os CTT reservam o direito de exclusão de qualquer proposta sem qualquer aviso prévio.

Haja saúde!

Post scriptum: Adicionada, em anexo, a foto vencedora deste concurso.


Foto: Nelson Silva, vencedor do Concurso de Fotografia Montanha "Os Pontos Mais Altos de Portugal".

Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!