quarta-feira, 8 de julho de 2020

Queijo do Pico tem bactérias que reduzem o colesterol


Um estudo feito em parceria pela Universidade dos Açores e instituições de Cork, na Irlanda, revela que o queijo do Pico tem bactérias que reduzem o colesterol e que podem ser usadas como probióticos.

O estudo, publicado no Journal of Applied Microbiology, conseguiu isolar, no queijo artesanal do Pico, bactérias do ácido láctico capazes de baixar o colesterol e a histamina, uma substância que pode causar intoxicações alimentares, e que podem ser usadas como probióticos.

Esta investigação científica vem assim confirmar o que um estudo anterior já tinha sugerido: os microrganismos autóctones do queijo do Pico possuem potencial probiótico.

Vale a pena recordar que o queijo do Pico é um produto artesanal feito com leite de vaca cru, sendo igualmente um produto com Denominação de Origem Protegida (DOP), bem como foi considerado como um dos melhores queijos portugueses.

Haja saúde!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!