quarta-feira, 22 de agosto de 2018

A (renovada) Árvore do Desejo


Quem passa pela araucária junto ao Convento de São Pedro de Alcântara, no Cais do Pico — vila de São Roque do Pico — tem a oportunidade de pedir um desejo, pois esta é a Árvore do Desejo!

Recordando um pouco de como esta árvore atingiu este estatuto, tudo começou com a descoberta de que do outro lado do mundo (literalmente!), no Jardim Botânico Real de Sydney (Austrália), existe uma árvore "irmã": é da mesma espécie, tem cerca da mesma idade e partilham uma história de vida semelhante — durante a juventude destas árvores, ambas sofreram tempestades que danificaram as respectivas copas; ambas sobreviveram e hoje são marcos da paisagem, tanto em Sydney como no Cais do Pico.

Estas curiosidades foram transmitidas, por mim, aos responsáveis do Jardim Botânico Real de Sydney, sugerindo também que fossem conhecidas por todos os visitantes daquele jardim. Pois bem, estes responsáveis não só tiveram a amabilidade de responder ao meu e-mail, como também consideraram a sugestão de adicionar informação sobre a árvore "irmã" localizada deste lado do mundo, na ilha montanha.

Por outro lado, a araucária de Sydney é também conhecida por conceder desejos seguindo instruções muito simples:
  1. Fechar os olhos e pedir um desejo;
  2. Abrir os olhos e andar para a frente à volta da árvore três vezes;
  3. Andar de costas à volta da árvore três vezes e, na última volta, pedir de novo o desejo.
Atendendo às mais que muitas semelhanças entre as araucárias de Sydney e do Cais do Pico, para pedir um desejo não é preciso ir ao outro lado do mundo, basta ir ao adro do Convento de São Pedro de Alcântara!

Perante tudo isto, decidi entrar em contacto com as entidades regionais competentes, a fim de obter autorização para colocar uma placa informativa junto da araucária do Cais do Pico, de forma a perpetuar a história desta árvore e dar a conhecer a árvore "irmã" de Sydney — estávamos em meados de 2014 e, graças ao apoio das empresas Lavaimagem e Sousa & Filho, foi possível fazer esta oferta à comunidade, culminando com a colocação da placa informativa, tal como descrito no post "A Árvore do Desejo | The Wishing Tree".

Ao longo destes últimos anos, inúmeras pessoas cumpriram as instruções, deram as voltas necessárias e pediram desejos no adro do Convento de São Pedro de Alcântara, no Cais do Pico [vídeo explicativo de todo o procedimento] — em determinada altura, houve até um pequeno guardião da Árvore do Desejo. Contudo, a ação do vento e da chuva contribuíram para que a placa original se degradasse, o que não dignificava este importante marco histórico, cultural e paisagístico da vila de São Roque do Pico.

Pois bem, e novamente graças às empresas supramencionadas, chegou a hora de conceder também um desejo à araucária do Cais do Pico e lhe renovar a placa informativa, de forma a valorizar devidamente esta Árvore do Desejo e a sua história [mais informações sobre a história de vida desta araucária].

Por fim, a (renovada) Árvore do Desejo encontra-se, como sempre, disponível para receber todos aqueles que a queiram visitar e lhe pedir um desejo, bastando, para isso, ir junto ao Convento de São Pedro de Alcântara, no Cais do Pico — vila de São Roque do Pico.

Haja saúde!




Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!