quinta-feira, 11 de maio de 2017

Procuram-se "bonecas de trapos" da ilha do Pico

© Pedro Silva

No decorrer do VISITARTE — O Festival de Artes em Casas Rurais, o qual teve lugar recentemente em São Roque do Pico, a Capital do Turismo Rural, a associação MiratecArts decidiu lançar um desafio a toda a população: partilhar as "bonecas de trapos" da ilha do Pico.

Na noite dedicada a Santo Amaro, a freguesia menos populosa da ilha e que, de acordo com Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts, é "de certeza a que tem mais criativos artísticos per capita", a conversa foi dominada pela "boneca de trapos" apresentada pelas gémeas Alzira e Conceição Neves.

"Marta 1939 é uma boneca muito especial" disse Conceição Neves. A boneca de trapos já venceu três prémios de referência e continua a deliciar milhares de pessoas que todos os anos visitam a Escola Regional de Artesanato de Santo Amaro.

Assim, entre os sons de cagarros, na rua, e os toques calorosos dos instrumentos de cordas de Zilda Machado, Manuel Amaro Eduardo, José Leonardo e Mónica Goulart, o convívio aqueceu e alastrou-se pela noite dentro com partilhas de histórias, canções e ideias. Terry Costa partilhou que o festival de artes internacional, Azores Fringe, vai acolher a Boneca de Ataúro. A ideia de coletar "bonecas de trapo" da ilha do Pico para exposição em junho surgiu desta conversa. "Assim, a boneca de trapos do Pico poderia conviver com a boneca da ilha de Ataúro e, por que não, ser motor de incentivo à recuperação de algo tradicional" sugere Terry Costa.

Boneca de Ataúro é um projeto que envolve mais de 60 mulheres no fabrico de bonecas de pano, "bonecas de trapo", que se tornaram símbolo da ilha de Ataúro, em Timor. "Por que não investigar e desenvolver um pouco mais a nossa boneca de trapos?" questiona Terry Costa. "Parece ser algo difícil de encontrar hoje em dia, por isso estamos a desafiar o povo do Pico a partilhar connosco as suas bonecas de trapos, nesta quinta edição do Fringe."

Para mais informações sobre como partilhar as "bonecas de trapos" da ilha do Pico, basta contactar a associação MiratecArts através do telefone 963 639 996 ou através do seguinte e-mail: info@mirateca.com

Haja saúde!

© Ana M. Costa

© Pedro Silva

Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!