sexta-feira, 26 de maio de 2017

"ECO freguesias" do Pico em 2016


O concurso "ECO Freguesia, freguesia limpa", organizado pelo Governo dos Açores, tem como principal objetivo reconhecer e distinguir a limpeza das freguesias açorianas e o bom desempenho dos cidadãos e das diversas entidades na preservação da qualidade ambiental.

Na edição de 2016 deste concurso, e considerando as 17 freguesias da ilha do Pico, obtiveram-se os seguintes resultados [link para a lista completa das classificações das 156 freguesias açorianas]:
  • 8 freguesias foram premiadas com um galardão (uma bandeira e um certificado), sendo que três delas (Prainha, Santo Amaro e Calheta de Nesquim) obtiveram o certificado de excelência — o reconhecimento mais elevado do concurso;
  • 7 freguesias obtiveram um diploma de reconhecimento pelos esforços no âmbito do programa (atribuído nos casos em que não tenham sido cumpridos os objetivos mínimos por razões que não sejam diretamente imputáveis às juntas de freguesia);
  • 2 freguesias não atingiram os objetivos constantes no regulamento do concurso.

Destaque ainda para o facto de a ilha montanha ser a única dos Açores onde as suas freguesias que obtiveram, no passado, o certificado de excelência, o mantiveram sempre até ao presente: terceiro ano consecutivo para a Prainha e segundo ano consecutivo para Santo Amaro e Calheta de Nesquim. Além disso, a freguesia da Prainha, no concelho de São Roque do Pico, pertence ao restrito grupo de quatro freguesias dos Açores — a par do Corvo, da freguesia das Lajes das Flores e da freguesia de Porto Martins (Praia da Vitória, Terceira) — que obtiveram sempre certificado de excelência de "ECO Freguesia, freguesia limpa" desde que existe este reconhecimento máximo.

Haja saúde!

"ECO freguesias" do Pico em 2016.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!