terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Curta rodada no Pico marca presença em Festivais Internacionais de Cinema


A curta-metragem "Espiritos e Rochas: um Mito Açoriano", da realizadora Aylin Gökmen, é um documentário rodado na ilha do Pico e que representa a adaptação de um mito:
Numa ilha vulcânica, os habitantes são apanhados num ciclo interminável: a ameaça de erupções e terramotos iminentes e o fardo dos traumas do passado pairam sobre eles. Alguns recorrem a mitos e crenças religiosas para interpretar a sua situação precária, enquanto outros demonstram resiliência, reconstruindo as suas aldeias a partir das rochas vulcânicas. Espelhando a atmosfera etérea das paisagens da ilha, o filme aos poucos vai assumindo a aparência das histórias que conta.
Esta obra cinematográfica foi também selecionada para integrar o programa oficial de dois renomeados festivais internacionais de cinema: Locarno 2020 e Sundance 2021.

Por fim, e como não poderia deixar de ser, apresenta-se em anexo o trailer deste filme.

Haja saúde!

Post scriptum: Notícia relacionada.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!