sexta-feira, 6 de março de 2020

Pico em destaque num vídeo com mais de 4 milhões de visualizações


Anton Ptushkin é um vlogger ucraniano, especializado em partilhar vídeos sobre as suas viagens pelo mundo fora. Numa das suas mais recentes viagens, este YouTuber deslocou-se aos Açores, nomeadamente durante o inverno, tendo partilhado no seu canal um magnífico vídeo sobre as quatro ilhas do arquipélago açoriano que ele conheceu, onde se inclui o Pico [vídeo em anexo].

Apesar de o vídeo estar em russo, as legendas automáticas (para português, por exemplo) permitem acompanhar aquilo que o autor sente e quer transmitir, destacando-se o facto de ele salientar como as ilhas açorianas têm uma temperatura ambiente muito agradável durante o inverno e como nesta época do ano ele pôde tirar partido da ausência de turistas em muitos locais.

No entanto, um dos maiores destaques deste vídeo é dirigido ao Pico: a sua montanha é algo que fascinou Anton Ptushkin, a par do contraste entre o verde das terras altas e o negro das rochas junto ao mar. Além disso, a vinha e o vinho do Pico foram abordados, tendo sido focada a história do néctar dos deuses que chegou ao Czares.

A ilha montanha certamente ficou no coração deste YouTuber, pois não só ele mencionou que o "Pico foi uma revelação", mas também que o "Pico no inverno é algo que verdadeiramente apreciei".

Nota final para duas curiosidades:
  1. Em pouco mais de duas semanas, este vídeo (em russo) teve mais de 4 milhões de visualizações (!), um número verdadeiramente impressionante e que o torna numa das maiores promoções feitas aos Açores, em geral, e ao Pico, em particular;
  2. O minuto 41:46 do vídeo é, de certa forma, muito especial para este blog, pois nesse minuto aparece uma referência ao 'Cais do Pico', o que comprova como este espaço também é útil para quem visita a ilha montanha.
Por fim, é mais um caso para dizer "Пику в моде!" — o que em português se traduz como "o Pico está na moda!"

Haja saúde!


Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!