terça-feira, 28 de novembro de 2017

Pico — o vulcão n.º 382020 do Smithsonian


O Smithsonian Institution é um instituto fundado e administrado pelo governo dos Estados Unidos da América, cuja missão é promover e disseminar o conhecimento. De entre os vários museus e programas que estão sob a égide do Smithsonian, existe um — o Global Volcanism Program (GVP - Programa de Vulcanismo Global) — que contém uma menção à ilha do Pico.

Mais concretamente, o GVP (que está sob a alçada do Museu Nacional de História Natural) tem a missão de entender melhor os vulcões ativos da Terra e as suas erupções durante os últimos 10.000 anos; isto é alcançado através da documentação, entendimento e disseminação da informação sobre a atividade vulcânica global.

Assim, por ser um dos vulcões ativos do mundo (embora adormecido), o Pico integra este programa do Smithsonian, tendo lhe sido atribuído o número 382020 [link para mais informações]. Além disso, consta da base de dados do GVP a descrição geológica do vulcão do Pico, o historial de erupções conhecidas e as deformações ao longo do tempo, entre outros.

Para finalizar, apenas mais uma curiosidade: para além de toda informação escrita sobre o vulcão da ilha montanha, o Smithsonian tem também uma amostra de pedra picarota — um ancaramito da zona de Santa Luzia — o que significa que um "bocadinho" do Pico está presente num dos museus mais famosos a nível mundial.

Haja saúde!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!