sábado, 21 de abril de 2018

Petição sobre o Aeroporto do Pico debatida em plenário da Assembleia Regional dos Açores


No passado dia 19 de abril de 2018 foi apresentada e debatida em plenário da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores a petição "Pelo aumento das condições de operacionalidade do Aeroporto da ilha do Pico" [vídeo em anexo].

Este foi um processo que começou em setembro de 2016, com o início da recolha das 2351 assinaturas — tantas quantas a altura da montanha do Pico, depois a respetiva petição foi submetida à Assembleia Regional em julho de 2017, em pleno Aeroporto da ilha do Pico, seguiu-se a discussão da mesma em sede da Comissão de Economia em novembro de 2017, numa reunião realizada na ilha montanha propositadamente para este efeito, culminando agora com este debate na casa da democracia açoriana.

Se já se sabia que os picarotos falavam a uma só voz na necessidade de melhoria do seu aeroporto, nomeadamente o aumento da pista, se ao longo do processo de tramitação da petição se ficou a saber que o "Triângulo" defende igualmente esta melhoria, agora foi a vez de se ficar a conhecer que todos os grupos e representações parlamentares da Assembleia Regional dos Açores reconhecem a necessidade de melhoria do aeroporto da ilha montanha, estando assim de acordo com os termos da petição.

Deste modo, esta petição não foi apenas uma mera formalidade, mas sim mostrou que a sociedade civil soube identificar um problema, apontar soluções e dar o seu contributo de forma construtiva, tendo os representantes políticos não só reconhecido que existe uma necessidade de melhoria do aeroporto do Pico, bem como que o aumento da pista é um investimento que terá de ser considerado num futuro próximo.

Por fim, os promotores desta petição nunca esquecerão o enorme apoio das pessoas que a assinaram e a união pública demonstrada, incluindo as vertentes empresarial e política. O sucesso alcançado por esta petição deve-se a este exemplo de cidadania construtiva por parte de todos os intervenientes. O nosso muito obrigado a todos!

Haja saúde!

Notícias relacionadas:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!