terça-feira, 28 de julho de 2015

O movimento de carga e o desmovimento da Transmaçor em São Roque do Pico

Hoje, terça-feira antes da edição de 2015 do Festival "Cais Agosto", o navio de carga contentorizada Sete Cidades efetuou serviço no porto do Cais do Pico, na vila de São Roque do Pico. Como, por questões de segurança, os navios operados pela Transmaçor não podem escalar em simultâneo este porto, a Transmaçor cancelou as escalas previstas para o dia de hoje em São Roque do Pico.

Salientando que a segurança deve estar acima de tudo, não deixa de ser importante planear com antecedência os diversos eventos, de forma a bem servir (e de forma justa) as pessoas. Vejamos:
Como às quartas e quintas-feiras a Transmaçor não opera em São Roque do Pico, supostamente porque são esses os dias em que operam os navios porta-contentores, em pleno Festival "Cais Agosto" irão existir dois dias (29 e 30 de julho) em que a Transmaçor poderia escalar a vila de São Roque do Pico sem qualquer constrangimento, pois o porto do Cais do Pico estará desocupado, mas não o vai fazer!!!

O serviço público é feito destes pequenos momentos, onde servir bem e equitativamente todas as populações é ajustar as escalas às necessidades que vão surgindo. Uma boa ação seria a Transmaçor emitir um comunicado (até poderia ser de véspera) a informar que excecionalmente nos dias 29 e 30 de julho seriam efetuadas escalas em São Roque do Pico - assim os jovens e menos jovens de São Jorge e do Faial poderiam afluir mais facilmente às maiores festas do concelho de São Roque do Pico.

A Transmaçor termina os seus comunicados de alterações de viagens dizendo "A Transmaçor agradece a sua compreensão e lamenta quaisquer transtornos que esta alteração possa causar." Se esta empresa pública fizesse a boa ação proposta no parágrafo anterior, provavelmente muita gente diria "obrigado Transmaçor pelos benefícios que esta alteração causou!"

Haja saúde!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!