domingo, 26 de julho de 2015

Avião da SATA dorme no Pico

Um avião Bombardier Q200 da SATA teve folga durante parte deste fim de semana de 25/26 de julho de 2015 e decidiu vir conhecer melhor a ilha para onde tem viajado muito mais ultimamente e para onde os voos têm estado completamente esgotados: a ilha do Pico!

Este avião chegou no sábado, depois da hora do almoço (por volta das 15h), e veio completamente à aventura, sem ter planos definidos. Mas como antes de aterrar ouviu a hospedeira dizer "dentro de momentos aterraremos na ilha do Pico, onde a Paisagem da Cultura da Vinha do Pico é um sítio classificado pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade e o seu complexo vulcânico é uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal", decidiu o avião averiguar estas duas referências.

Não foi preciso ir muito longe: quando estava prestes a aterrar, o avião notou uma paisagem incrível, cheia de vinha que começa a ser recuperada e com separação de vinhedos (os currais) completamente diferente do habitual - foi aí que finalmente se apercebeu que era um privilegiado por estar a aterrar num aeroporto que fica situado mesmo no meio de património mundial!

Quando o avião aterrou e estacionou, aí sim ficou maravilhado com a paisagem vulcânica da ilha do Pico, principalmente com a majestosa montanha que lhe brindou com uma vista a descoberto! O avião lá ficou a contemplar a montanha até ao pôr do sol...

Eis que então o avião se lembrou de que tinha de arranjar um sítio para passar a noite! Mas já tarde e, por mais que tentasse, os quartos de hotelaria tradicional estavam cheios! E agora? Bom, restou ao avião fazer o que é normal entre aviões - dormir ao relento - se bem que no aeroporto da ilha do Pico essa experiência é totalmente diferente e ímpar: estar no meio de património mundial, poder apreciar a montanha ao luar e logo pelo nascer do dia, para além de dormir perto do Cachorro que nunca ladra, isto sim é o verdadeiro Turismo Rural! E como o avião tinha a placa de estacionamento toda ao seu dispor, escolheu ficar o mais a leste possível, talvez de forma a pernoitar no lugar que havia mais próximo da Capital do Turismo Rural: o concelho de São Roque do Pico.

Hoje de manhã (cerca das 7h), o avião lá partiu em direção à base, de modo a poder entrar ao serviço regular antes das 8h da manhã - o avião foi bem cedo para não ser acusado de causar variações ao serviço da SATA e até escolheu um horário que não é nada caricato. Na bagagem levou um fim de semana inesquecível na ilha montanha, uma experiência seguramente para repetir. Resta saber se de futuro os chefes vão voltar a deixar o avião dormir fora de casa...

Haja saúde!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!