quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Balanço da TUI no Pico em 2016


O ano de 2016 ainda não acabou mas já marcou para sempre a história do aeroporto do Pico, em particular, e do turismo na ilha montanha e nas restantes ilhas do "Triângulo", em geral: a TUIa maior companhia a nível mundial na área do lazer, viagens e turismo — efetuou voos entre Amesterdão, na Holanda, e o Pico, voos esses que constituíram as primeiras ligações aéreas regulares para a ilha do Pico provenientes do estrangeiro.

Após o término em agosto desta operação sazonal, a qual teve início em abril, e estando agora disponíveis alguns dados estatísticos relacionados com esta operação, é chegada a hora de fazer o balanço da TUI no Pico em 2016.

Com base nos dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores relativos ao transporte aéreo, a tabela seguinte apresenta, por mês, o número de voos da TUI para o Pico e número de passageiros dos mesmos por categorias: desembarcados, embarcados (em ambos os casos na ilha do Pico) e em trânsito (isto é, passageiros com origem em Amesterdão e desembarcados em São Miguel).


No total, foram efetuados 16 voos entre Amesterdão e o Pico, tendo o aeroporto da ilha montanha registado o desembarque de 846 pessoas e o embarque de 467 passageiros. Contudo, as estatísticas permitem tirar outras conclusões, nomeadamente:
  • Cerca de 45% dos passageiros que desembarcaram no Pico não embarcaram de volta no voo de regresso desta rota, o que significa que estas pessoas recorreram a outras formas de sair da ilha montanha, muito provavelmente implicando que visitaram outras ilhas açorianas, ou seja, esta rota ajudou na circulação de turistas pelo arquipélago, beneficiando assim várias ilhas;
  • Cerca de 31% de todos os passageiros que embarcaram em Amesterdão desembarcaram na ilha do Pico, o que significa que cerca de um terço desta operação da TUI destinou-se a um novo destino que ainda não tem uma projeção e marketing de vários anos, ao contrário da ilha de São Miguel, por exemplo (para onde se dirigiram os restantes dois terços).

Por fim, a pergunta que todos fazem é: a operação da TUI no Pico correu bem? A resposta dada pelas estatísticas não engana: não só foi uma nova porta de entrada no arquipélago que atraiu uma considerável percentagem de turistas, bem como mostrou que uma grande parte destes viajantes não se ficou só pela ilha montanha mas visitou outras ilhas, o que pode ser encarado como um sucesso para os Açores!

Haja saúde!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!