quarta-feira, 18 de abril de 2018

Central de Energia das Ondas do Pico foi destruída


Na tarde de ontem (17 de abril de 2018), a forte ondulação destruiu parte da estrutura da Central de Energia das Ondas do Pico. Este equipamento encontrava-se encerrado desde junho de 2016, sobretudo devido aos elevados custos com o funcionamento e devido à falta de financiamento. Recentemente, o Governo Regional tinha avançado com a hipótese de reabrir a central, de forma a que a mesma tivesse um papel preponderante na investigação em torno da produção energética a partir do mar.

Recorde-se que esta infraestrutura foi construída como Central Piloto Europeia de Energia das Ondas, com o objectivo de demonstrar a viabilidade técnica da energia das ondas. Assim, esta central tornou-se uma das únicas do género em todo o mundo, tendo iniciado o seu funcionamento em 1999; o Wave Energy Center (WaveEC) tem sido o responsável pela sua gestão.

Haja saúde!

Post scriptum: Central de ondas dos Açores vai ser desmantelada 19 anos depois


[Fonte: RTP-Açores]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!