quinta-feira, 26 de maio de 2016

Pontões da rampa da antiga Fábrica da Baleia estão em risco

O complexo museológico da antiga Fábrica da Baleia Armações Baleeiras Reunidas, Lda., em São Roque do Pico, hoje Museu da Indústria Baleeira - o primeiro museu industrial público dos Açores - contempla não só a unidade fabril que foi o maior e mais importante complexo de transformação e processamento de cachalotes dos Açores, mas também um vastíssimo património envolvente, o qual contribuiu fortemente para aquilo que é a paisagem da zona do Cais do Pico.

Em particular, pela rampa anexa à antiga Fábrica da Baleia passaram largas centenas de cachalotes entre 1949 e 1984. Deste então, a rampa caiu em desuso, mas as ondas do mar não deixaram de existir, fazendo com que atualmente os respetivos pontões desta rampa estejam em risco de desaparecer.

Como as imagens em anexo comprovam, a situação ainda não é grave, mas é sempre melhor (e implica menos custos) prevenir uma situação pior do que remediar mais tarde. Assim, e através do site "Na Minha Ilha", efetuei um registo desta ocorrência junto dos serviços regionais competentes. Estes serviços responderam, informando o seguinte:
Relativamente ao assunto mencionado em epígrafe, o qual mereceu a nossa melhor atenção, vimos pelo presente agradecer o contato de V. Exa. e informar que a Direção Regional dos Assuntos do Mar irá, brevemente, proceder à análise do estado da referida rampa e, se necessário, ponderar intervir no local, em articulação com a Direção Regional da Cultura.

O património deixado pelos nossos antepassados não é de ninguém em particular mas sim de todos nós, cabendo a cada um a missão de o tentar preservar. Este foi um pequeno contributo nesse sentido, esperando que tenha sido o "empurrão" necessário para que a rampa da antiga Fábrica da Baleia seja recuperada e preservada.

Haja saúde!




Sem comentários:

Enviar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!