segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

SATA prepara inquérito que poderá vir a revolucionar o transporte aéreo para o Pico


Na passada sexta-feira (2 de dezembro de 2016), o presidente do grupo SATA, Paulo Menezes, deslocou-se à ilha do Pico para reunir com a associação de municípios desta ilha, tendo 'trazido na bagagem' excelentes novidades relacionadas com o transporte aéreo para a ilha montanha, ilha onde "é notório e é reconhecido que há um crescimento sustentado". Mais concretamente, as boas novas são:
  • A partir da segunda quinzena deste mês de dezembro, a SATA lançará um inquérito de satisfação aos passageiros da Azores Airlines, onde será possível perceber de onde vêm os passageiros e para onde se destinam;
  • De abril a outubro de 2017, os voos Lisboa / Pico / Lisboa serão todos diretos (isto é, sem escala na ilha Terceira) e esta rota contará com pelo menos três frequências semanais;
  • Nos meses de junho, julho e agosto de 2018, a rota Lisboa / Pico / Lisboa terá garantidamente quatro frequências semanais.

É de salientar e de saudar a realização deste inquérito, o qual permitirá, por exemplo, identificar quantos passageiros se deslocam para a ilha do Pico através de outras gateways açorianas, bem como quem sai da ilha montanha recorrendo a outros aeroportos regionais. Assim, cabe também aos passageiros que se deslocam de ou para a ilha do Pico via outros aeroportos que colaborem fielmente neste inquérito, indicando que a ilha montanha corresponde efetivamente à origem ou ao destino final, respetivamente.

Depois, com base nestes resultados, com certeza que a transportadora aérea regional ajustará as suas rotas e as frequências de acordo com os verdadeiros pares origem/destino dos passageiros, indo assim de encontro ao desejo de muitos picarotos e de quem visita a ilha montanha.

Em suma, este inquérito da SATA poderá vir a revolucionar, a médio prazo, o transporte aéreo para a ilha do Pico!

Haja saúde!

[Exemplo de preenchimento deste inquérito.]

[Em anexo encontram-se notícias da RDP/Açores e da RTP/Açores relacionadas com este assunto.]


Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!