domingo, 19 de junho de 2016

Porto do Cais do Pico terá nova funcionalidade

O porto do Cais do Pico, situado na vila de São Roque do Pico, está a ser preparado para receber várias toneladas de pedra, as quais serão embarcadas para a ilha de São Jorge, a fim de serem utilizadas na empreitada de prolongamento do porto de Velas. Mais concretamente, e como as fotografias em anexo comprovam, está a ser criada uma zona dedicada na ponta da doca, onde depois operarão o batelão "Varosa" e o rebocador "Comandante Águas", permitindo assim o transporte mais de 600 toneladas de pedra por viagem.

Esta é uma situação que já tinha sido anunciada neste blog, no dia 1 de abril deste ano de 2016, sendo que na altura muitas pessoas pensaram tratar-se de uma brincadeira. Curiosamente, é a situação real que quase parece uma peta: agora passarão toneladas de pedra junto a um molhe de um porto que supostamente não pode ser mais prolongado, isto porque é muito profundo e seria extremamente dispendioso efetuar tal empreitada. É caso para perguntar: e se colocassem cá e lá algumas destas pedras, fora da ponta da doca, não ficaria menos fundo, pelo menos os metros necessários para possibilitar um prolongamento do cais, o qual permitisse a operação em simultâneo de navios porta-contentores e de navios de passageiros de menor porte?

Por fim, registe-se que a economia de uma sociedade depende de investimentos tanto públicos como privados. Recentemente, a vila de São Roque do Pico tem observado uma revitalização devido a privados, como é exemplo a abertura de espaços de cultura, de comércio e de entretenimento. Resta agora o Governo Regional honrar a sua palavra e fazer a sua parte (até o Manél Verdelho e o Zé da Madrinha o dizem): construir um novo terminal marítimo de passageiros em São Roque do Pico.

Haja saúde!

Post scriptum: adicionadas fotos neste post relativas à primeira descarga de pedra (20 de junho de 2016) e da pedreira de origem (localizada na freguesia de Santa Luzia, concelho de São Roque do Pico).

[Foto do início da operação]







Sem comentários:

Publicar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!