domingo, 14 de outubro de 2018

Você decidiu: haverá audioguias no Museu da Indústria Baleeira!


Graças à votação dos cidadãos, a proposta "Audioguias no Museu da Indústria Baleeira e espaços envolventes" foi uma das propostas vencedoras do primeiro Orçamento Participativo dos Açores. Mais concretamente, esta proposta, inserida na área temática do Turismo, foi a mais votada de entre todas as propostas associadas à ilha do Pico.

Desta forma, o Museu da Indústria Baleeira — antiga Fábrica da Baleia Armações Baleeiras Reunidas, Lda., em São Roque do Pico, o primeiro museu industrial público dos Açores e aquele que foi o maior e mais importante complexo de transformação e processamento de cachalotes dos Açores — vai ficar dotado de audioguias, os quais trarão várias vantagens, como por exemplo:
  • Por ser mais agradável ouvir do que ler explicações, os audioguias permitem cativar e prender os visitantes a um museu, para além de os encaminhar num determinado percurso sem este ter de estar assinalado ou ter de ser acompanhado;
  • Estes dispositivos permitem também explicar todos os pequenos detalhes que não têm uma placa dedicada (tais como os riscos de giz na "Fábrica da Baleia");
  • Com um audioguia podem ser adicionados sons que permitem dar vida a uma peça em exposição (ex., ao explicar a oficina do ferreiro, ouvir-se-ia o som do ferro a ser moldado) ou mesmo dar voz a quem já faz parte da história (pequenas histórias da baleação contadas por antigos baleeiros);
  • Ouvir a explicação do museu na língua nativa do turista (seja ele português, alemão, russo, chinês, etc.) leva a que este se sinta mais próximo do que se pretende transmitir, permitindo aproximar os turistas da perceção e entendimento do valor cultural e patrimonial presente no museu;
  • Os audioguias dão origem a menos "poluição visual" de placas informativas, mantendo a autenticidade de um espaço histórico que se pretende preservar.

Prevê-se que, durante o ano de 2019 e com um investimento da ordem dos 30.750,00 €, os audioguias no Museu da Indústria Baleeira e espaços envolventes sejam uma realidade. O acompanhamento do processo de implementação desta proposta (bem como de todas as restantes propostas vencedoras) pode ser seguido através do seguinte link: https://op.azores.gov.pt/

Por fim, quero agradecer a todos aqueles que votaram nesta proposta e que deram a conhecer a mesma; a minha ideia não ficou em casa para que, da forma mais autêntica possível, se preserve e se dê a conhecer esta "Fábrica da Baleia", um valioso património não apenas do Cais do Pico ou da ilha montanha, mas também de todo o arquipélago dos Açores!

Haja saúde!





Sem comentários:

Enviar um comentário

Para evitar perder a ideia do comentário, sugere-se que escreva primeiro o mesmo num editor de texto e depois copie para aqui; assim, se ocorrer algum erro (por vezes não funciona à primeira), tem sempre cópia do seu texto.

Muito obrigado por comentar neste blog! Haja saúde!