segunda-feira, 30 de abril de 2018

Imagens da baleação na ilha do Pico

Cais do Pico (São Roque do Pico), cerca de 1930.

O site "História dos Açores", o qual se dedica a divulgar a história açoriana em imagens, compilou um conjunto de mais de uma centena de imagens relacionadas com a baleação na ilha do Pico.

São várias as fotografias que permitem fazer uma viagem no tempo e observar todo o processo relacionado com a baleação na ilha montanha, desde a caça até à transformação do cachalote. Para visualizar este conjunto de recordações da história da ilha do Pico, basta clicar em qualquer uma das imagens que incorporam este post.

Haja saúde!

Cais do Pico (São Roque do Pico), cerca de 1950.

domingo, 29 de abril de 2018

Piscina do Cais e Furna de Santo António com Bandeira Azul em 2018


A Piscina do Cais e a Furna de Santo António, ambas localizadas no concelho de São Roque do Pico, serão as únicas zonas balneares da ilha montanha onde estará hasteada a Bandeira Azul na época balnear de 2018.

Recorde-se que a Bandeira Azul é uma distinção atribuída anualmente pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) a praias (marítimas e fluviais) e marinas que cumpram um conjunto de requisitos de qualidade ambiental, segurança, bem-estar, infraestruturas de apoio, informação aos utentes e sensibilização ambiental.

Assim, este galardão é um símbolo de garantia de qualidade da Piscina do Cais e da Furna de Santo António, em particular, e das zonas balneares do Pico, em geral.

Haja saúde!

Piscina do Cais


Furna de Santo António

sábado, 28 de abril de 2018

Voto de Reconhecimento — Petição sobre o Aeroporto do Pico


Foi com agradável surpresa que os promotores da petição pública "Pelo aumento das condições de operacionalidade do Aeroporto da ilha do Pico" tomaram conhecimento de um Voto de Reconhecimento que nos foi dirigido [em anexo], voto esse que foi aprovado por unanimidade na sessão de 26 de abril de 2018 da Assembleia Municipal da Madalena.

Vimos, desta forma, agradecer publicamente, aos deputados proponentes e restantes representantes eleitos, por esta deliberação, a qual muito nos honra e sensibiliza.

Haja saúde!

Ivo Sousa
Bruno Rodrigues
Luís Ferreira



VOTO DE RECONHECIMENTO

Nos últimos dois anos habituamo-nos a acompanhar com muita atenção a informação de diversos blogues e páginas de grupo que nos informam semanalmente das preocupações, anseios, ocorrências e evoluções sobre o aeroporto do Pico.

Também neste período surgiu por iniciativa do Ivo Sousa, do Bruno Rodrigues e do Luís Ferreira, na qualidade de primeiros signatários, uma petição pública que se intitulava: “Pelo aumento das condições de operacionalidade do Aeroporto da ilha do Pico”.

Ao todo esta petição recolheu 2351 assinaturas, número simbólico, por ser exatamente a altitude do nosso Pico.

Como principal propósito, a petição pretendia incitar o Governo Regional a desenvolver esforços que levem à melhoria da operacionalidade do Aeroporto do Pico através da implementação do grooving em toda a sua extensão, bem como o aumento do comprimento da pista do Aeroporto do Pico.

Do trabalho desenvolvido fica um importante contributo técnico para o desenvolvimento do processo, mas fica, também, a certeza do sério envolvimento cívico dos proponentes e a mobilização da sociedade Picoense em redor desta ambição coletiva.

Depois de debatida em sede de Assembleia Legislativa Regional é justo que se faça a correta homenagem aos primeiros signatários.

Assim, o Grupo Municipal do Partido Social Democrata propõe à Assembleia Municipal da Madalena, reunida em 26 de abril de 2018, a aprovação de um voto de reconhecimento ao Ivo Sousa, ao Bruno Rodrigues e ao Luís Ferreira, na qualidade de primeiros signatários da petição pelo aumento da condições de operacionalidade do Aeroporto do Pico, pelo trabalho cívico desenvolvido, disponibilidade, todo o contributo técnico e como prova da importância do envolvimento dos cidadãos.

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Os Açores: ilhas selvagens da Europa

Nas profundezas do Atlântico, novas ilhas se formam, muito lentamente, ao lado dos antigos picos dos Açores. Algumas destas ilhas emergentes agora quase alcançam a superfície. Mas como a selva encontrou o seu caminho até às rochas inóspitas, muito antes da chegada dos humanos? A resposta está nos pássaros. Espécies da Europa e da América chegaram aqui carregando sementes. Eles são, de certa forma, os fundadores das ilhas. E as criaturas mais comuns nos Açores são aranhas! Em torno deles, seguindo as correntes, os gigantes do mar se reúnem para desfrutar da festa do plâncton microscópico que estas ilhas lhes servem.
Esta é a sinopse de um magnífico documentário sobre os Açores, o qual foi feito para a National Geographic Wild [vídeo em anexo]. Nele são apresentadas imagens deslumbrantes da vida animal no arquipélago açoriano, sendo que é feita uma menção especial à vinha da ilha do Pico (a qual é património mundial pela UNESCO), pois este tipo de cultura picarota está em perfeita harmonia com a natureza.

Haja saúde!

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Pico em destaque na revista de viagens 'Condé Nast Traveler'


A revista internacional de viagens 'Condé Nast Traveler' dirigiu-se recentemente aos seus leitores e referiu que, enquanto muitas pessoas pensam em férias em Paris e Amesterdão, o destino perfeito para os aventureiros está nos Açores!

"Um paraíso a ser explorado" é uma das muitas frases que integra o artigo "The Trip Your Most Adventurous Friends Are Taking", onde o Pico está em destaque:
Não perca a ilha do Pico, conhecida pelas suas vinhas que são património da UNESCO, bem como os golfinhos e baleias que se encontram ao largo da sua costa.
Haja saúde!

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Tubarão beija mergulhador ao largo do Pico


Os picarotos são pessoas que sabem bem receber quem os visita. Pois bem, esta hospitalidade é de tal forma uma imagem de marca de toda a ilha montanha, incluindo a natureza envolvente, que até os tubarões que vivem ao largo do Pico gostam de cumprimentar os mergulhadores que os visitam... e logo com um beijo!

Haja saúde!

terça-feira, 24 de abril de 2018

Vitória Futebol Clube conquista o Campeonato Associação de Futebol da Horta 2017/2018


O Vitória Futebol Clube tornou-se no passado domingo (22 de abril de 2018) o vencedor antecipado do Campeonato Associação de Futebol da Horta 2017/2018.

O clube de São Roque do Pico [e que ostenta no seu símbolo as mesmas palavras que dão nome a este blog] conquista assim o principal troféu da presente época futebolística da ilha montanha, quando ainda falta disputar uma jornada desta prova.

Este título de campeão alcançado pelo Vitória Futebol Clube permitirá também o acesso deste emblema picoense ao Campeonato de Futebol dos Açores na época 2018/2019.

Haja saúde!




segunda-feira, 23 de abril de 2018

Picaroto vence prémio internacional de música


O artista Zé Duarte, picaroto radicado há muitos anos em San Diego, Califórnia (EUA), foi um dos grandes vencedores da edição de 2018 dos "Internacional Portuguese Music Awards", a qual decorreu no passado dia 21 de abril em New Bedford, Massachusetts (EUA).

O seu tema 'Haja Saúde' [cujo registo áudio se encontra em anexo] venceu na categoria "Música Popular".

Os "Internacional Portuguese Music Awards" são uns prémios que visam reconhecer os feitos de excelência alcançados na indústria musical por artistas com ascendência portuguesa, sendo que as várias categorias pretendem mostrar como os artistas inspiram o público em todo o mundo.

Haja saúde!


('Haja Saúde' © Zé Duarte)




Uma publicação partilhada por IPMA Awards (@ipma_awards) a


domingo, 22 de abril de 2018

Visitarte 2018 — O Festival de Artes em Casas Rurais


A segunda edição do Visitarte, o festival de artes em casas rurais, vai acontecer na freguesia de São Mateus do Pico de 27 de abril a 1 de maio 2018. A MiratecArts anuncia as datas e o local deste projeto único nos Açores, que leva a arte e ações artísticas para o seio do alojamento local da ilha.

O programa na freguesia de São Mateus começa por celebrar o Dia Mundial do Design Gráfico, na sexta-feira 27 de abril, onde a MiratecArts convida designers gráficos da ilha a juntarem-se na Junta de Freguesia pelas 21h, enquanto durante o dia haverá atividades para as crianças na escola. No sábado, 28 de abril, é o Dia Mundial do Sorriso, e celebra-se os 3 anos dos Sorrisos de Pedra de Helena Amaral com a inauguração de uma nova série de 9 esculturas no Parque Padre Joaquim Vieira da Rosa, pelas 17h. O Dia Mundial da Dança, domingo 29, leva à Aldeia dos Caldeirões uma surpresa em termos de dança contemporânea, e claro, na ilha do Pico não conseguimos celebrar dança sem haver a tradicional chamarrita. Ainda neste dia às 19h, residentes e visitantes também serão convidados a visitar o Retiro dos Cabritos.

Segunda, 30 de abril, é o Dia Mundial do Jazz, ou #jazzday como é mais conhecido online, e a partir das 19h30 The Wooden House é o local para se estar, seguido pela Adega JB, pelas 21h.

Dia do Trabalhador, a 1 de Maio, vê atividades para crianças acontecerem na loja de artesanato Picoartes pelas 17h30 e às 19h dá-se o encerramento no novo empreendimento Ilhéu do Areeiro, que promete pão fresco e o lançamento do novo produto da Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico.

"Convidamos residentes e visitantes a aventurarem-se connosco e a conhecer a freguesia de um outro ponto de vista.” diz Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts e fundador do Visitarte. "Surpresas artísticas vão ser apresentadas em todos os locais e, este ano, marcamos cada dia com o tema do Dia Mundial. Vai ser especial."

[Fonte: DiscoverAzores]

Haja saúde!

sábado, 21 de abril de 2018

Petição sobre o Aeroporto do Pico debatida em plenário da Assembleia Regional dos Açores


No passado dia 19 de abril de 2018 foi apresentada e debatida em plenário da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores a petição "Pelo aumento das condições de operacionalidade do Aeroporto da ilha do Pico" [vídeo em anexo].

Este foi um processo que começou em setembro de 2016, com o início da recolha das 2351 assinaturas — tantas quantas a altura da montanha do Pico, depois a respetiva petição foi submetida à Assembleia Regional em julho de 2017, em pleno Aeroporto da ilha do Pico, seguiu-se a discussão da mesma em sede da Comissão de Economia em novembro de 2017, numa reunião realizada na ilha montanha propositadamente para este efeito, culminando agora com este debate na casa da democracia açoriana.

Se já se sabia que os picarotos falavam a uma só voz na necessidade de melhoria do seu aeroporto, nomeadamente o aumento da pista, se ao longo do processo de tramitação da petição se ficou a saber que o "Triângulo" defende igualmente esta melhoria, agora foi a vez de se ficar a conhecer que todos os grupos e representações parlamentares da Assembleia Regional dos Açores reconhecem a necessidade de melhoria do aeroporto da ilha montanha, estando assim de acordo com os termos da petição.

Deste modo, esta petição não foi apenas uma mera formalidade, mas sim mostrou que a sociedade civil soube identificar um problema, apontar soluções e dar o seu contributo de forma construtiva, tendo os representantes políticos não só reconhecido que existe uma necessidade de melhoria do aeroporto do Pico, bem como que o aumento da pista é um investimento que terá de ser considerado num futuro próximo.

Por fim, os promotores desta petição nunca esquecerão o enorme apoio das pessoas que a assinaram e a união pública demonstrada, incluindo as vertentes empresarial e política. O sucesso alcançado por esta petição deve-se a este exemplo de cidadania construtiva por parte de todos os intervenientes. O nosso muito obrigado a todos!

Haja saúde!

Notícias relacionadas:
Post scriptum: No final de maio de 2018, começou a empreitada do grooving da pista do aeroporto do Pico, concretizando-se assim um dos objectivos da petição.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Pico Zen 2018


De 26 a 30 de abril de 2018 decorre a 2.ª edição do "Pico Zen", uma iniciativa que pretende acolher, sob o mesmo abraço, práticas e palestras das diversas tendências de Yoga, além de atividades com foco em meditação e alimentação saudável. O objetivo é também facilitar o encontro com a comunidade interessada em partilhar, praticar e aprender juntos.

Serão, assim, 5 dias de atividades relacionadas com saúde e relaxamento, desfrutando da natureza e recursos naturais da ilha do Pico. Mais informações em:

Haja saúde!

Post scriptum: Reportagem RTP-Açores

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Alunas de São Roque do Pico vencem Concurso Euroscola 2018 - Círculo dos Açores


As alunas Carlota Ávila e Inês Ponte da Escola Básica e Secundária de São Roque do Pico foram as vencedoras do Concurso Euroscola 2018 - Círculo dos Açores.

O concurso "Euroscola" tem como objetivo contribuir para a formação de uma consciência europeia junto dos alunos que frequentam o ensino secundário regular e o ensino profissional sobre as possibilidades que lhes oferece a sua cidadania europeia, bem como sobre o papel que o Parlamento Europeu desempenha no processo de decisão europeu.

O tema da edição do Euroscola, para 2017/2018, é "Igualdade de Género". Estas alunas irão agora representar os Açores e fazer uma apresentação oral do seu trabalho a um júri nacional (em maio).

Haja saúde!

Post scriptum: Alunas de São Roque do Pico vencem Sessão Nacional do Concurso Euroscola 2018

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Central de Energia das Ondas do Pico foi destruída


Na tarde de ontem (17 de abril de 2018), a forte ondulação destruiu parte da estrutura da Central de Energia das Ondas do Pico. Este equipamento encontrava-se encerrado desde junho de 2016, sobretudo devido aos elevados custos com o funcionamento e devido à falta de financiamento. Recentemente, o Governo Regional tinha avançado com a hipótese de reabrir a central, de forma a que a mesma tivesse um papel preponderante na investigação em torno da produção energética a partir do mar.

Recorde-se que esta infraestrutura foi construída como Central Piloto Europeia de Energia das Ondas, com o objectivo de demonstrar a viabilidade técnica da energia das ondas. Assim, esta central tornou-se uma das únicas do género em todo o mundo, tendo iniciado o seu funcionamento em 1999; o Wave Energy Center (WaveEC) tem sido o responsável pela sua gestão.

Haja saúde!

Post scriptum: Central de ondas dos Açores vai ser desmantelada 19 anos depois


[Fonte: RTP-Açores]

terça-feira, 17 de abril de 2018

Ponderando sobre juntas médicas no Pico


A realização de juntas médicas de incapacidade para o trabalho é feita por três médicos: dois são do exterior, sem conhecimento da situação clínica dos paciente, e o terceiro médico é o profissional de saúde que acompanha regularmente cada doente.

De forma a poupar recursos financeiros à Região (e, por inerência, a todos nós), as juntas médicas relativas aos pacientes do Pico e do Faial são feitas na mesma altura, de forma a aproveitar a presença dos dois médicos externos, por exemplo, provenientes da ilha de São Miguel.

Se, à partida, a ideia de poupança é bem-vinda, a verdade é que mesmo assim é possível tomar decisões que conseguem causar mais incómodos aos doentes e serem mais onerosas para a Região. Confusos? Então analise-se um caso concreto que ocorreu recentemente [ver vídeo em anexo].

Dois médicos, oriundos de São Miguel, vêm integrar as juntas médicas do Pico e do Faial. No caso da ilha montanha, 14 pacientes têm o seu caso em análise, sendo que (no conjunto) são 5 os médicos que regularmente os acompanham; no caso da ilha azul, existem 7 pacientes que vão à junta médica, acompanhados de 2 médicos. De entre as várias formas de organização destas juntas médicas, destacam-se três:
  • Opção 1 — os médicos externos chegam de avião a uma ilha, efetuam lá as respetivas juntas médicas, vão de barco para a outra ilha e finalizam o seu trabalho (eventualmente ainda regressam à primeira ilha para apanharem o avião de volta, devido a questões de poupança no bilhete de avião) — esta opção implica a compra de 2 bilhetes de barco (eventualmente mais 2 de regresso à primeira ilha, como explicado anteriormente);
  • Opção 2 — os médicos externos vão só ao Pico e os pacientes do Faial, bem como os respetivos médicos, deslocam-se à ilha montanha (ida e volta) — esta opção implica a compra de (7+2)×2 bilhetes de barco;
  • Opção 3 — os médicos externos vão só ao Faial e os pacientes do Pico, bem como os respetivos médicos, deslocam-se à ilha azul (ida e volta) — esta opção implica a compra de (14+5)×2 bilhetes de barco.
Considerando o preço de 3,60 € da viagem de ida entre Pico (Madalena) e Faial (Horta), as diferentes opções têm o seguinte custo no que respeita ao transporte marítimo:
  • Opção 1 — 7,20 € (ou, no máximo, 14,40 €);
  • Opção 2 — 64,80 €;
  • Opção 3 — 136,80 €.
Além do ponto de vista económico, a Opção 1 tem a vantagem de ser a que causa menos transtornos aos pacientes, pois permanecem sempre na sua ilha (é de salientar que alguns estão com mobilidade reduzida). Por outro lado, a Opção 3 é a mais desvantajosa, quer em termos de custos para a Região, quer em termos de incómodos com viagens para a maioria dos pacientes.

Posto isto, qual foi a opção escolhida? A Opção 3, a mais cara e que mais transtornos causa aos pacientes, nomeadamente aos picarotos!

Por outro lado, se tivesse sido escolhida a Opção 1, a Região teria poupado 122,40 € (136,8 € - 14,4 €) e os pacientes do Pico e do Faial seriam atendidos nas suas respetivas ilhas!

Em suma, e por incrível que possa parecer, um melhor serviço de saúde também pode ser mais económico!

Haja saúde!

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Pico lidera crescimento aéreo no inverno IATA 2017/2018


O Serviço Regional de Estatística dos Açores divulgou recentemente os dados relativos ao transporte aéreo que permitem fazer uma análise ao inverno IATA 2017/2018 (período compreendido entre o último domingo de outubro de 2017 e o último domingo de março de 2018).

As estatísticas mostram que continua a haver um crescimento dos passageiros aéreos de e para todas as ilhas açorianas, o qual atingiu 7,6% como valor médio (face ao período homólogo anterior).


Analisando com mais detalhe, verifica-se que quatro ilhas cresceram acima da média regional, sendo que a ilha do Pico foi a que liderou este grupo (13,1%).

A ilha montanha merece ainda uma outra nota de destaque: recordando que, ao longo de todo o ano de 2017, o crescimento dos passageiros aéreos na ilha do Pico foi o pior entre todas as ilhas (1,4%, o qual se deveu à falta de lugares disponíveis), os resultados agora alcançados, em plena época baixa, mostram que quando não existem limitações nos voos (isto é, quando a oferta se adequa à procura), o Pico cresce significativamente e atinge rapidamente a liderança regional (tal como aconteceu em 2016).

Resumindo, os números não enganam: o Pico está na moda!

Haja saúde!

Post scriptum: Esta análise foi igualmente publicada na edição n.º 41.547 do 'Diário dos Açores', de 17 de abril de 2018.

domingo, 15 de abril de 2018

Abate de bovinos no primeiro trimestre de 2018 — Pico em grande destaque


O abate de bovinos nos Açores para consumo local cresceu 5% nos primeiros três meses de 2018, comparativamente com igual período de 2017, informou recentemente a Secretaria Regional da Agricultura e Florestas.

Entre janeiro e março deste ano, à exceção do Corvo, Flores, Graciosa e Faial, todas as ilhas contribuíram para a recuperação no total de abates aprovados, com especial destaque para o Pico (30,41%), São Jorge (28,32%) e, em quantidade absoluta, São Miguel (3,74%) e Terceira (6,41%).

Prevê-se que nos próximos meses ocorra um crescimento ainda mais expressivo ao nível do abate de carne para consumo local devido às várias festas dedicadas ao Espírito Santo, tradicionais em todas as nove ilhas dos Açores.

No que diz respeito ao abate de bovino para exportação, nos primeiros três meses de 2018 é de registar também um crescimento de 9,4%, sendo que, com exceção das Flores e da Graciosa, as restantes ilhas tiveram crescimento positivos, com claro destaque para São Jorge (39,73%) e Pico (25,49%).

É, ainda, de destacar o aumento expressivo de 28,5% no abate de carne com Identificação Geográfica Protegida (IGP). [Recorde-se que é na ilha montanha que se situa a grande maioria das explorações que se dedicam à produção de carne IGP (quase 40% do todo regional).]

O total de bovinos aprovados para abate nos matadouros dos Açores cresceu 7,4% no primeiro trimestre deste ano.

[Fonte: GaCS]

Haja saúde!

sábado, 14 de abril de 2018

Entre mar e montanha

A ilha do Pico é um mundo à parte. E não só por causa da sua montanha. Percecionar e viver o seu quotidiano, repleto de leveza e de mistérios, é uma experiência que empolga quem a visita.
Assim começa uma reportagem bilíngue (em português e em inglês) sobre a ilha do Pico, patente na edição n.º 12 da revista de bordo da SATA e da Azores Airlines, a My Plan de março/abril de 2018 [reportagem na íntegra em anexo].

Haja saúde!

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Picarota chamada à Seleção Nacional de Futebol sub-16


Daniela Santos, centrocampista de 13 anos, capitã dos Iniciados do Prainha Futebol Clube (de São Roque do Pico), é uma das 25 jogadoras convocadas para o estágio de preparação que a Seleção Nacional Feminina de Futebol sub-16 irá realizar entre os dias 16 e 19 de abril de 2018, na Cidade do Futebol (em Oeiras).

Esta chamada à Seleção Nacional é fruto do trabalho desenvolvido pela Daniela ao longo do tempo. Segundo o seu pai, Elviro Manuel Bettencourt dos Santos, “ela nunca gostou de brincar com bonecas e nada dessas coisas. Ela quer é jogar à bola. Gosta de desporto. Usa os dois pés. E é capaz de jogar horas contra uma parede para aperfeiçoar o pé esquerdo”. Também segundo o seu treinador do Prainha FC, Paulo Pereira, a Daniela “é uma atleta exemplar. É a atleta mais completa da minha equipa. Como pessoa é exemplar. É a minha ajudante. É persistente e tem boas notas”.

Haja saúde!

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Andamento da substituição de cabeços no Porto do Cais do Pico (5)


[Link para imagens posteriores]

Apresentam-se, em anexo, algumas fotografias (datadas de 8 de abril de 2018) relativas ao andamento da empreitada de substituição de cabeços no Porto do Cais do Pico, localizado na vila de São Roque do Pico [link para fotos mais antigas].

Recorde-se que esta obra obrigou a que a respetiva rampa ro-ro ficasse inoperacional desde o dia 3 de novembro de 2017 [link sobre o assunto], situação que levou à redução de escalas neste porto por parte da Linha Verde da Atlânticoline, pese embora a substituição de cabeços só tenha começado efetivamente a meados desse mês [link para mais informações].

Entretanto, os trabalhos de substituição de cabeços junto à rampa ro-ro já se encontram praticamente finalizados, prevendo-se para breve o regresso a este porto da maioria das escalas no Pico relativas à Linha Verde da Atlânticoline (a qual liga Pico, São Jorge e Faial).

Haja saúde!

Post scriptum: Eis o stop feito ao contador de quanto tempo esteve inoperacional a rampa ro-ro do Porto do Cais do Pico antes das escalas dos navios 'Aqua Jewel' e 'Gilberto Mariano' em 4 de maio de 2018.








quarta-feira, 11 de abril de 2018

Bombeiros de São Roque do Pico vencem Campeonato Regional de Trauma - Ilhas 2018


Decorreu no passado fim de semana (de 6 a 8 de abril de 2018), na ilha da Madeira, o VI Campeonato Regional de Trauma - Ilhas 2018. De entre as 11 equipas participantes (5 dos Açores e 6 da Madeira), sagraram-se como grandes vencedores os Bombeiros Voluntários de São Roque do Pico.

No geral, as equipas açorianas estiveram em grande destaque neste campeonato: para além do 1.º lugar conquistado pelos Bombeiros Voluntários de São Roque do Pico, a equipa B dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória ficou na 2.ª posição, os Bombeiros Voluntários do Nordeste conquistaram o 3.º lugar e a equipa A dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória classificou-se na 4.ª posição, assegurando estas quatro equipas açorianas um lugar no Campeonato Nacional de Trauma, que terá lugar em Ponte de Sor, de 1 a 3 de junho.

Os vencedores da fase nacional terão direito a representar Portugal no World Rescue Challenge 2018, na cidade do Cabo, na África do Sul (de 25 a 28 de outubro).

O Campeonato Regional de Trauma é considerado pela Associação Nacional de Salvamento e Desencarceramento (ANSD) como uma plataforma de aprendizagem, de comparação de técnicas e competências por meio de uma avaliação, de acordo com a metodologia da World Rescue Organisation (WRO).

Haja saúde!




terça-feira, 10 de abril de 2018

108.º Aniversário da Filarmónica Liberdade do Cais do Pico


O dia 10 de abril de 1910 tem um lugar especial na história do lugar do Cais do Pico, vila de São Roque do Pico: neste dia foi fundada a Filarmónica Liberdade do Cais do Pico.


(Hino da Filarmónica Liberdade do Cais do Pico)

Esta instituição de utilidade pública, a qual celebra agora o seu 108.º aniversário, conta com um longo historial [link] e atualmente mantém em funcionamento a sua principal atividade — a Banda Filarmónica e a Escola de Música — sob a batuta do maestro Manuel Francisco Serpa.

Através deste post, aproveito esta data para prestar uma homenagem não só à filarmónica homónima deste blog, mas também a todas as sociedades filarmónicas da ilha montanha, desejando os maiores êxitos para todas estas instituições, as quais são um valioso património do Pico, em particular, e dos Açores, em geral:
  • Liberdade do Cais do Pico
  • União Artista de São Roque
  • Recreio União Prainhense
  • Recreio Santamarense
  • União Musical da Piedade
  • Lira Fraternal Calhetense
  • Recreio Ribeirense
  • União Ribeirense
  • Liberdade Lajense
  • Recreio dos Pastores
  • Lira de São Mateus
  • União e Progresso Madalense
  • Lira Madalense

Haja saúde!

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Vitória Futebol Clube conquista a Taça Associação de Futebol da Horta 2017/2018

O Vitória Futebol Clube tornou-se no passado domingo (8 de abril de 2018) o vencedor da Taça Associação de Futebol da Horta 2017/2018.

O clube de São Roque do Pico (e que ostenta no seu símbolo as mesmas palavras que dão nome a este blog) conquista assim o primeiro troféu da presente época futebolística da ilha montanha, o qual lhe garante também a participação na primeira eliminatória da Taça de Portugal na próxima época.

Parabéns a toda a equipa do Vitória!

Haja saúde!


domingo, 8 de abril de 2018

Pico entre os pré-finalistas das 7 Maravilhas à Mesa


De entre os 49 pré-finalistas das 7 Maravilhas à Mesa, a ilha montanha consegue o pleno ao ter as suas três candidaturas nesta fase deste concurso das 7 Maravilhas de Portugal:

A edição de 2018 das 7 Maravilhas de Portugal é dedicada à verdadeira experiência de comer e beber a uma mesa portuguesa — as 7 Maravilhas à Mesa pretende eleger alguns dos patrimónios mais apreciados pelos portugueses: a Gastronomia associada aos Vinhos e a Roteiros Turísticos.

As 49 pré-finalistas serão apresentadas na RTP1 para votação pública a partir de 21 de julho de 2018, ao longo de 7 galas em semanas consecutivas (até 2 de setembro), com 7 MESAS pré-finalistas em cada gala. Serão eleitas as 2 MESAS mais votadas todos os domingos, o que significa que no total das 7 galas seguem em frente 14 MESAS. A Gala Finalíssima terá lugar no dia 16 de setembro.

Para conhecer os pormenores de cada uma das três candidaturas da ilha do Pico, basta clicar nas imagens seguintes.

Haja saúde!

Post scriptum: link para artigo relacionado | adicionado, no final deste post, as datas das galas e respetiva composição, bem como vídeos de apresentação das três mesas do Pico a concurso.

Mesa de São Roque do Pico / Capital do Turismo Rural

Mesa das Lajes do Pico / Capital da Cultura da Baleia

Mesa da Madalena do Pico / Capital dos Açores da Vinha e do Vinho




sábado, 7 de abril de 2018

Escala de navios de mercadorias no Porto do Cais do Pico — abril 2018


A Transinsular publicou no seu site a escala para o mês de abril de 2018 dos navios de carga que efetuam a ligação Continente - Açores (clique na tabela seguinte para conhecer esta escala).


Os navios e as datas em que os mesmos vão visitar o Porto do Cais do Pico, na vila de São Roque do Pico, encontram-se indicados na tabela seguinte (clicando no nome do navio abre uma nova janela com a localização atual do mesmo).

DiaNavio
03 de abril (terça-feira)Insular
12 de abril (quinta-feira)Furnas
18 de abril (quarta-feira)Insular
26 de abril (quinta-feira)Laura S

Previsão de entradas e saídas de navios - Porto do Cais do Pico: Todas estas informações encontram-se igualmente disponíveis no separador "Barcos" deste blog.

Haja saúde!

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Rescaldo da visita de 2018 do Governo Regional à ilha do Pico


Terminou ontem (quinta-feira, 5 de abril) a visita estatutária anual do Governo Regional à ilha do Pico. Nesta visita de 2018 não faltaram as habituais inaugurações, visitas a obras em curso e promessas para o futuro, entre outros. De seguida apresenta-se um resumo desta mesma visita.

No que respeita às acessibilidades à ilha montanha, a pista do Aeroporto do Pico vai ser dotada com o sistema de 'grooving', o qual irá aumentar de forma significativa a operacionalidade e as condições de segurança deste aeroporto. Este sistema deverá ficar concluído em julho, permitindo assim a operação em dias de condições meteorológicas adversas, nomeadamente dias de chuva [notícia | som | foto 1 | foto 2 | vídeo 1 | vídeo 2 | vídeo 3 | álbum]. Em relação às acessibilidade marítimas, dentro de muito em breve vão arrancar também as obras de reparação do Porto da Madalena, sendo que já decorrem os trabalhos de montagem do estaleiro, prevendo-se que, antes do verão, esteja já em velocidade de cruzeiro a frente da obra marítima. Sobre o terminal de passageiros em São Roque do Pico, continua de pé a decisão política de avançar, cabendo agora à componente técnica encontrar a solução que, dentro da racionalidade de investimento, possa melhor servir São Roque, o Pico e o Grupo Central do arquipélago [notícia].

No domínio das pescas, a obra do Núcleo de Pescas da Madalena deverá arrancar no último trimestre deste ano. Além disso, foi também apresentado o projeto para a construção de sete casas de aprestos e de um posto de recolha em São Roque do Pico — vão iniciar muito em breve os procedimentos para a contratação desta obra, a qual irá arrancar no terceiro trimestre deste ano e que terá a duração de cerca de seis meses [notícia | som 1 | som 2 | imagem].

No âmbito do turismo, foi lançada a primeira pedra da empreitada de construção da zona de apoio às descidas da montanha e da área de estacionamento de viaturas. Esta obra tem um prazo de concretização de um ano [notícia | som | imagem 1 | imagem 2]. Foi ainda feita uma visita à obra em curso da Casa dos Vulcões, que se iniciou em novembro de 2017 e tem um prazo de execução de 15 meses. Este será um centro de divulgação do património geológico, onde se destacam a Cápsula Sensorial, constituída por um domo geodésico representando um veículo destinado a realizar viagens imaginárias ao centro da Terra e onde serão efetuadas projeções audiovisuais, e o Simulador de Sismos, que permitirá simular, com grande realismo, este tipo de fenómenos naturais [notícia | som | imagem 1 | imagem 2 | vídeo].

Na área da saúde, foi reaberto o Posto Médico da Piedade, num espaço provisório e até estarem concluídas as obras de reestruturação do edifício da Filarmónica da Piedade, onde serão acolhidos os serviços de saúde em definitivo [notícia | som | imagem]. Em relação à hemodiálise no Pico, Falta concluir o processo de validação do anel de água para que a hemodiálise comece a funcionar na ilha, um processo que se estima que seja uma realidade em breve [vídeo].

No setor da agro-pecuária, a capacidade de armazenamento de água para as explorações agrícolas será reforçada com a impermeabilização da Lagoa do Paul, cujas obras já estão em marcha e permitirão armazenar cerca de sete mil metros cúbicos de água [notícia | som 1 | som 2 | imagem 1 | imagem 2 | imagem 3 | vídeo]. Também foi feita uma visita à beneficiação do caminho dos Matos de São João, uma obra que também ainda não está finalizada [notícia | som 1 | som 2 | imagem].

No âmbito da solidariedade social e afins, o Governo dos Açores pretende avançar em 2019 com novos investimentos na área da infância e juventude nesta ilha, nomeadamente a requalificação das creches, jardins de infância e centros de atividades de tempos livres das santas casas da Misericórdia da Madalena e das Lajes do Pico [notícia | som 1 | som 2 | imagem 1 | imagem 2]. Foi também assinado um contrato de cooperação para financiamento das obras de ampliação da Obra Social Madre Maria Clara [notícia | som | imagem 1 | imagem 2].

Outros assuntos merecem uma nota de destaque, tais como os investimentos destinados à prevenção e segurança das populações e bens. Mais concretamente, foi assinado o contrato de intervenção num troço da Estrada Regional N.º 1–2.ª, em São Roque do Pico — construção de um muro de suporte e berma, designada por 'Muro do Jaiminho', de forma a permitir o alargamento da plataforma da via, numa largura suficiente para permitir a construção de uma banda de estacionamento longitudinal e um passeio [notícia | som 1 | som 2 | imagem 1 | imagem 2]. Foi também anunciado que a obra de proteção do Cais do Mourato, no concelho da Madalena, vai arrancar muito em breve, prevendo-se que durante este verão a obra estará em andamento [notícia | som | imagem].

Finalmente, foram tomadas algumas deliberações pelo Governo Regional em relação à ilha do Pico, as quais foram dadas a conhecer através do Comunicado do Conselho do Governo [em anexo].

Haja saúde!

Comunicado do Conselho do Governo reunido no Pico (abril de 2018)