quarta-feira, 31 de maio de 2017

Programa da visita de Marcelo Rebelo de Sousa ao Pico


Integrado numa visita de seis dias a sete ilhas dos Açores — Corvo, Flores, Terceira, Pico, Graciosa, Faial e São Jorge, e aos seus doze concelhos — o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai estar na ilha montanha no próximo sábado, dia 3 de junho de 2017.

O programa da visita à ilha do Pico é o seguinte [link para o programa completo da visita pelas várias ilhas]:
  • 15h00 — Passagem pela Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico — Lajido da Criação Velha, Madalena;
  • 16h30 — Visita ao Museu dos Baleeiros — Lajes do Pico;
  • 18h30 — Encontro com o líder do PSD/Açores, Duarte Freitas — Pousada da Juventude do Pico, São Roque do Pico;
  • 20h30 — Jantar com as forças vivas da ilha do Pico — Salão da Filarmónica Liberdade do Cais do Pico, São Roque do Pico.

Esta é a primeira visita à ilha montanha por parte do chefe de Estado desde que tomou posse em 9 de março de 2016, sendo que esta visita aos grupos ocidental e central do arquipélago açoriano foi marcada propositadamente para que Marcelo Rebelo de Sousa estivesse presente na Sessão Solene do Dia da Região, 5 de junho, que este ano se celebra no parlamento açoriano, na ilha do Faial.

Haja saúde!

Post scriptum: link para rescaldo desta visita.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Basalto com raízes


Apresenta-se de seguida, e na íntegra, a reportagem bilíngue (em português e em inglês) sobre São Roque do Pico — Capital do Turismo Rural, patente na edição n.º 7 da revista de bordo da SATA e da Azores Airlines, a My Plan de maio/junho de 2017.

Haja saúde!

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Horários Atlânticoline — Linha Verde - verão 2017


Com o aproximar do verão, a Linha Verde da Atlânticoline passa a dispor de mais viagens entre as ilhas do "Triângulo".

Mais concretamente, passam a existir, no mínimo, duas ligações diárias (uma de manhã e outra à tarde) entre as ilhas do Pico, São Jorge e Faial, sendo que esta situação manter-se-á até meados de setembro.

Recorde-se que no separador "Barcos" deste blog é possível encontrar os horários dos navios de passageiros que servem a ilha do Pico de forma regular, bem como dos navios de mercadorias que escalam o principal porto comercial da ilha do Pico.

Haja saúde!



Rotas de passageiros:
Rotas de mercadorias:
Previsão de entradas e saídas de navios - Porto do Cais do Pico:


Seguimento, em tempo real, dos navios em redor da ilha do Pico.


domingo, 28 de maio de 2017

Zonas Balneares do Pico com Qualidade de Ouro — 2017


Neste ano de 2017, a Quercus distinguiu uma zona balnear da ilha montanha com o galardão Qualidade do Ouro [link para a listagem nacional]:

Lajes do Pico

Esta avaliação de Qualidade de Ouro efetuada pela Quercus é mais limitada em comparação com os múltiplos critérios para atribuição da Bandeira Azul, ao basear-se apenas na qualidade da água das praias, sendo contudo mais exigente neste aspeto em específico, para além de incluir todas as águas balneares, não envolvendo qualquer processo de candidatura.

Recorde-se que na ilha do Pico estão identificadas 11 zonas balneares oficiais para 2017:

São Roque do Pico
Lajes do Pico
Madalena

Por fim, a melhor forma de averiguar a qualidade das zonas balneares da ilha montanha é mesmo usufruir das mesmas!

Haja saúde!

sábado, 27 de maio de 2017

Governo dos Açores avança este ano com construção de casas de aprestos em São Roque do Pico


O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia anunciou ontem [26 de maio de 2017] que o Governo dos Açores vai avançar este ano com a obra de construção de seis casas de aprestos e de um posto de recolha no Núcleo de Pescas de São Roque, salientando que esta é “uma reivindicação antiga dos pescadores do Pico”.

Gui Menezes, que falava à margem de uma reunião com a Associação de Armadores de Pesca Artesanal do Pico, adiantou ainda que, por sugestão dos armadores desta ilha, o projeto da obra do Núcleo de Pescas da Madalena “está a ser reformulado”, acrescentando que este é um dos investimentos que será realizado no âmbito do Programa Operacional Mar 2020.

O Secretário Regional, que considerou “muito útil” este encontro com os armadores picoenses, defendeu a importância de “vir ao terreno, ver a realidade das situações e recolher sugestões e necessidades” do setor.

Neste encontro com a Associação de Armadores de Pesca Artesanal do Pico, o Secretário Regional frisou ainda que está a ser preparado, em parceria com a Universidade dos Açores, um programa de monitorização dos recursos costeiros, como é caso das lapas, um recurso muito importante para esta ilha.

Gui Menezes referiu ainda que estão a ser avaliadas as candidaturas dos pescadores da Madalena que foram afetados pela intempérie de 27 de fevereiro para serem apoiados pelo Executivo açoriano, no âmbito de um regime de apoio excecional aprovado no Conselho de Governo de abril.

[Fonte da notícia: GaCS]

Haja saúde!

sexta-feira, 26 de maio de 2017

"ECO freguesias" do Pico em 2016


O concurso "ECO Freguesia, freguesia limpa", organizado pelo Governo dos Açores, tem como principal objetivo reconhecer e distinguir a limpeza das freguesias açorianas e o bom desempenho dos cidadãos e das diversas entidades na preservação da qualidade ambiental.

Na edição de 2016 deste concurso, e considerando as 17 freguesias da ilha do Pico, obtiveram-se os seguintes resultados [link para a lista completa das classificações das 156 freguesias açorianas]:
  • 8 freguesias foram premiadas com um galardão (uma bandeira e um certificado), sendo que três delas (Prainha, Santo Amaro e Calheta de Nesquim) obtiveram o certificado de excelência — o reconhecimento mais elevado do concurso;
  • 7 freguesias obtiveram um diploma de reconhecimento pelos esforços no âmbito do programa (atribuído nos casos em que não tenham sido cumpridos os objetivos mínimos por razões que não sejam diretamente imputáveis às juntas de freguesia);
  • 2 freguesias não atingiram os objetivos constantes no regulamento do concurso.

Destaque ainda para o facto de a ilha montanha ser a única dos Açores onde as suas freguesias que obtiveram, no passado, o certificado de excelência, o mantiveram sempre até ao presente: terceiro ano consecutivo para a Prainha e segundo ano consecutivo para Santo Amaro e Calheta de Nesquim. Além disso, a freguesia da Prainha, no concelho de São Roque do Pico, pertence ao restrito grupo de quatro freguesias dos Açores — a par do Corvo, da freguesia das Lajes das Flores e da freguesia de Porto Martins (Praia da Vitória, Terceira) — que obtiveram sempre certificado de excelência de "ECO Freguesia, freguesia limpa" desde que existe este reconhecimento máximo.

Haja saúde!

"ECO freguesias" do Pico em 2016.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Revolução nas ligações aéreas Pico / Lisboa em 2018?


A SATA e o Governo Regional dos Açores estão a preparar uma solução para aumentar as frequências e a disponibilidade de lugares nos voos entre Lisboa e o Pico, bem como para o Faial e Santa Maria.

Segundo notícia da RTP-Açores [em anexo], o objetivo passa por alterar as Obrigações de Serviço Público já no próximo ano de 2018, visando o reforço das acessibilidades do exterior às ilhas do Pico, do Faial e de Santa Maria. Esta solução poderá passar pela utilização de novas aeronaves com capacidade superior a 90 lugares, mas inferior aos 165 dos aviões A320 atualmente utilizados nas rotas com a capital portuguesa, de modo a trazer maior flexibilidade nesta operação aérea.

Aguardemos agora pelo desenrolar dos acontecimentos, os quais poderão revolucionar as ligações entre o Pico e Lisboa.

Haja saúde!

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Plano Anual Regional 2017 — investimentos/ações para o Pico


O Plano Anual Regional para 2017 contempla os vários investimentos públicos e ações que estão previstos nos Açores para este ano [link para consultar este plano na íntegra].

No caso da ilha do Pico, os destaques vão para (por ordem decrescente do valor de investimento/ação):
  • Rede hidrográfica da ilha do Pico: empreitada de requalificação da Ribeira da Areia, na Prainha; empreitadas de contenção de fluxos detríticos da Ribeira do Dilúvio (fase 2) e das ribeiras Grande e Nova, em São Caetano [1.328.765 €].
  • Centro de Apoio ao Idoso da Madalena: início da empreitada de construção deste centro [1.192.163 €].
  • Aeroporto da ilha do Pico: apoio aos investimentos a realizar no aeródromo visando a melhoria da sua operacionalidade e segurança, destacando-se o "grooving" da pista, a regularização da faixa SRTIP no fim da pista e a instalação de equipamentos diversos, tais como equipamento para o SSLCI e para estação meteorológica [1.055.285 €].
  • Casa dos Vulcões: construção e instalação dos conteúdos expositivos neste centro de interpretação [746.380 €].
  • Quartel de Bombeiros das Lajes do Pico: ampliação deste quartel [515.000 €].
  • Estrada Regional 3-2.ª Longitudinal: empreitada de requalificação [452.785 €].
  • Base da Montanha da ilha do Pico: construção de zona de apoio às descidas e de uma área para estacionamento de viaturas [353.712 €].
  • Centro de Saúde da Madalena: aquisição de equipamentos, com destaque para um equipamento de Tomografia Computorizada (TAC) [309.801 €].
  • Porto de São Roque do Pico: apoio aos investimentos a realizar no porto, destacando-se a instalação de cabeços de amarração e a ultimação do projeto do novo terminal de passageiros, visando melhores condições de operacionalidade e de eficácia no embarque e desembarque de passageiros e veículos, cumprindo também os requisitos de segurança da operação na área portuária [290.000 €].
  • Museu da Construção Naval em Santo Amaro: projeto e construção de edifício-sede e requalificação e adaptação dos armazéns de construção naval [224.723 €].
  • Centro de Noite da Piedade: criação deste centro [213.686 €].
  • Casas de aprestos de São Roque do Pico: construção das casas de aprestos do núcleo de pescas de São Roque do Pico [201.426 €].
  • Centro de Saúde das Lajes do Pico: obras de requalificação e reorganização [177.000 €].
  • Estradas Regionais da ilha do Pico: manutenção e requalificação de estradas [175.000 €].
  • Núcleo de pescas da Madalena: empreitada de construção e serviços de fiscalização para melhoria das condições operacionais e de segurança do núcleo de pesca do porto da Madalena [75.000 €].
  • Orla costeira da ilha do Pico: conclusão dos trabalhos de estabilização da orla costeira sobranceira à Irmandade da Coroa do Espírito Santo em São João [55.025 €].
  • Museografia do Museu do Pico: revisão e implementação do projeto museográfico das exposições de longa duração [25.000 €].
  • Lancha Espalamaca: recuperação desta embarcação [20.000 €].
Estes investimentos/ações perfazem assim um total de 7.410.751 euros.

Outras ações que também estão contempladas no Plano Anual Regional para 2017 e que estão associadas à ilha do Pico são:
  • Cultura da vinha na ilha do Pico: apoios à reabilitação da paisagem tradicional da cultura da vinha em currais na ilha do Pico e à manutenção de paisagens [850.000 € a dividir também por sistema de incentivos à manutenção de paisagens tradicionais da cultura da vinha, em currais e em socalcos, e de pomares de espécies tradicionais, situadas em áreas de paisagem protegida e em fajãs costeiras, integradas nos parques naturais de ilha, e em reservas da biosfera].
  • Igrejas e estruturas pastorais da ilha do Pico: apoio à reconstrução das estruturas danificadas pelo sismo de 9 de julho de 1998 [845.000 € a dividir também pela ilha do Faial].
  • Lagoas da ilha do Pico: monitorização do estado trófico das lagoas através da realização de amostragens físico-químicas das massas de água das lagoas [75.000 € a dividir também pelas lagoas de São Miguel, Flores e Corvo, bem como pelo sistema de arejamento da Lagoa das Furnas e pelo equipamento e funcionamento do Laboratório dos Recursos Hídricos].
  • Monitorização de térmitas na ilha do Pico: monitorização regular da infestação por térmitas da madeira seca [50.856 € a dividir também pelas ilhas de Santa Maria, São Miguel, Terceira, São Jorge e Faial, bem como pela gestão do Sistema de Certificação de Infestação por Térmitas (SCIT) e por projetos de erradicação e controlo das térmitas subterrâneas na Praia da Vitória e na Horta].

Por fim, e para quem tiver curiosidade de verificar o que transitou do ano passado para o presente plano, aqui fica o link para os investimentos/ações para a ilha do Pico contemplados no Plano Anual Regional de 2016.

Haja saúde!

terça-feira, 23 de maio de 2017

Montanha do Pico — a tímida princesa


Aos 25 anos, Nuseir Yassin (também conhecido por Nas) decidiu deixar o emprego e viajar à volta do mundo, partilhando a sua experiência todos os dias através de um vídeo de um minuto — assim nasceu o "Nas Daily"!

Acontece que Nas passou recentemente pela ilha do Pico e, como não podia deixar de ser, partilhou um minuto dedicado à ilha montanha (em anexo). Neste vídeo, o autor refere que "se as montanha pontiagudas fossem uma família, o Monte Fuji, no Japão, seria o rei, a montanha Mayon, nas Filipinas, seria a rainha, enquanto a montanha do Pico, por ter apenas 200.000 anos, seria... a tímida princesa"!

Haja saúde!

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Radar da PSP no Pico — maio 2017

Segundo a PSP, neste mês de maio de 2017 serão efetuadas algumas operações de controlo de velocidade por radar na ilha do Pico, nomeadamente em:

  • 23 de maio (terça-feira) / 08h00 / Candelária (Madalena);
  • 26 de maio (sexta-feira) / 14h00 / Bandeiras (Madalena).

Haja saúde!

domingo, 21 de maio de 2017

Estreia do navio "Master Jet" no Pico


Apresentam-se de seguida algumas fotografias e um vídeo relativos à estreia do navio de passageiros "Master Jet" na passada sexta-feira (19 de maio de 2017) no porto comercial do Cais do Pico, situado na vila de São Roque do Pico.

Este catamaran é uma embarcação de alta velocidade — High Speed Craft (HSC) — com capacidade para 700 passageiros e 85 viaturas. Com um comprimento de 74 m e uma velocidade cruzeiro de 36 nós, este navio encontra-se atualmente ao serviço da Linha Amarela da Atlânticoline.

Recorde-se que os horários dos navios de passageiros que servem a ilha do Pico de forma regular, bem como a previsão de entrada e saída de navios no principal porto comercial da ilha montanha, podem ser encontrados no separador "Barcos" deste blog.

Haja saúde!








sábado, 20 de maio de 2017

Como nasceu a "Fábrica da Baleia" de São Roque do Pico

Foto: História dos Açores

Hoje, 20 de maio de 2017, comemora-se mais um aniversário da inauguração em 1994 do Museu da Indústria Baleeira, situado em São Roque do Pico. Integrando estas celebrações dos 23 anos de existência deste espaço museológico, irá ocorrer neste local, pelas 21h00, uma apresentação de obras de José Carlos Garcia:
  • A Fábrica da Baleia de São Roque do Pico – Açores (3.ª edição)
  • Roteiro da Fábrica da Baleia de São Roque do Pico – Açores (1.ª edição)
Este museu pode ser encarado como uma autêntica viagem no tempo, pois o mesmo resulta da reconversão da antiga unidade fabril que foi o maior e mais importante complexo de transformação e processamento de cachalotes dos Açores e que laborou entre 1949 e 1984.

Mas, então, como nasceu a "Fábrica da Baleia" de São Roque do Pico?

Pois bem, e graças a umas notas escritas deixadas pelo saudoso José Duarte Garcia, é possível não só responder à pergunta anterior, mas também perceber o sentimento de uma pessoa, em particular, e de uma sociedade, em geral, relativamente ao impacto que a "Fábrica da Baleia" teve durante a época em que laborou.

Assim, e também como forma de homenagear os antepassados empreendedores que deram o seu melhor para trazer prosperidade para a sua comunidade, transcreve-se de seguida e na íntegra as notas históricas supramencionadas, constituindo esta a minha oferta para o Museu da Indústria Baleeira.

Haja saúde!



Como nasceu a "Fábrica da Baleia" de São Roque do Pico

Eram três, até 1942, em São Roque do Pico, as armações que se dedicavam à caça da baleia (cachalote) e à extração do óleo: "Companhia Velha Baleeira, Lda.", "Armação Baleeira Livramento, Lda." e "Atlântida, Lda.".

Eram "companhias guerreadas", quer no mar, quer em terra. Para extrair o óleo em caldeiras a fogo direto era tarefa difícil e demorada e o produto de inferior qualidade. Urgia melhorar a situação.

Alguém pensou, e bem, reunir as armações e construir uma fábrica com extração do óleo a vapor, o que lhe daria "boa qualidade".

Assim se fez e no dia 29 de agosto de 1942, no Cartório Notarial de São Roque do Pico, é lavrada a escritura de "Constituição de Sociedade" denominada "Armações Baleeiras Reunidas, Lda.".

Poucos anos depois entra em funcionamento a tão desejada "Fábrica da Baleia". Tudo se modifica: aumentam as capturas; aumentam as quantidades e qualidades dos óleos; aumenta o poder económico.

O poder económico foi tal que levou o povo a dizer:
— Nascer nas Lajes do Pico para nascer nobre;
— Viver no Cais do Pico para viver rico;
— Morrer na Madalena para ter grande funeral.
A "Fábrica da Baleia" teve elevado valor, não só para o concelho, como para todo o Grupo Central. Nela se transformaram em óleos, farinhas e vitaminas, em determinado tempo, os cachalotes de todo o Pico, Faial, São Jorge, Graciosa e Terceira.

Posso testemunhar que, num só dia, chegaram ao Cais do Pico 38 baleias (cachalotes).

Duma forma geral, tudo correu bem até 1984, ano em que foi proibida a captura de baleias.

José Duarte Garcia

Foto: História dos Açores

Foto: História dos Açores

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Azores Fringe Festival 2017


De 26 de maio a 30 de junho decorre o Azores Fringe Festival 2017: um conjunto de eventos que vão desde exposições, cinema e literatura à dança, teatro e música, entre outros.

Nesta quinta edição, mais uma vez é possível ter uma explosão artística dos Açores para o mundo, onde os trabalhos de mais de 300 artistas oriundos de vários países podem ser sentidos nas 9 ilhas dos Açores.

Aqui fica o programa deste festival, sendo que mais informações podem ser encontradas em: www.azoresfringe.com

Haja saúde!

Post scriptum: Vídeos do Azores Fringe 2017 disponíveis no link https://vimeo.com/user22118899


quinta-feira, 18 de maio de 2017

Uma casa no Pico, virada para São Jorge, ali em São Roque


O apresentador João Paulo Rodrigues revelou recentemente um dos seu objetivos de vida: ter uma casa nos Açores, mais concretamente "no Pico, virada para São Jorge, ali em São Roque".

Aqui fica o vídeo do Jornal Rosa, da SIC, onde o apresentador fez a revelação relativa a ter uma casa na ilha montanha e frisou claramente que "é aí que eu quero a minha casa!"

Haja saúde!

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Concurso de Fotografia "ZAPE - Dia do Burro"

Foto: Sonia de Kaenel

Encontra-se aberto o concurso de fotografia "ZAPE - Dia do Burro", o qual pretende celebrar a população asinina nos Açores, incluindo a reconhecida raça autóctone do burro anão da ilha Graciosa.

O próprio nome ZAPE, palavra com origem onomatopaica e que representa o som que o burro faz com a extremidade da pata quando bate no chão, foi escolhido por ir ao encontro do dinamismo que este animal sempre concedeu ao mundo da ruralidade e que caracteriza, acima de tudo, a celebração do Dia do Burro a 8 de maio. Atualmente, o reconhecimento do seu papel social já é inegável, mas, infelizmente, a sua dignificação ainda não está assegurada. Por isso, o ZAPE quer marcar a diferença nos Açores ao mesmo tempo que também tem a intenção de dar visibilidade a este animal presente em todo o mundo.

Neste concurso da MiratecArts, os fotógrafos são desafiados a captarem imagens da população asinina que se encontra nos Açores. O concurso comporta duas categorias: Melhor Imagem do Burro Anão da Graciosa e Melhor Imagem População Asinina nos Açores.

As condições de participação são:
  1. Trabalhos devem ser entregues até novembro de 2017, seguindo as instruções disponíveis em: www.zapediadoburro.com
  2. Podem ser submetidas até 3 imagens por categoria e por participante.

Os vencedores serão galardoados com um pacote promocional e com participação em eventos da MiratecArts numa ilha, além da ilha de sua residência.

Mais informações podem ser encontradas em www.discoverazores.eu.

Haja saúde!

terça-feira, 16 de maio de 2017

Horários Atlânticoline — Linha Amarela 2017

Foto: ellinikiaktoploia.net

A operação sazonal de 2017 da Atlânticoline — Linha Amarela, a qual liga todas as ilhas dos Açores (exceto Corvo) — decorre de 18 de maio a 24 de setembro.

No separador "Barcos" deste blog encontra-se um trabalho sobre os horários da Atlânticoline — Linha Amarela 2017, o qual tem como objetivo apresentar quais as melhores maneiras (tendo por base o menor tempo de duração de uma viagem, bem como evitar pernoitar em terra) de sair da/chegar à ilha do Pico com destino a/vindo de qualquer outra ilha dos Açores:
Atenção: para evitar ser apanhado de surpresa devido a eventuais alterações de última hora, confirme sempre o horário no site da Atlânticoline.

Haja saúde!

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Vitória Futebol Clube na finalíssima de Futsal para apurar campeão da AF Horta 2016/2017


O Vitória Futebol Clube qualificou-se neste fim de semana passado para a grande finalíssima de apuramento do campeão de Futsal em seniores masculinos da Associação de Futebol da Horta — época 2016/2017.

Para atingir este feito, a equipa de São Roque do Pico e campeã da ilha montanha disputou, a duas mãos, uma meia-final com a Associação de Voleibol do Capelo (campeã da ilha do Faial), tendo vencido ambos os jogos: em casa por 5-1 (no sábado, 13 de maio) e fora por 4-1 (no domingo, 14 de maio).

O Vitória vai agora disputar a grande finalíssima frente à equipa florentina Grupo Desportivo Os Minhocas, sendo que também será a duas mãos a decorrerem ambas na ilha das Flores no próximo fim de semana (20 e 21 de maio).

Parabéns a toda a equipa do Vitória!

Haja saúde!

Post scriptum: Fotos do jogo da 1ª mão (13 de maio @ Pavilhão da Escola BS de São Roque do Pico).
Post post scriptum: A equipa Grupo Desportivo Os Minhocas sagrou-se campeão da AFH em futsal 2016/2017; apesar de o Vitória FC ter vencido o primeiro jogo da final por 5-3, o GD Minhocas venceu o segundo por 4-2 e, após desempate por grandes penalidades (6-3), o título de campeão foi para a equipa florentina.


domingo, 14 de maio de 2017

Iate "Chronos" regressa ao Cais do Pico


Durante o dia de ontem, 13 de maio de 2017, o mega iate "Chronos" voltou a fundear na baía do Cais do Pico, ao largo da vila de São Roque do Pico.

Esta bela embarcação foi construída em 2013 e atualmente navega sob a bandeira da Holanda; tem 54 m de comprimento fora a fora, 9,7 m de boca e uma tonelagem bruta de 344 ton [link para mais detalhes técnicos].

Aqui ficam algumas fotografias para registar esta visita para a posteridade.

Haja saúde!




sábado, 13 de maio de 2017

Quem gosta de vinhos e de vinhas tem que ir ao Pico

Quem encara o vinho como um elemento cultural, e não como uma mera bebida, tem que gostar de vinhas. E quem gosta de vinhas não pode deixar de visitar a ilha do Pico pelo menos uma vez na vida. O perigo é ficar enfeitiçado para sempre. Eu fiquei.
Assim começa a crónica de Pedro Garcias sobre as vinhas do Pico, da autoria de Pedro Garcias e que integra o suplemento "Fugas" do jornal 'Público' [link para o texto completo].

Nunca é demais recordar que a Paisagem da Cultura da Vinha da ilha do Pico:

Haja saúde!

Foto: Miguel Manso

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Restaurante do Pico ganha destaque internacional


Situado no coração do Cais do Pico, o restaurante "Casa Âncora" foi recentemente destacado no site 'Food Republic' como um dos melhores restaurantes dos Açores.

Este portal internacional, o qual é dedicado a "todos aqueles que querem comer e beber bem" e que recebe mais de um milhão de visitantes por mês, fez uma seleção de 11 restaurantes açorianos: para além da "Casa Âncora", a única representação picoense, foram destacados seis restaurantes em São Miguel, três na Terceira e um no Faial.

Para os especialistas do 'Food Republic', "tudo parece saber bem nos Açores", referindo ainda que as comidas são servidas ao ritmo das ilhas — num andamento mais relaxado quando comparado com o das grandes metrópoles — mas as paisagens que acompanham as refeições são incríveis.

Haja saúde!


quinta-feira, 11 de maio de 2017

Procuram-se "bonecas de trapos" da ilha do Pico

© Pedro Silva

No decorrer do VISITARTE — O Festival de Artes em Casas Rurais, o qual teve lugar recentemente em São Roque do Pico, a Capital do Turismo Rural, a associação MiratecArts decidiu lançar um desafio a toda a população: partilhar as "bonecas de trapos" da ilha do Pico.

Na noite dedicada a Santo Amaro, a freguesia menos populosa da ilha e que, de acordo com Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts, é "de certeza a que tem mais criativos artísticos per capita", a conversa foi dominada pela "boneca de trapos" apresentada pelas gémeas Alzira e Conceição Neves.

"Marta 1939 é uma boneca muito especial" disse Conceição Neves. A boneca de trapos já venceu três prémios de referência e continua a deliciar milhares de pessoas que todos os anos visitam a Escola Regional de Artesanato de Santo Amaro.

Assim, entre os sons de cagarros, na rua, e os toques calorosos dos instrumentos de cordas de Zilda Machado, Manuel Amaro Eduardo, José Leonardo e Mónica Goulart, o convívio aqueceu e alastrou-se pela noite dentro com partilhas de histórias, canções e ideias. Terry Costa partilhou que o festival de artes internacional, Azores Fringe, vai acolher a Boneca de Ataúro. A ideia de coletar "bonecas de trapo" da ilha do Pico para exposição em junho surgiu desta conversa. "Assim, a boneca de trapos do Pico poderia conviver com a boneca da ilha de Ataúro e, por que não, ser motor de incentivo à recuperação de algo tradicional" sugere Terry Costa.

Boneca de Ataúro é um projeto que envolve mais de 60 mulheres no fabrico de bonecas de pano, "bonecas de trapo", que se tornaram símbolo da ilha de Ataúro, em Timor. "Por que não investigar e desenvolver um pouco mais a nossa boneca de trapos?" questiona Terry Costa. "Parece ser algo difícil de encontrar hoje em dia, por isso estamos a desafiar o povo do Pico a partilhar connosco as suas bonecas de trapos, nesta quinta edição do Fringe."

Para mais informações sobre como partilhar as "bonecas de trapos" da ilha do Pico, basta contactar a associação MiratecArts através do telefone 963 639 996 ou através do seguinte e-mail: info@mirateca.com

Haja saúde!

© Ana M. Costa

© Pedro Silva

quarta-feira, 10 de maio de 2017

terça-feira, 9 de maio de 2017

Vitória Futebol Clube vence Supertaça Dr. Manuel Faria de Castro — época 2016/2017


Após a conquista da quinta edição da Supertaça Dr. Manuel Faria de Castro, na época de 2014/2015, o Vitória Futebol Clube (VFC), no mesmo campo, venceu a Supertaça Dr. Manuel Faria de Castro, da época 2016/2017.

A festa que homenageia este Presidente Honorário da AFH decorreu domingo, 7 de maio, no Campo Municipal da Madalena, ilha do Pico, e foi disputada entre o V.F.C. (vencedor da Taça AFH) e o Futebol Clube Flamengos (Campeão AFH).

O V.F.C. venceu o jogo por 2-1, sendo os dois golos obtidos pelos seus avançados Rui Nunes e Lucas Viana, e o golo do F.C.F. coube ao jogador Sérgio Alvernaz que recebeu o troféu de melhor jogador em campo.

No início deste jogo, o qual encerrou a época desportiva 2016/2017 em seniores, o Vitória recebeu a Taça AFH e os Flamengos o troféu de campeão AFH.

A Supertaça Dr. Manuel Faria de Castro foi entregue ao Vitória Futebol Clube pelo filho do homenageado, Eng. Carlos Castro.

[Fonte: Associação de Futebol da Horta]

Parabéns a toda a equipa do Vitória!

Haja saúde!

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Picaroto torna-se no primeiro Cônsul Honorário de Portugal em San Diego


Idalmiro da Rosa, natural da ilha do Pico, foi recentemente confirmado como Cônsul Honorário de Portugal em San Diego, cidade californiana dos EUA onde se radicou há muitos anos.

Este destacado membro da comunidade portuguesa de San Diego, o qual já tinha sido nomeado a alguns meses e que aguardava apenas a confirmação pelo Departamento de Estado norte-americano, ficará para a história como o 1.º Cônsul Honorário de Portugal em San Diego: foi apenas em agosto de 2016 que foi oficializada a criação do Consulado Honorário de Portugal em San Diego, Estado da Califórnia, EUA, dependente do Consulado Geral de Portugal em São Francisco.

A presença portuguesa em San Diego, no sul da Califórnia, remonta ao século XVI, mais concretamente ao ano de 1542, quando João Rodrigues Cabrilho, navegador português ao serviço da coroa espanhola, se tornou no primeiro europeu a desembarcar no que é atualmente o Estado da Califórnia. Em termos de estabelecimento da comunidade portuguesa em San Diego, esta começou com famílias que chegaram no final do século XIX, existindo como primeiros registos os do casal Madruga, oriundo da ilha do Pico. Muitas influências portuguesas podem ser observadas nesta cidade californiana, mas sem dúvida a mais marcante é a grande festividade celebrada por todos os açorianos onde quer que estejam, a Festa do Espírito Santo, a qual em San Diego é oficialmente reconhecida como o festival étnico mais antigo da cidade.

Haja saúde!

domingo, 7 de maio de 2017

Grupo Desportivo da Casa do Povo de Santo António conquista títulos europeus


O Grupo Desportivo da Casa do Povo de Santo António (de São Roque do Pico) conquistou dois primeiros lugares e um terceiro lugar durante o Campeonato Europeu de Kickboxing 2017, o qual teve lugar na ilha de Santorini, Grécia, de 1 a 6 de maio:
  • Erica Tomé – Campeã Europeia de sub 13 em Point Fighting;
  • Nádia Raposo – Campeã Europeia de sub 18 em Point Fighting;
  • Bernardo Silva – Medalha de Bronze de sub 18 em Point Fighting.

Parabéns a todo o Grupo Desportivo da Casa do Povo de Santo António e em particular a estes atletas, os quais também já haviam sido campeões nacionais no passado!

Haja saúde!

Post scriptum: declarações áudio dos atletas.