sábado, 31 de dezembro de 2016

Balanço do ano de 2016


Mantendo uma tradição iniciada em 2014 e mantida em 2015, bem como tendo em consideração os 260 posts publicados durante o ano de 2016, permitam-me que faça um balanço do que passou por este blog neste ano que agora termina.

Em primeiro lugar, quero agradecer a todos os leitores deste blog — sem vocês não faria sentido manter e procurar constantemente desenvolver este projeto do blog "Cais do Pico", o qual é feito no meu tempo livre, com muito gosto e sem qualquer objetivo financeiro. É extremamente gratificante sentir que vocês estão aí desse lado, não apenas através dos comentários neste blog, mensagens para o seu e-mail (mail@caisdopico.pt) ou abordagem pessoal, mas sobretudo através do número de visitas online: este blog registou mais do dobro das visualizações apenas em 2016 quando comparado com o somatório de todos os anos anteriores! Mais concretamente, em abril passado foi atingida a marca simbólica das 200.000 visualizações e em novembro foi a vez das 400.000 visualizações, sendo que atualmente este blog já conta com mais de 450.000 visualizações! Estas marcas também se devem a todos aqueles que deram a conhecer este blog, mais concretamente a outros blogs que incluem o "Cais do Pico" na sua lista de blogs, a quem passou a palavra de boca em boca dos posts aqui publicados e a quem partilhou os mesmos no Facebook, sendo que a todas estas pessoas renovo o meu agradecimento.

Gostaria igualmente de partilhar convosco algumas situações que me sensibilizaram e que ao mesmo tempo fazem aumentar a responsabilidade sobre a qualidade da informação aqui disponibilizada:
  • Relacionado com o separador "Barcos" deste blog, houve um fórum sobre os Açores em língua alemã que escreveu: http://caisdopico.blogspot.de/ Einer der besten und informativsten Blogs rund um Pico - nebenbei auch immer mit den diversen aktuellen Fahrplanänderungen [http://caisdopico.blogspot.de/ Um dos melhores e mais informativos blogs sobre Pico - contém as várias alterações de horários atuais];
  • Atendendo ao separador "Aviões", duas pessoas em alturas distintas curiosamente disseram-me exatamente a mesma frase: "antes de marcar a viagem de férias ao Pico, fui ao teu blog saber quando havia voos";
  • O separador "Autocarros" teve vários comentários de turistas (que planearam viagens ao Pico) a solicitarem informações complementares diversas, mostrando que esta página é muito útil para os visitantes da ilha montanha.
Adicionalmente, não me esqueço de outras pessoas que nunca vieram ao Pico, não têm família nesta ilha nem qualquer outro laço afetuoso à mesma, mas que me informaram que seguem este blog regularmente "porque gostam"!

Estas são algumas das motivações que me incentivam a tentar cumprir o que afirmei no primeiro post de todos: que o blog "Cais do Pico" seja um ponto de comunicação do que se passa dentro da ilha do Pico e do que é notícia fora da ilha mas que influencia os picarotos, dando especial destaque à zona do Cais do Pico, à vila e ao concelho de São Roque do Pico.

De forma a reforçar a identidade deste blog na internet, o link de acesso direto passou a partir de julho de 2016 a ser mais simples de memorizar: caisdopico.pt (recordo que esta é apenas uma das formas de se conhecer as atualizações ao conteúdo deste blog, a par da página de Facebook do blog "Cais do Pico", a qual já conta com mais de oito centenas de subscritores, e do registo automático por e-mail, o qual permite receber automaticamente uma mensagem sempre que existir um novo post — consultem a barra lateral direita deste blog para aderir).

Permitam-me agora que evidencie algum do trabalho desenvolvido no blog "Cais do Pico" mas que é menos visível. Começo pelos separadores "Barcos", "Aviões" e "Autocarros", nos quais tento manter atualizado ao máximo os horários dos navios de passageiros, aviões e autocarros que servem regularmente a ilha do Pico, respetivamente (muitas vezes incluindo alterações aos horários anunciadas na véspera). Os restantes separadores, "Informações úteis" e "Sabia que...", foram também atualizados ao longo de 2016 — renovo aqui o meu desafio aos leitores deste blog para que visitem este último separador e verifiquem se já tinham conhecimento de todos os factos curiosos sobre a ilha do Pico lá descritos.

Outro trabalho igualmente menos visível, mas que desempenho com a missão de mostrar que a afirmação "aqui não se passa nada" não é de todo verdadeira, prende-se com o facto de tentar manter atualizada a mini agenda "ACONTECE POR AÍ", onde na parte superior da barra lateral direita deste blog (em baixo na versão mobile) estão os links para alguns eventos que estão acontecendo ou que vão acontecer nas redondezas. Em paralelo, tento adicionar o maior número de links para fotografias e vídeos de eventos já passados aos respetivos posts de agendas (como é exemplo a de dezembro), de forma a que estes fiquem mais facilmente acessíveis a toda a comunidade e para memória futura. Tal como referi no ano transato sobre os links da mini agenda e sobre os links para fotos/vídeos pós-eventos, gostaria de dizer que a esmagadora maioria dos links apresentados resulta de um trabalho pessoal de pesquisa diária, sendo que as informações sobre eventos que me forem transmitidas serão divulgadas com muito gosto e sem qualquer contrapartida, agradecendo desde já toda e qualquer colaboração que seja feita nesse sentido.

Tomando agora a liberdade de destacar alguns posts publicados durante o terceiro "ano de vida" do blog "Cais do Pico", começo pelo campeão das visualizações e que é o mais visto de sempre (com mais de 19.000 visualizações), o post intitulado "OVNI sobrevoa a ilha do Pico" — ninguém pode explicar ao certo o que aconteceu, nem se a ilha montanha será um bom local para observar OVNIs; o que eu posso afirmar com toda a certeza é que em 2016 ficou provado que o mar ao largo do Cais do Pico se revelou um excelente local para whale watching, tal como descrito no post "Baleia à vista, olh'ó bufo e mostra a foto".

Mas o ano de 2016 ficou marcado no seu início por uma carta aberta ao Secretário Regional do Turismo e Transportes sobre o transporte aéreo que serve a ilha do Pico, na qual denunciei publicamente que as obrigações de serviço público para as ligações aéreas interilhas não estavam a ser cumpridas para a ilha montanha. Apesar de nunca ter recebido uma resposta formal a esta missiva, o impacto da mesma foi imediato: no dia seguinte à divulgação desta carta aberta foi conhecido que o Aeroporto da ilha do Pico iria passar a contar com mais dois voos interilhas por semana, resolvendo assim o problema existente. Para mim esta foi a melhor resposta, pois fiquei com uma enorme satisfação por sentir que vale a pena lutar pelo que achamos justo!

Vários outros acontecimentos relacionados com o Aeroporto da ilha do Pico e com os transportes aéreos que servem esta ilha também mereceram destaque no blog "Cais do Pico". Houve espaço para estórias sobre "O voo Lisboa-Pico que (não) está cheio..." (situação que teve a equivalente "O voo Pico-Lisboa que (não) está cheio..." e que se repetiu com "O voo SATA Azores Airlines que não serve nem o Pico nem a Terceira!"), foi apresentada uma reflexão sobre os voos Lisboa - Pico - Lisboa, bem como a SATA foi questionada do porquê de alguns voos não serem divergidos para o Pico quando o seu aeroporto se encontra operacional e igualmente a SATA foi alertada para o facto de a rota Lisboa - Pico estar ausente da sua revista de bordo, sendo que esta última missiva deu os seus frutos e a situação denunciada foi posteriormente resolvida.

No entanto, três acontecimentos simbólicos ficarão para sempre na história de 2016 do Aeroporto da ilha do Pico: foi batido o recorde de aviões que num só dia escalaram este aeroporto, teve lugar a primeira operação aérea regular com origem no estrangeiro, mais concretamente voos diretos desde Amesterdão (cujo respetivo balanço da TUI no Pico foi apresentado neste blog), e foi superada pela primeira vez a marca dos 100 mil passageiros aéreos num só ano, sendo que nunca é demais recordar que o aeroporto da ilha montanha é aquele que regista até ao momento o maior crescimento percentual anual de toda a Região! Baseado nestas e noutras razões, o blog "Cais do Pico" também serviu de rampa de lançamento da "Petição pública pelo aumento das condições de operacionalidade do Aeroporto da ilha do Pico", petição esta que ainda se encontra em fase de recolha de assinaturas e sobre a qual convido todos aqueles que concordam com ela a assinar a mesma em:
http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=melhor-aeroportopico

O Porto do Cais do Pico e as respetivas escalas dos navios de passageiros foram outros temas amplamente abordado neste blog. Houve espaço para uma "estória cantada" com o tema "Sei lá!", o qual tenta responder à pergunta "E o barco da linha verde vai passar?", bem como foi apresentada a "agitação marítima" e a agitação marítima no Porto do Cais do Pico. Mas também foram destacados os bons exemplos dados pela Atlânticoline, nomeadamente um comunicado que deve ser a regra e não a exceção e os bons horários na altura dos festivais de verão, sendo que ainda houve espaço para o balanço da operação sazonal de 2016 da Atlânticoline.

Este porto comercial situado na vila de São Roque do Pico foi ainda alvo de ligeiros melhoramentos, mais concretamente durante 2016 (finalmente) foram colocados novos cabeços, os quais permitiram o reinício da operação sem constrangimentos na rampa ro-ro. Por outro lado, o Porto do Cais do Pico ficou com "feridas" devido às mais de 90 mil toneladas de pedra transportadas da ilha montanha para a ilha de São Jorge. Em qualquer caso, foi durante o ano que agora termina que foi batido o recorde do maior navio que atracou neste porto.

Outro tema relacionado com o futuro do transporte marítimo de passageiros de e para a ilha do Pico, e que também foi abordado neste blog, está relacionado com a construção do futuro terminal marítimo de passageiros. O Governo Regional dos Açores pondera a sua construção na baía de São Roque do Pico, enquanto ficou-se a conhecer publicamente que existiam propostas inovadoras para a baía do Cais do Pico que ainda não tinham sido completamente estudadas. Por estas e outras razões, este blog associou-se ao Concurso de desenho "Novo Porto de São Roque do Pico", uma iniciativa inédita no sentido de promover uma consulta pública antes da apresentação de um projeto, bem como premiou as ideias que foram consideradas pelo júri como sendo as melhores — ressalvo que todo o mérito deste concurso se deve a Marcus Ketterl, uma pessoa que, não sendo natural do Pico, escolheu a ilha montanha para viver e preocupa-se com o futuro da mesma, tendo despendido tempo e recursos próprios numa questão que afeta sobretudo o futuro de todos os picarotos e não só!

Alguns outros estudos sobre temas diversos foram também aqui apresentados publicamente. Foi analisado em termos de estatísticas o envelhecimento da população na ilha do Pico, nos Açores e em Portugal, bem como o transporte marítimo de mercadorias e dependência económica dos Açores face ao exterior. Outros trabalhos de pesquisa tentaram responder às perguntas "Onde moram as pessoas na ilha do Pico?", "Mito ou verdade: nos Açores chove todos os dias?" e ainda se está correta a utilização da expressão "vou ir".

Também houve espaço para divulgar algumas outras missivas que foram enviadas a organismos públicos. Mais concretamente, foi denunciado às entidades competentes que os pontões da rampa da antiga Fábrica da Baleia estão em risco, foi remetida uma carta aberta aos Secretários Regionais da Solidariedade Social e da Saúde sobre os cuidados continuados na ilha do Pico e igualmente por carta aberta foi sugerido ao Presidente da República que o Dia de Portugal fosse comemorado na ilha do Pico!

Aproximando-me do final deste balanço anual, quero mencionar alguns exemplos de temas abordados em 2016 neste blog e que encaro como lições de vida, os quais foram proporcionados pela comunidade do Cais do Pico. Começo pelo mais antigo e que já tem alguns séculos, "A lenda dos caranguejos do poço de maré do Convento de São Pedro de Alcântara", onde se comprova que com a motivação certa, tudo aquilo que parece extremamente difícil pode ser alcançado! E este ensinamento foi claramente posto em prática através da revitalização empresarial na vila de São Roque do Pico:

Para terminar, mas não menos importante, quero desejar a todos um ano de 2017 com muita saúde e boa disposição!

Haja saúde!

[Post scriptum: neste balanço foi mencionado o post "Baleia à vista, olh'ó bufo e mostra a foto"; pois bem, aqui fica a foto :) ]

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Montanha Pico Festival 2017


Ao longo do mês de janeiro de 2017 irá ter lugar na ilha do Pico a terceira edição do "Montanha Pico Festival", um festival que pretende estimular iniciativas concretas a todos os níveis para enfrentar as ameaças, melhorar a qualidade de vida e sustentar ambientes saudáveis nas regiões montanhosas do mundo, mais especificamente na ilha montanha dos Açores.

Haverá exposições de arte, apresentação de filmes, eventos musicais, aventuras na montanha, etc.

Aqui fica o programa oficial [link para versão Facebook], o vídeo-spot e o cartaz deste festival.

Haja saúde!

Post scriptum: Reportagens RTP-Açores — link 1 | link 2 | Sax na montanha — vídeo.



sábado, 24 de dezembro de 2016

Prenda de Natal: sopa de letras à moda do Pico!

Como prenda de Natal para todos os seguidores deste blog, oferece-se aqui uma sopa de letras feita à medida tendo em atenção a montanha da ilha do Pico.

As combinações de letras são inúmeras, mas o desafio é simples: encontrar uma e uma só palavra, a qual resume toda a essência da ilha montanha!

Haja saúde!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Lista de Águas Balneares a identificar em 2017

Até 31 de janeiro de 2017 encontra-se em consulta pública a lista de águas balneares açorianas a identificar em 2017. Em relação à ilha do Pico, a novidade passa pela inclusão de seis novas zonas balneares no concelho da Madalena, perfazendo assim um total de onze zonas balneares oficiais na ilha montanha: três em São Roque do Pico, uma nas Lajes do Pico e sete na Madalena.

Para consultar a lista das águas balneares a identificar em 2017 clique aqui.

Para efetuar a sua consideração sobre esta consulta pública, poderá enviar o seu contributo utilizando o endereço:

Direção Regional dos Assuntos do Mar
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Rua Cônsul Dabney, Colónia Alemã
9900-014 HORTA

Ou, preferencialmente, através do endereço de correio eletrónico: info.dram@azores.gov.pt

Mais informações sobre as zonas balneares açorianas podem ser encontradas em: aguasbalneares.azores.gov.pt

Recorde-se que, em 2016, duas zonas balneares da ilha do Pico foram galardoadas com Bandeira Azul e três zonas balneares foram classificadas com Qualidade de Ouro [consultar Zonas Balneares Oficiais do Pico - 2016].

Haja saúde!

Piscina do Cais do Pico

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Continua o crescimento de passageiros no Aeroporto do Pico


As estatísticas de 2016 continuam a demonstrar que a ilha do Pico está a registar um movimento muito interessante no que toca aos passageiros aéreos de e para a ilha montanha. Depois de em outubro ter sido superada a marca dos 100 mil passageiros aéreos num só ano, os dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores (relativos ao transporte aéreo) mostraram que em novembro a ilha do Pico voltou a crescer percentualmente acima da média regional, mantendo igualmente a liderança no acumulado anual.


Com este desempenho, o Aeroporto da ilha do Pico continua a afirmar-se como uma importante porta de entrada e de saída da ilha montanha. Ainda assim, e por variadíssimas razões, recorrer a esta infraestrutura acaba por não ser a escolha de muitos passageiros. No entanto, começou recentemente um inquérito do Grupo SATA, o qual tem o objetivo de proporcionar aos passageiros ligações e horários de voo tanto quanto possível adaptados às respetivas conveniências.

O inquérito do Grupo SATA é distribuído a bordo dos voos da Azores Airlines, sendo que em anexo encontra-se um exemplo de preenchimento do mesmo (apresenta-se o caso de um passageiro que vai de Lisboa para o Pico, mas que faz a viagem Lisboa-Horta (S4153), no dia 23 de dezembro, 6.ª feira, e depois apanha o barco às 17h15 Horta-Madalena).

Esta é a hora de todos os passageiros participarem de forma cívica e ativa, isto é, se têm o direito de pedir mais e melhores ligações aéreas que sirvam os seus interesses, então também têm o dever de preencher o inquérito que dá voz a essas pretensões.

Haja saúde!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

A neve noturna da montanha do Pico

Com o aproximar do inverno, o frio começa a aumentar e os casacos começam a sair do armário. Como é do conhecimento comum, geralmente as noites são a parte mais fria do dia e é quando deve haver maior agasalho.

Ora bem, a montanha da ilha do Pico não é exceção e, como comprovam as imagens da SPOTAZORES, já se vestiu com neve durante a noite passada!

Haja saúde!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Radar da PSP no Pico — dezembro 2016

Segundo a PSP, neste mês de dezembro de 2016 irão ser feitas operações de controlo de velocidade por radar na ilha do Pico, nomeadamente em:

  • 13 de dezembro (terça-feira) / 14h00 / Bandeiras (Madalena).

Haja saúde!

sábado, 10 de dezembro de 2016

Iluminação de Natal de São Roque do Pico

Apresentam-se de seguida algumas fotos relativas à iluminação nesta quadra natalícia de 2016 na vila de São Roque do Pico.

Haja saúde!

[Link para outras fotos sobre o mesmo tema]






sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Rajada de 245 km/h registada na ilha do Pico


O arquipélago dos Açores esteve nos últimos dias (de quarta-feira à noite, 7 de dezembro de 2016, até à madrugada do dia seguinte) debaixo de avisos amarelo, laranja e vermelho, sobretudo devido ao forte vento.

Como é bem conhecido por todos, "depois da tempestade vem a bonança", a qual também permitiu fazer um rescaldo dos acontecimentos: foram registadas um total de 27 ocorrências em toda a Região, sendo que todas essas ocorrências não registaram danos significativos, incluindo o incidente relativo a parte do telhado da gare marítima da Madalena.

Mas como já é tradição que em terras e mares do Pico a natureza é mesmo grande, desta vez foram os ares da ilha montanha a atingirem velocidade dignas de uma corrida de fórmula 1 (consultar dados em anexo): o parque eólico da ilha do Pico registou uma rajada de 245 km/h!

Haja saúde!

Fonte: http://www.meteopt.com/forum/
(nota: as velocidades do vento estão em m/s; para converter para km/h basta multiplicar por 3,6)

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Escala de navios de mercadorias no Porto do Cais do Pico — dezembro 2016

A Transinsular publicou no seu site a escala para o mês de dezembro de 2016 dos navios de carga que efetuam a ligação Continente - Açores (clique na imagem para conhecer esta escala).


Os navios e as datas em que os mesmos vão visitar o Porto do Cais do Pico, na vila de São Roque do Pico, encontram-se indicados na tabela seguinte (clicando no nome do navio abre uma nova janela com a localização atual do mesmo).

DiaNavio
09 de dezembro (sexta-feira)Madeirense 3
14 de dezembro (quarta-feira)Ponta do Sol
22 de dezembro (quinta-feira)Furnas
27 de dezembro (terça-feira)Ponta do Sol

Previsão de entradas e saídas de navios - Porto do Cais do Pico: Todas estas informações encontram-se igualmente disponíveis no separador "Barcos" deste blog, apresentando-se também em anexo um mapa contendo, em tempo real, as embarcações que navegam na vizinhança da ilha montanha.

Haja saúde!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Vinho do Pico ganha cada vez mais destaque a nível nacional

O ano de 2016 foi fértil em grandes vinhos um pouco por todo o país (...) e o Pico deu mais um passo na sua afirmação como um dos lugares mais promissores para vinhos brancos.
É assim que se inicia a apresentação de uma lista de dez vinhos portugueses que se destacaram em 2016, da autoria do jornal 'Público', na qual consta o vinho proveniente da ilha montanha "Arinto dos Açores".

Recorde-se que a vinha da ilha do Pico é uma autêntica lição de vida, tendo sido, por isso, classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade.

Haja saúde!

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Agenda Cultural de São Roque do Pico — dezembro 2016


A lista das mais diversas atividades que acontecem em São Roque do Pico, no mês de dezembro de 2016, encontra-se disponível na Agenda Cultural de São Roque do Pico, a qual se apresenta de seguida.


No fim deste post apresentam-se, por ordem cronológica, os cartazes de alguns dos eventos que terão lugar neste mês de dezembro.

As datas de alguns dos eventos que ocorrem nas redondezas também podem ser encontradas na mini agenda "Acontece por aí" (versão desktop: no topo da página, à direta; versão mobile: no fim da página, em baixo).

Haja saúde!

[Nota: este post irá sendo atualizado à medida que forem surgindo mais cartazes, sendo também adicionados links para fotos/vídeos disponibilizados após os eventos (última atualização: 27 de dezembro de 2016). Também se encontra disponível online, na página oficial da Câmara Municipal de São Roque do Pico, uma agenda para diversos eventos que ocorrem neste concelho - link.]



Encontro dos Grupos de Jovens da Ilha do Pico (Santa Casa da Misericórdia de São Roque do Pico, 2 de dezembro):

Dia Internacional do Voluntariado (Santa Casa da Misericórdia de São Roque do Pico, 5 de dezembro):

Concerto de encerramento do 1.º Encontro de Clarinetistas do Pico "PRODIGE" (Auditório da Escola BS de São Roque do Pico, 4 de dezembro):

Feira do Livro (Sede da Filarmónica União Artista de São Roque do Pico, de 8 a 10 de dezembro):

Natalândia (Salão Paroquial de São Roque do Pico, 10 de dezembro):

Night (São Roque do Pico, 16 de dezembro):

Concerto de Natal (Igreja Matriz de São Roque do Pico, 17 de dezembro):

Festa de Natal dos Idosos da Santa Casa da Misericórdia de São Roque do Pico (18 de dezembro):

Mercado de Trocas e Baldrocas de Natal (Jardim Municipal de São Roque do Pico, 18 de dezembro):

Presépio Vivo (Prainha):






















segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

SATA prepara inquérito que poderá vir a revolucionar o transporte aéreo para o Pico


Na passada sexta-feira (2 de dezembro de 2016), o presidente do grupo SATA, Paulo Menezes, deslocou-se à ilha do Pico para reunir com a associação de municípios desta ilha, tendo 'trazido na bagagem' excelentes novidades relacionadas com o transporte aéreo para a ilha montanha, ilha onde "é notório e é reconhecido que há um crescimento sustentado". Mais concretamente, as boas novas são:
  • A partir da segunda quinzena deste mês de dezembro, a SATA lançará um inquérito de satisfação aos passageiros da Azores Airlines, onde será possível perceber de onde vêm os passageiros e para onde se destinam;
  • De abril a outubro de 2017, os voos Lisboa / Pico / Lisboa serão todos diretos (isto é, sem escala na ilha Terceira) e esta rota contará com pelo menos três frequências semanais;
  • Nos meses de junho, julho e agosto de 2018, a rota Lisboa / Pico / Lisboa terá garantidamente quatro frequências semanais.

É de salientar e de saudar a realização deste inquérito, o qual permitirá, por exemplo, identificar quantos passageiros se deslocam para a ilha do Pico através de outras gateways açorianas, bem como quem sai da ilha montanha recorrendo a outros aeroportos regionais. Assim, cabe também aos passageiros que se deslocam de ou para a ilha do Pico via outros aeroportos que colaborem fielmente neste inquérito, indicando que a ilha montanha corresponde efetivamente à origem ou ao destino final, respetivamente.

Depois, com base nestes resultados, com certeza que a transportadora aérea regional ajustará as suas rotas e as frequências de acordo com os verdadeiros pares origem/destino dos passageiros, indo assim de encontro ao desejo de muitos picarotos e de quem visita a ilha montanha.

Em suma, este inquérito da SATA poderá vir a revolucionar, a médio prazo, o transporte aéreo para a ilha do Pico!

Haja saúde!

[Exemplo de preenchimento deste inquérito.]

[Em anexo encontram-se notícias da RDP/Açores e da RTP/Açores relacionadas com este assunto.]


sábado, 3 de dezembro de 2016